conecte-se conosco



Economia

Oposição ao governo lança Frente Parlamentar Mista contra nova Previdência

Publicado

em


Oposição lançou frente de defesa da Previdência Social e promete debates e atos pelo País
Divulgação/Twitter
Oposição lançou frente de defesa da Previdência Social e promete debates e atos pelo País

Sindicatos, centrais sindicais, associações, federações, movimentos sociais, senadores e deputados federais lançaram, nesta quarta-feira (20), no Auditório Nereu Ramos da Câmara dos Deputados, uma Frente Parlamentar Mista contra a reforma da Previdência Social. A frente já conta com assinatura de 171 deputados e 27 senadores.

Leia também: Em encontro, governadores do Nordeste fazem críticas à nova Previdência

A mensagem é clara: para os integrantes da frente, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 6/2019 retrata o “desmonte da Previdência
Social pública e solidária”. Composto por oposicionistas ao governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL), o grupo planeja reunir forças e tentar evitar a aprovação da reforma no Congresso.

Criada em 31 de maio de 2016, sob a coordenação do senador Paulo Paim (PT-RS) e do ex-deputado Arnaldo Faria de Sá (PP-SP), a Frente considera que teve participação na tramitação da PEC 287/16, que tratava a reforma da Previdência proposta pelo governo do ex-presidente Michel Temer (MDB). Na época, o texto não foi aprovado, embora o tema tenha sido prioridade da equipe econômica do emedebista.

Com a proposta da nova Previdência
, a Frente Parlamentar Mista
foi reinstalada e tem como objetivo principal o “enfrentamento propositivo à reforma da Previdência apresentada pelo atual governo”. O grupo convoca atos nacionais em oposição à reforma proposta por Bolsonaro nesta sexta-feira (22) e promete fazer com que o texto original da PEC não seja aprovado. O senador petista Paulo Paim questiona o discurso de corte de privilégios do governo e diz que, sem negociação, a reforma não será aprovada.

Uma das principais críticas do movimento é a “entrega” ao sistema financeiro, representada pela capitalização
. Com o novo modelo proposto, a gestão dos recursos das aposentadorias seria da iniciativa privada. O novo regime também é duramente questionado pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), que associa a previdência privatizada aos aumentos de desigualdade e diminuição do valor recebido pelos idosos na aposentadoria
.

Em vídeo, a Frente Parlamentar
explica o regime de capitalização e diz que a contribuição, hoje feita por trabalhadores, empregadores e governos, passaria a ser feita justamente apenas pelo trabalhadores, que dependeriam dessa “poupança” para se aposentar no futuro. O governo defende a implementação segura e gradual do novo sistema, que seria opcional a quem já está no mercado de trabalho.

Leia também: Defendida por Guedes, capitalização impulsionou desigualdades no mundo, diz OIT

A privatização da Previdência Social foi revertida na maioria dos países estudados pela OIT e trouxe uma série de novos problemas ao sistema de aposentadorias. Segundo a organização, o corte de gastos garantido pelas reformas não foi suficiente para proporcionar uma Previdência
funcional e socialmente viável internacionalmente, e muitos sistemas foram revertidos, voltando a ser geridos pelo estado. Em outros casos, foi criado um sistema misto, que alia a gestão do governo ao setor privado.

Comentários do Facebook

Economia

Bolsonaro diz que preços dos pedágios estão exacerbados

Publicado

em

source
Jair Bolsonaro e Tarcísio Gomes de Freitas arrow-options
Antonio Cruz/Agência Brasil

Jair Bolsonaro e Tarcísio Gomes de Freitas, ministro da Infraestrutura


O presidente Jair Bolsonaro afirmou neste sábado (15) que os preços dos pedágios no Brasil em sua maioria extrapolam o razoável a ser pago. Ele destacou que os contratos com as concessionárias são ajustados pelo IPCA (índice oficial de inflação), mas que os salários dos brasileiros não acompanham a inflação.

Leia também: Governadores nordestinos aprovam previdências mais duras que a de Bolsonaro

“Eu tenho conversado com o Tarcísio (de Freitas, ministro da Infraestrutura) porque os pedágios muitas vezes, quer dizer, quase todos, extrapolam aquilo que poderia ser o razoável para pagar. Porque no contrato tem reajuste anual de acordo com IPCA. Tenho conversado com Tarcísio se pode colocar no contrato que o reajuste é feito sim, mas quem sabe com 90%, 95%, 80% do IPCA. Porque o salário não acompanha a inflação. Então é pra eu pensar a médio e longo prazo, não só a curto prazo — afirmou o presidente, durante inauguração de obra que vai ligar a ponte Rio-Niterói com a Linha Vermelha, no Rio de Janeiro.

A declaração foi dada ao comentar a concessão da rodovia Presidente Dutra, que vence no começo de 2021. Uma nova licitação será feira este ano.

Leia também: Preços da gasolina e do diesel recuam nos postos nesta semana, diz ANP

O presidente voltou a criticar as agências reguladoras e disse que elas representam para o “bem e para o mal”. Segundo Bolsonaro , sua preocupação é sempre indicar bons nomes para as autarquias que, às vezes, têm mais poder do que um ministério:

“Tem agênciaque é tão ou mais poderosa que um ministério. Coisa que o povo não sabe por que. Obviamente, como é um interesse muito mais político do que técnico, isso é escondido. Espero que a imprensa comece a mostrar as agências para que a população entenda como o destino do Brasil é conduzido”, disse.

Comentários do Facebook
Continue lendo
Entretenimento24 minutos atrás

Príncipe Harry e Meghan são clicados pela primeira vez desde a mudança ao Canadá

arrow-options Reprodução Sem os filhos, Harry e Meghan foram clicados desembarcando de voo doméstico no Canadá O príncipe Harry e...

Entretenimento24 minutos atrás

Grazi Massafera publica foto zen em viagem internacional

Grazi Massafera publicou na tarde deste domingo no seu perfil do Instagram uma foto em Varansani, na Índia. Leia mais:...

Entretenimento24 minutos atrás

Em bloco, Preta Gil destaca empoderamento feminino e liberdade

RIO – Comemorando 11 anos de desfile, o Bloco da Preta este ano prestou uma homenagem às mulheres que inspiram...

Entretenimento24 minutos atrás

Filho de produtores da Globo e da Record é alvo de racismo

arrow-options Reprodução/Instagram Filho de Mônica Teixeira e Fábio Zambroni foi alvo de racismo Mônica Teixeira, produtora de elenco da Record...

Entretenimento24 minutos atrás

Só de calcinha, Aline Riscado posta foto de topless antes de curtir pré-Carnaval

Ver essa foto no Instagram Bom dia Recife!! ? Me sentindo em casa! ? ? @ygormarques Uma publicação compartilhada por...

Esportes37 minutos atrás

Maratona Aquática: Brasileira conquista medalha no Circuito Mundial

A brasileira Ana Marcela Cunha iniciou a temporada 2020 do Circuito Mundial de maratona aquática com a conquista de uma...

Política1 hora atrás

Deputado do PSL tem carro alvejado por tiros no Mato Grosso do Sul

arrow-options Reprodução/Facebook/@loestertrutisdep Veículo foi atingido por pelo menos cinco tiros O deputado federal Loester Trutis (PSL-MS) foi alvo de uma...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana