conecte-se conosco


Polícia Federal

Operação Quebracho combate crime ambiental em Reserva Kadiwéu

Publicado

em

Campo Grande/MS – A Polícia Federal, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e a Fundação Nacional do Índio (Funai) deflagraram na segunda-feira (9/9), uma operação conjunta denominada QUEBRACHO na terra indígena KADIWÉU, localizada na Serra da Bodoquena, nos municípios de Corumbá/MS e Porto Murtinho/MS.

A operação tem por objetivo coibir o desmatamento na região, o uso de fogo de forma ilegal e a exploração irregular de madeira em sete propriedades rurais objeto de retomadas pelos indígenas, as quais se encontram arrendadas para terceiros. Os agentes da PF, Ibama e Funai permanecerão na Aldeia Kadiwéu em execução da OPERAÇÃO QUEBRACHO até sexta-feira, 13/9.

A partir de informações recebidas pela Polícia Civil, versando sobre a existência de exploração ilegal de madeira em fazendas da região, foi iniciada uma investigação com o uso de ferramentas como o geoprocessamento, a qual confirmou a existência de pequenas clareiras e pontos de exploração ilegal de madeira na área indígena. O passo seguinte foi o deslocamento de policiais federais e integrantes do Ibama e da Funai para identificar a autoria e a materialidade dos crimes ambientais eventualmente cometidos, autuar responsáveis legais pelas propriedades e apreender madeiras e equipamentos ilícitos.

Até o presente momento, já foram identificados acampamentos com exploração ilegal de madeira e pequenos desmatamentos que resultaram na apreensão e 700 lascas de ipê, resultando em multa de mais de R$ 3 mil ao posseiro da propriedade. Restaram apreendidas motosserras, corrente de arrastão, motos e armas de fogo. Ainda foi identificada a presença de indivíduos que não pertenciam a etnias indígenas, os quais estavam realizando corte seletivo das árvores, alegando ter sido contratados pelos indígenas.

A operação foi batizada de QUEBRACHO em razão do nome popular de uma espécie de madeira muito explorada na região de Porto Murtinho/MS, a qual é muitas vezes comercializada como aroeira, devido à semelhança entre as espécies.

Leia mais:  Operação Fantoche investiga esquema de fraudes em licitação

 

Contato: (67) 3368-1105

 

Comentários do Facebook
publicidade

Polícia Federal

PF combate fraudes em contratos de TI em órgãos federais

Publicado

em

Brasília/DF – A Polícia Federal deflagrou, com o apoio da Controladoria-Geral da União – CGU, nesta terça-feira (19/11) a Operação Vaporware, destinada a apurar irregularidades na execução de contrato para aquisição de ferramenta de gestão de contratos.

Estão sendo cumpridos 11 mandados de busca e apreensão em empresas de TI, residência de empresários, servidores e ex-servidores públicos, no Distrito Federal e em São Paulo. Além disso, a Justiça Federal do DF deferiu diversas medidas cautelares, como o afastamento de servidores da função pública, impedimento de empresas de licitar e contratar com o poder público e bloqueio de bens e valores.

O referido contrato tem origem na adesão a uma Ata de Registro de Preços – ARP. Essa ata também originou adesões por outros órgãos e entidades federais e de outras esferas, abrangendo recursos da ordem de cerca de R$ 71 milhões.

Conforme apontado pela CGU as irregularidades encontradas se repetiram em outros órgãos contratantes, além disso, a ata, que permitiu as adesões posteriores, teria sido direcionada para favorecer a empresa investigada. O prejuízo já apurado supera R$ 27 milhões, podendo chegar a mais de R$ 70 milhões.

Os envolvidos responderão pelos crimes de fraude em licitação, peculato, corrupção passiva e tráfico de influência.

O termo Vaporware se refere a um software ou hardware que é anunciado por um desenvolvedor, mas que nunca é lançado ou efetivamente desenvolvido.

 

 

 

Comunicação Social da Polícia Federal no Distrito Federal

Contato: (61) 2024-7557

[email protected]

Comentários do Facebook
Leia mais:  Operação Conesul III desarticula organização criminosa que distribuía cocaína em cidades do RS
Continue lendo
Internacional45 minutos atrás

Ex-presidente paraguaio acusado de financiar doleiro terá extradição solicitada

arrow-options JORGE ADORNO/Newscom Horacio Cartes Em entrevista coletiva na manhã desta terça-feira (19), após a deflagração da Operação Patrón ,...

Mulher45 minutos atrás

Bodas de casamento: que tal comemorar montando uma mesa posta temática?

Já ouviram falar nas Bodas de Casamento ? A palavra boda deriva do latim vota, plural de votum (promessa). Trata-se...

Política2 horas atrás

Deputado pede explicações sobre suposto uso de livro de Ustra no Itamaraty

arrow-options Marcos Corrêa/PR Ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo O deputado Marcelo Calero (Cidadania-RJ) entrou com um requerimento na Câmara...

Economia2 horas atrás

Petrobras reajusta gasolina ao maior valor desde maio; diesel também sobe

Divulgação Petrobras reajustou gasolina ao maior valor desde maio A Petrobras reajustou nesta terça-feira (19), no Rio de Janeiro, o preço da...

Economia2 horas atrás

BC propõe renegociar dívidas de quem fizer curso de educação financeira

arrow-options Marcelo Camargo/Agência Brasil Roberto Campos Neto prepara programa de renegociação de dívidas de quem fizer curso de educação financeira...

Economia2 horas atrás

Operação desarticula quadrilha e MC é preso por dar calote em compra de cachorro

arrow-options Polícia Civil A Polícia Civil cumpriu diversos mandados na Operação Magneto Na manhã desta terça-feira (19), a Polícia Civil...

Carros e Motos2 horas atrás

Veja 5 scooteres inéditos que estão no Salão Duas Rodas 2019

arrow-options Guilherme Menezes/iG Salão Duas Rodas 2019 conta com várias opções de scooteres para todos os gostos e bolsos O...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana