Connect with us

Economia

Pacotão de ‘bondades’ deve ser pago com arrecadação extra, diz Guedes

Published

on

Paulo Guedes afirma que pacotão de bondades será pago com arrecadação extra
Lorena Amaro

Paulo Guedes afirma que pacotão de bondades será pago com arrecadação extra

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta terça-feira (28) que recursos extraordinários, que ainda não fazem parte do Orçamento, vão bancar o pacote de bondades que o governo Jair Bolsonaro prepara a três meses das eleições. Entre as medidas, está a ampliação do Auxílio Brasil e a criação do “PIX Caminhoneiro”.

“São recursos extraordinários não orçados, que não estavam no Orçamento. Tem entre R$ 25 bilhões e R$ 30 bilhões de dividendos. Houve R$ 26,7 bilhões que vieram de privatizações. Há recursos para não deixar afetar o resultado fiscal”, disse Guedes, após participar do Painel Telebrasil, evento do setor de telecomunicações organizado pela Conexis.

O pacote custará R$ 34,8 bilhões neste ano. Os valores serão pagos fora do teto de gastos, a regra criada para travar as despesas federais.

A expectativa é que a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que irá conter essas medidas seja votada nesta semana no Senado. Antes chamada de PEC dos Combustíveis, essa proposta está sendo ampliada para criar e ampliar benefícios em ano eleitoral.

O governo desistiu de pagar uma compensação aos estados em troca de eles zerarem alíquota do ICMS sobre diesel e gás até o fim do ano. Com esse dinheiro, o governo e o Congresso vão agora aumentar o valor mínimo do Auxílio Brasil até o fim do ano de R$ 400 para R$ 600, dobrar o valor do vale-gás, criar um auxílio caminhoneiro de R$ 1.000 e compensar a gratuidade a idosos no transporte público.

Segundo integrantes da equipe econômica, a expectativa é que sejam usados R$ 17 bilhões de dividendos do BNDES, dividendos da Petrobras e mais R$ 26 bilhões decorrentes da privatização da Eletrobras. O governo já colocou no caixa R$ 11 bilhões de dividendos da Petrobras, resultado do lucro da empresa criticado por Bolsonaro e pelo Congresso.

A inflação, causada pela alta dos combustíveis e dos alimentos, é a principal preocupação da campanha de reeleição de Bolsonaro.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o  perfil geral do Portal iG

Durante o evento, Guedes disse que a guerra na Ucrânia (que causou impacto sobre os preços dos alimentos e dos combustíveis) justifica o aumento de R$ 200 no Auxílio Brasil até o fim do ano.

“Se a guerra se agudiza, lançamos uma camada de proteção para os mais vulneráveis. O Congresso, aparentemente numa PEC, que deve ser examinada amanhã, deve lançar essa camada adicional de R$ 200 (no Auxílio Brasil). São brasileiros protegidos da alta do preço da energia e da comida”, disse.

O ministro disse ainda que o Brasil está no início de um “longo ciclo de crescimento” econômico e que já há R$ 860 bilhões em investimentos contratados nos próximos anos, mas afirmou que no exterior, o ambiente vai piorar.

“Não é uma guerra que está dando sinais de que vai refluir rapidamente. Mas mesmo antes disso, bons economistas já percebiam que o mundo estava no fim de um grande ciclo de globalização”, disse, acrescentando que o Brasil pode crescer entre 3% e 3,5% ao ano.

Guedes ainda lembrou a fala do presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, de que a inflação irá começar a cair e disse que o aumento de arrecadação do governo está sendo transferido para a população.

“O Brasil vai se tornar a segurança energética da Europa e a segurança alimentar do mundo. Esse quadro está ficando claro”, afirmou.

Fonte: IG ECONOMIA

Comente Abaixo
Esportes36 minutos ago

Chapecoense perde pênalti, empata com o Novorizontino e segue ameaçada pelo Z4

A Chapecoense segue em situação complicada na Série B do Campeonato Brasileiro. Na noite desta quarta-feira, a equipe catarinense recebeu...

Esportes36 minutos ago

São Paulo ganha do Ceará nos pênaltis e vai à semifinal da Sul-Americana

O São Paulo eliminou o Ceará nos pênaltis, na noite desta quarta-feira (10.08), e avançou à semifinal da Copa Sul-Americana. ...

Estadual2 horas ago

2ª Vara Cível, Família e de Órfãos e Sucessões de Aracruz realiza mutirão

Ação terminou na última sexta-feira (05/08) com 79,3% de acordos. A 2ª Vara Cível, de Família e de Órfãos e...

Estadual2 horas ago

Corregedor visita novas instalações do Cartório de Itapemirim que foi alvo de incêndio criminoso

Os documentos destruídos pelo fogo estão sendo recuperados gradualmente. O corregedor-geral da Justiça, desembargador Carlos Simões Fonseca, visitou as novas...

Estadual2 horas ago

Emes promove o Curso remoto Justiça Digital: Google Workspace e Pje, com turmas entre 17 de agosto e 27 de outubro

Curso terá transmissão ao vivo em plataforma eletrônica de acesso gratuito, para integrantes do Poder Judiciário do Estado do Espírito...

Estadual2 horas ago

Justiça condena proprietário de terras a indenizar mulher que teria colidido em animal solto na estrada

A mulher teria sofrido lesões o que a impossibilitou de realizar atividades por quatro meses. Uma mulher ingressou com uma...

Nacional2 horas ago

Morte de Marcelo Arruda: policial penal usará tornozeleira eletrônica

Reprodução – 11/07/2022 José da Rocha Guaranho, atirador bolsonarista O policial penal federal Jorge José da Rocha Guaranho , de...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana