conecte-se conosco



Policial

Operação Chicago: 49 detidos e mais de R$ 100 mil apreendidos pelas Denarcs do Estado

Publicado

em

 

A Polícia Civil do Espírito Santo (PCES), por meio das Delegacias Especializadas de Narcóticos (Denarcs), deflagrou, no final de setembro, a Operação Chicago. O objetivo desta operação é desarticular organizações criminosas, identificar e prender lideranças e desestabilizar o elo financeiro dessas organizações.

“Essa operação busca interferir na economia do crime, através de ações fundamentadas no tráfico de drogas. Todas as Denarcs do Estado trabalharam ao mesmo tempo. Foram 360 horas de trabalho, tivemos o apoio também da Polícia Militar no interior do Estado, e fizemos grandes apreensões, como R$ 100 mil em dinheiro, 15 quilos de crack, 13 quilos de maconha, além de prisões importantes de traficantes. Foi uma operação altamente exitosa, esta é a primeira fase e, certamente, teremos outras”, afirmou o delegado-geral da Polícia Civil, José Darcy Arruda.

A ação contou com a participação das 1ª e 2ª Denarcs, da Grande Vitória, além das unidades de Guarapari, Cachoeiro de Itapemirim, Venda Nova do Imigrante, Aracruz, Colatina, Linhares, Nova Venécia e São Mateus, sob a coordenação do Departamento Especializado de Narcóticos. As diligências foram realizadas de forma sigilosa e estratégica, em diversos municípios.

A Operação alcançou resultados importantes relacionados à prisão de suspeitos de envolvimento em organizações criminosas ligadas ao tráfico de drogas. Ao todo, foram 49 detenções realizadas, sendo 22 maiores, presos em cumprimento do mandado de prisão por tráfico de drogas; dois maiores presos em cumprimento de mandado de prisão por outros crimes; 24 maiores presos, e um adolescente apreendido em situação de crime em flagrante.

As equipes cumpriram ainda 78 mandados de busca, que resultaram na apreensão de R$ 100 mil em dinheiro, sete armas, 13 quilos de maconha, 15 quilos de crack, 1.148 comprimidos de ecstasy, 852 unidades de LSD, quatro veículos, além de outros entorpecentes, munições e produtos para embalo e refino de drogas.

Prisões importantes

Em entrevista coletiva à imprensa, nesta quinta-feira (15), os titulares de cada unidade destacaram algumas prisões e apreensões realizadas durante a Operação Chicago. Na Grande Vitória, o titular da 2ª Denarc, delegado Alexandre Falcão falou sobre a prisão em flagrante de um servidor público federal de 31 anos, que traficava entorpecentes em um bairro da área nobre de Vitória.

“Ele morava em um Apart Hotel. Nós já tínhamos as informações de que há três meses um grupo estava repassando uma grande quantidade de drogas, especialmente sintéticas. No momento da prisão, nós identificamos maconha, haxixe, crack, cocaína, bem como grande variedade de substâncias sintéticas, como LSD e ecstasy. Todo esse material estava estocado no apartamento dele”, explicou Alexandre Falcão.

No sul do Estado, a Denarc de Cachoeiro de Itapemirim, com apoio da Polícia Militar (PMES), prendeu 17 pessoas e apreendeu cinco quilos de maconha e três quilos de crack, entre outros itens. “No dia 08 de outubro tivemos a participação da Polícia Militar e efetivamos o cumprimento de 27 mandados de busca e oito mandados de prisão. Nessa quarta-feira (14), nós realizamos a segunda etapa, em que foram efetivados dez mandados de busca e apreensão, bem como cinco mandados de prisão preventiva, além de quatro prisões e flagrante”, relatou o titular da Denarc de Cachoeiro de Itapemirim, delegado Felipe Vivas.

Na região serrana, a Denarc de Venda Nova do Imigrante identificou e prendeu um homem envolvido com o tráfico de drogas do Bairro da Penha. “Devido ao fluxo de informações e a parceria entre as Denarcs, conseguimos identificar e lograr êxito em prendê-lo antes que ele conseguisse alcançar seu objetivo. É um jovem de 18 anos, que saiu daqui de Vitória com passagens por tráfico de drogas, quando menor, e estava lá há cerca de uma ou duas semanas, ou seja, estava há pouco tempo no município tentando formar esse vínculo do tráfico daqui da Capital com o interior”, informou o titular da unidade, delegado Alberto Roque Peres.

