conecte-se conosco



Regional

Pagamento de indenizações e recursos compensatórios movimentam economia do Espírito Santo

Publicado

em

As ações de reparação da bacia do rio Doce realizadas pela Fundação Renova abrangem 39 municípios nos estados de Minas Gerais e Espírito Santo em várias frentes de trabalho. No Espírito Santo, as iniciativas incluem áreas como indenização de pessoas atingidas, qualificação de mão de obra, fomento à economia, educação, saúde, infraestrutura, restauração florestal e apoio a produtores rurais, entre outros.

O pagamento de indenização atingiu R$ 2,5 bilhões no estado até setembro de 2021 – crescimento de 92% em relação a maio deste ano. Deste valor, R$ 1,8 bilhão foram pagos para 18,3 mil pessoas por meio do Sistema Indenizatório Simplificado, que permitiu que categorias de difícil comprovação de danos causados pelo rompimento da barragem de Fundação, em Mariana (MG), como pescadores de subsistência e informais, lavadeiras, artesãos, areeiros e carroceiros, sejam indenizados. O sistema foi instituído em agosto de 2020 por decisão da 12ª Vara da Justiça Federal.

Além do avanço das indenizações, o estado recebeu R$ 365 milhões para estradas, verbas para saúde, educação, capacitação profissional, saneamento, apoio a produtores rurais e restauração florestal.

Impacto

Nas cidades capixabas, o impacto do pagamento das indenizações por meio do Sistema Indenizatório Simplificado está sendo positivo para economias e comunidades locais. Em muitos casos, o valor pago foi superior à arrecadação anual das cidades.

Em Linhares, por exemplo, uma das principais cidades fora do eixo metropolitano, foram pagos, até setembro, cerca de R$ 454 milhões em indenizações para 4,6 mil pessoas. A arrecadação própria do município em 2020 foi de R$ 166 milhões.

Em São Mateus, o cenário é parecido. Foram pagos cerca de R$ 310 milhões a cerca de 2,7 mil moradores. Já o município recebeu R$ 75 milhões de receita própria e R$ 56 milhões de ICMS em 2020.

Em Aracruz, polo industrial do norte do estado, foram pagos R$ 243 milhões a 2,4 mil moradores. A arrecadação própria anual do município em 2020 foi de R$ 183 milhões. São recursos que movem setores como comércio, prestação de serviços, mercado imobiliário e empreendedorismo.

Infraestrutura e educação

A infraestrutura do Espírito Santo também recebeu aportes importantes para o desenvolvimento regional. Cerca de R$ 365 milhões foram repassados pela Agenda Integrada (ação conjunta entre a Fundação Renova, governos de Minas Gerais e Espírito Santo e 38 prefeituras da região) para investimentos em três trechos rodoviários na foz do rio Doce: ES-010, entre Vila do Riacho e Regência; ES-440, entre a BR-101 e Regência; e ES-248, entre a ES-358 e Povoação. O objetivo é fomentar o turismo na região.

A educação recebeu R$ 58 milhões da Agenda Integrada, que serão destinados para obras de modernização e aquisição de equipamentos para as escolas da rede pública estadual e municipal em Colatina, Linhares, Baixo Guandu e Marilândia. Os recursos irão beneficiar cerca de 70 mil alunos matriculados em 269 escolas.

Saúde

A área de saúde também vem recebendo iniciativas importantes da Fundação Renova. Aproximadamente 440 profissionais de saúde do Sistema único de Saúde (SUS) de Baixo Guandu, Colatina, Marilândia e Linhares e Aracruz começaram a receber, em junho, capacitação remota com temas voltados ao monitoramento da situação de saúde da população. A iniciativa foi viabilizada por meio do acordo de cooperação técnica do Programa de Capacitação para os profissionais que atuam no SUS dos municípios considerados impactados e Superintendências Regionais de Saúde.

Paralelamente, R$ 60 milhões, homologados pela 12ª Vara Federal, serão empregados no Sistema Único de Saúde (SUS). O dinheiro será aplicado na UPA Linhares, UPA Colatina, Hospital Baixo Guandu e para aquisição de ambulância e equipamentos. A homologação dos recursos ocorreu em agosto e a Fundação Renova realizou o depósito judicial em setembro deste ano.

O estado teve apoio durante a pandemia. Até setembro de 2021, foram destinados mais de R$ 18 milhões para aquisição de 250 respiradores ao Espírito Santo para o combate à Covid-19. Também foram destinados, até o momento, mais de R$ 6,2 milhões para reformas e adequações no Hospital e Maternidade Sílvio Avidos, em Colatina, e no Hospital Geral de Linhares; e para ampliação de leitos no Hospital Estadual de Urgência e Emergência de Vitória. Ao todo, para essas iniciativas estão previstos mais de R$ 6,8 milhões em investimentos, com a construção e/ou modernização de 95 leitos, sendo 33 novos leitos de UTI.

Desenvolvimento socioeconômico

A reparação da bacia do rio Doce também se faz com desenvolvimento socioeconômico, apoio ao empreendedorismo e capacitação de mão de obra local. Mais de 400 empregos diretos e indiretos foram monitorados pelas ações da Fundação Renova no Espírito Santo em setembro, sendo que 289 foram ocupados por trabalhadores locais.

