conecte-se conosco



Polícia Federal

Operação Reencarnação investiga esquema criminoso envolvendo frigorífico em RO

Publicado

em


.

Ji-Paraná/RO – A Polícia Federal deflagrou, nesta segunda-feira (29/6), a Operação Reencarnação, que investiga o crime de sonegação de impostos federais praticado por empresas do ramo frigorífico, em Rondônia. Policiais federais deram cumprimento a quatro mandados de busca e apreensão, expedidos pela Justiça Federal em Ji-Paraná/RO, os quais estão sendo cumpridos nas cidades de Ji-Paraná/RO e Rondonópolis/MT.

 

A investigação iniciou-se a partir do compartilhamento de procedimento fiscal pela Receita Federal do Brasil, no qual foi informada a existência de sonegação fiscal praticada por frigorífico na cidade de Ji-Paraná/RO, à época na ordem de R$ 20 milhões, através de meios fraudulentos. Já em fase de inquérito policial, identificou-se o uso de “laranjas” na estrutura formal das empresas, assim como os reais proprietários e beneficiários do esquema criminoso.

O grupo investigado utilizava pessoas, sem quaisquer bens para arcar com as quantias sonegadas. Os reais proprietários do frigorífico encerravam apenas formalmente as atividades da empresa, com o fim de eximir-se das dívidas tributárias, trabalhistas e com fornecedores. No entanto, continuavam com a mesma estrutura e atividade comercial utilizando-se de nova empresa em nome de “laranjas”. Segundo informado pela Fazenda Nacional o grupo investigado já possui dívida inscrita, somente em tributos federais, de quantia superior a R$ 50 milhões.

 

A ação da Polícia Federal visa não apenas apurar a participação dos investigados no esquema criminoso de sonegação, mas também identificar os bens auferidos de forma ilegal, auxiliando na recuperação dos valores sonegados à União. 

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Rondônia/RO

Contato (69) 3216-6242

 

 

*** O nome da operação “Reencarnação” remete tanto ao objeto de atividades das empresas – carne bovina – quanto à criação de nova empresa sem dívidas para atuação no lugar de empresas desativadas com enormes débitos tributários, em sucessão física direta.

 

Comentários do Facebook

Polícia Federal

PF combate o contrabando na fronteira com a Argentina

Publicado

em


.

Dionísio Cerqueira/SC – A Polícia Federal deflagrou hoje (14/7), com apoio da Força Nacional de Segurança e da Polícia Rodoviária Federal, duas ações de combate ao contrabando e descaminho de produtos estrangeiros na fronteira com a Argentina.

Na primeira ação, foi dado cumprimento a 2 mandados de prisão preventiva e a 9 mandados de busca e apreensão, expedidos pelo Juízo Federal de  Chapecó/SC, além de medida de sequestro de automóveis, contra integrantes de um grupo criminoso que atua na fronteira praticando o contrabando de camarão e o descaminho de vinhos argentinos, dentre outros produtos. Um dos locais de busca é uma oficina mecânica que é utilizada pelo grupo para a manutenção dos veículos utilizados na prática criminosa.

Na segunda ação, estão sendo cumpridos 4  mandados de busca e apreensão e 1 de sequestro de automóvel expedidos pelo Juízo da 3ª Vara Federal em Foz do Iguaçu/PR, na continuidade de investigação iniciada em 31/01/2020, quando policiais militares de Barracão/PR e Dionísio Cerqueira/SC localizaram um depósito de camarão congelado e vinhos argentinos na área urbana de Barracão/PR, tendo sido obtidos fortes indícios de que três dos envolvidos naquele evento,  que haviam empreendido fuga, fazem parte do grupo criminoso acima referido.

Os mandados judiciais estão sendo cumpridos em endereços localizados nos municípios de Dionísio Cerqueira/SC, Guarujá do Sul/SC e Barracão/PR.

De acordo com o que foi apurado nas investigações, eram utilizados veículos locados com fraude e não restituídos, tendo também sido constatada a utilização de carros furtados/roubados ou que possuíam restrições decretadas judicialmente. Em muitos desses veículos foi constatada a utilização de placas falsas e a instalação de rádios transceptores, utilizados tanto para acompanhar as comunicações das forças policiais como para comunicação entre os integrantes do grupo durante as empreitadas criminosas, nas quais costumavam ser utilizados “batedores”.

No período abrangido pela investigação, em diversas ocorrências atendidas pelas forças policiais, foram apreendidos, com apoio da Receita Federal, 19 veículos, 850 caixas de vinho e grandes quantidades de camarão, desodorantes, cigarros e “papel seda”.

Os integrantes da organização criminosa são investigados pelos crimes dos arts. 334 (descaminho), 334-A (contrabando), 180 (receptação), 304 (uso de documento falso) e 288 (associação criminosa) do Código Penal, bem como do art. 70 da Lei nº 4.117/62 (crime de telecomunicações).

Delegacia de Polícia Federal em Dionísio Cerqueira/SC

(49) 3644-6300

 

Comentários do Facebook
Continue lendo
Internacional22 minutos atrás

EUA: Supremacista branco é 1° pessoa executada pela justiça em 17 anos

Reprodução Supremacista branco O supremacista branco Daniel Lewis Lee, de 47 anos, foi executado por assassinar uma família do Arkansas...

Tecnologia27 minutos atrás

Snapchat copia recurso do TikTok; veja qual

Unsplash Snapchat se aproxima do TikTok O Snapchat  já foi uma das redes sociais mais usadas durante alguns anos. Porém,...

Nacional27 minutos atrás

Assessora de Doria é recontratada após demissão em 2018 por suspeita de propina

Reprodução/Facebook Denise Abreu e João Doria Denise Abreu, que foi demitida em 2018 da Prefeitura de São Paulo pelo então...

Nacional27 minutos atrás

Maia diz que impeachment ‘aumentaria dificuldade de enfrentar coronavírus’

Luis Macedo/Câmara dos Deputados Rodrigo Maia disse que o impeachment do presidente geraria uma crise ainda maior, tanto política quanto...

Policial27 minutos atrás

PM e PC realizam apreensão de drogas e detém cinco pessoas em Mucurici

. Uma ação de policiais militares da 4ª Companhia do 2º Batalhão juntamente com policiais civis resultou em uma grande...

Mulher27 minutos atrás

Melhore sua concentração com os óleos essenciais para o escritório

Trabalhar na empresa ou fazer home office  exige muito empenho e foco para que o trabalho seja bem executado, certo? Porém,...

Tecnologia57 minutos atrás

Pensando no 5G? Samsung prevê 6G para 2028; veja detalhes

Unsplash/ROBIN WORRALL 6G pode levar cerca de 10 anos para ser amplamente implementado As redes 5G nem chegaram ao Brasil...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!