No norte, as Denarcs de Linhares, São Mateus e Aracruz participaram da Operação Chicago com importantes prisões e apreensões. “A Denarc de Aracruz cumpriu mandados de prisão e busca e apreensão que resultaram num importante trabalho para a segurança pública local. Foram apreendidas drogas, foram presos indivíduos considerados perigosos e muitas representações por prisões foram elaboradas e devem sair nos próximos dias”, disse o titular da unidade, delegado Andre Jaretta.

No noroeste, uma ação em Nova Venécia apreendeu mais de 12 quilos de crack. “Foram apreendidos mais de 12 quilos de crack, 20 mil reais, além de outras drogas como cocaína, maconha e armas de fogo. Foram cumpridos diversos mandados de busca e apreensão e de prisão, em parceria com a Polícia Militar. Foi preso em flagrante um indivíduo responsável pela distribuição de drogas na região de Nova Venécia, Boa Esperança, Pinheiros, Montanha, Mucurici e Ponto Belo”, destacou o titular da Denarc de Nova Venécia, delegado Douglas Sperandio.

Operação Chicago

A Operação Chicago remete a Escola Sociológica de Chicago, ou Escola de Chicago, que surgiu nos Estados Unidos, na década de 1910, por iniciativa de sociólogos americanos, e que se consagrou por destacar a motivação socioeconômica como fator relevante no processo de criminalização em oposição à ideia de criminoso nato.

Comentários do Facebook

Policial

Operação conjunta apreende armas e munições em Barra de São Francisco

Publicado

em

 

A equipe da 14ª Delegacia Regional de Barra de São Francisco, em operação integrada com o 11° Batalhão da Polícia Militar (PMES) apreendeu, na manhã dessa quarta-feira (14), quatro armas e várias munições. Um homem de 48 anos e seus dois filhos, sendo um de 28 e outro de cerca de 25 anos, foram presos suspeitos de posse ilegal de arma de fogo. A ação aconteceu no Córrego do Denzol, em Barra de São Francisco.

Com os suspeitos foram apreendidos, um revólver calibre 38 e um rifle calibre 22, duas pistolas calibre 380, além de várias munições desses calibres. “A operação foi fruto de investigações que apuram um crime de homicídio acontecido no dia 27 de maio deste ano, no Córrego do Denzol. O trabalho de investigação está em andamento e mais detalhes, por enquanto, não podem ser repassados”, afirmou o chefe da 14ª Delegacia Regional, delegado Leonardo Forattini.

Ainda segundo o delegado, o investigado de 48 anos já foi detido anteriormente pelo crime de posse ilegal de arma de fogo. “Agora, ele e os dois filhos responderão pelo mesmo crime. Eles foram encaminhados à Delegacia, pagaram fiança e por enquanto responderão o processo em liberdade”, disse o delegado.

Comentários do Facebook
Continue lendo
Saúde13 minutos atrás

Evento discute como reverter queda de coberturas vacinais na pandemia

O engajamento de profissionais de saúde atualizados e bem capacitados é uma das principais ferramentas que a Sociedade Brasileira de...

Esportes13 minutos atrás

Vasco anuncia a contratação do meia argentino Leonardo Gil

O Vasco anunciou nesta quinta-feira (15) a contratação do meia argentino Leonardo Gil. O jogador, que estava no Al-Ittihad (Arábia...

Política13 minutos atrás

Covas se aproxima de Russomanno, diz Ibope; Boulos amplia distância de França

Agência Brasil Pesquisa foi encomendada pelo jornal O Estado de São Paulo e a TV Globo Pesquisa Ibope divulgada nesta...

Economia13 minutos atrás

Auxílio emergencial paulistano: Câmara votará renda municipal na próxima semana

Reprodução Instagram e Governo de SP Projeto é do vereador Eduardo Suplicy (PT); prefeitura, de Bruno Covas (PSDB), sinaliza que...

Nacional13 minutos atrás

Caso Chico Rodrigues não tem “nada a ver” com o governo, diz Bolsonaro

Reprodução Bolsonaro volta a afirmar que há honestidade entre seus ministros Em sua tradicional live às quintas-feiras, hoje (15) o presidente...

Entretenimento33 minutos atrás

Modelo ganha R$ 56 mil por semana vendendo para fãs a água do banho

A modelo americana Emily Knight fatura mais de R$ 227 mil por mês vendendo de água da banheira a peças...

Esportes43 minutos atrás

Ministro italiano diz que Cristiano Ronaldo quebrou protocolo de saúde

Cristiano Ronaldo infringiu regras de saúde quando voltou à Itália após ter testado positivo para o novo coronavírus (covid-19) em...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!