Em outubro, foram firmados 214 contratos ativos com empresas prestando serviços no Espírito Santo, totalizando R$ 251,66 milhões. Desse total, 150 contratos são com empresas locais, no valor de R$ 83,17 milhões. E o Fundo Desenvolve Rio Doce já desembolsou, até 31 de agosto, cerca de R$ 11 milhões para 400 empresas capixabas, ajudando a manter 771 empregos no estado.

A parceria entre a Fundação Renova e a BrazilFoundation buscou promover o desenvolvimento econômico e o empreendedorismo nos municípios afetados pelo rompimento da barragem de Fundão. Ao todo, foram apoiados 23 projetos em 11 municípios, em Minas Gerais e no Espírito Santo, e destinados mais de R$ 1,1 milhão, beneficiando diretamente 1.095 pessoas e suas famílias. No Espírito Santo, quatro projetos foram apoiados pela parceria, em Baixo Guandu.

Desenvolvimento socioambiental

A recuperação socioambiental do Espírito Santo segue avançando. Cerca de 360 nascentes estão em processo de recuperação em 196 propriedades dos municípios de Colatina, Marilândia, Pancas e São Roque do Canaã. Outras 610 nascentes estão em fase de inscrição por meio do Edital de Adesão de Produtores Rurais aos Programas de Restauração Florestal. E 203,89 hectares de áreas de preservação permanente (APPs) e recarga hídrica em recuperação em 78 propriedades rurais nos municípios de Colatina, Marilândia e Pancas.

Paralelamente, 4.086 hectares estão em fase de inscrição no Edital de Adesão de Produtores Rurais aos Programas de Restauração Florestal, em parceria com a WWF-Brasil, nos municípios de Baixo Guandu, Laranja da Terra, Colatina, São Roque do Canaã, Pancas, Marilândia, Rio Bananal e Linhares.

Produtores e produtoras rurais devem atuar no reflorestamento de mais de 13 mil hectares nas bacias dos rios Manhuaçu, Santa Maria do Doce, Bananal, Pancas, Corrente Grande e Guandu. Além disso, a ação deve recuperar 960 nascentes nas bacias dos rios Bananal, Pancas, Corrente Grande, Rio Turvo Limpo, São João Grande e São João Pequeno.

Saneamento

O estado recebe, também, recursos para que os municípios invistam em obras de saneamento. A ação é importante para a revitalização do rio Doce, que hoje recebe cerca de 80% do esgoto gerados pelos municípios da bacia.

Em Colatina, R$ 2 milhões foram repassados para conclusão das obras de construção da Estação de Tratamento de Esgoto no bairro Barbados (ETE Barbados). Em Linhares, estão sendo implantadas obras de sistemas de esgotamento sanitário – SES – em duas localidades: Vila Bagueira e Baixo Quartel.

Em Vila Bagueira, as obras contemplam cerca de 3 km de redes coletoras, uma elevatória de esgoto e uma estação de tratamento de esgoto. Em Baixo Quartel são cerca de 4 km de redes coletoras, duas elevatórias e uma estação de tratamento de esgoto.

Comente Abaixo
Política2 minutos atrás

Caso eleito, Sergio Moro afirma que brigará por Corte Nacional Anticorrupção

Reprodução Moro propõe Corte Nacional Anticorrupção no Brasil O  pré-candidato à Presidência, Sergio Moro (Podemos) declarou que uma de suas...

Entretenimento7 minutos atrás

Naiara Azevedo comenta parceria inédita com Marília Mendonça: “Foi incrível”

Reprodução/Instagram Marília Mendonça e Naiara Azevedo “A ficha ainda não caiu”. É assim que Naiara Azevedo define como tem passado...

Nacional8 minutos atrás

Homem enterrado vivo consegue escapar da cova mesmo com pescoço cortado

A história parece inacreditável, mas segundo registro policial, ocorreu em Iguatemi Aos 31 anos, um homem diz que foi enterrado...

Entretenimento32 minutos atrás

Thales Bretas joga cinzas de Paulo Gustavo em Nova York

Reprodução/Instagram Thales Bretas joga as cinzas de Paulo Gustavo em Nova York Thales Bretas viajou para Nova York, nos Estados...

Policial32 minutos atrás

PM e PC agem em conjunto e prendem todos os envolvidos em assalto ocorrido em João Neiva

Na manhã da última quinta-feira (2), um assaltante armado com uma submetralhadora de fabricação artesanal efetuou vários disparos e tomou...

Economia1 hora atrás

Auxílio Brasil pode suspender benefício devido a revisões cadastrais contínuas

Divulgação/Ministério da Cidadania Auxílio Brasil pode suspender benefício devido a revisões cadastrais contínuas As famílias que estão aptas a receber...

Entretenimento1 hora atrás

Um mês após morte de Marília Mendonça, Cemig ainda não prestou depoimento

Reprodução/ Super Canal Registro do avião após cair em cachoeira Neste domingo (5),  o acidente aéreo que causou a morte...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!