conecte-se conosco


Polícia Federal

Operação Cartão Vermelho combate facção criminosa na região de Santa Cruz do Sul/RS

Publicado

em

Santa Cruz do Sul/RS – A Polícia Federal, com apoio da Polícia Civil e da Brigada Militar, deflagrou hoje (11/6) a Operação Cartão Vermelho, que visa o combate à facção estabelecida na região. Os crimes investigados são tráfico de drogas, lavagem de capitais, sonegação fiscal e organização criminosa. Estima-se que o dinheiro movimentado pelo grupo, oriundo de roubos, contrabando, exploração de jogos e do tráfico de drogas supere o patamar de meio milhão de reais ao mês.

Participam da Operação 25 policiais federais, 20 policiais militares e 10 policiais civis, com o objetivo de cumprir três mandados de prisão e cinco de busca e apreensão. Também foram obtidas quebras de sigilo bancário, sequestro de contas e restrições de veículos usados pela quadrilha.

As investigações iniciaram em outubro de 2018, quando a Polícia Federal recebeu a informação de que um automóvel estaria transportando droga para ser distribuída na região. Policiais federais realizaram a abordagem ao veículo, mas não localizaram a droga. Três homens estavam no carro e transportavam 28 mil reais em dinheiro vivo. Um deles informou que era atleta profissional de futebol e que os valores eram oriundos dessa atividade, porém, não apresentou provas dessa condição, originando o nome da Operação Cartão Vermelho.

O veículo apresentava indícios de já ter sido usado para transporte de drogas (segundo detecção por acionamento de cão farejador). Os três homens foram liberados, o veículo foi retido e o dinheiro depositado em conta judicial, iniciando-se o trabalho de investigação pela Polícia Federal.

A apuração posterior indicou que um dos homens que estava no veículo teria assumido o posto de braço-direito do líder de uma facção criminosa que atua na região, após a prisão de integrantes do grupo na Operação Cúpula, da Polícia Civil.

Leia mais:  PF investiga venda de decisões judiciais no estado do Tocantins

O inquérito policial também identificou que as contas tituladas pelos implicados eram usadas para depósitos para pessoas físicas e empresas localizadas nos estados do Paraná, Mato Grosso do Sul e São Paulo, provavelmente para pagamento de fornecedores de armas e drogas.

 

 

 

Fonte: Polícia Federal
Comentários do Facebook
publicidade

Polícia Federal

PF investiga lavagem de dinheiro no Espírito Santo

Publicado

em

Vila Velha/ES – A Polícia Federal, em conjunto com o Ministério Público Federal e a Receita Federal, deflagrou na terça-feira (20/8) a Operação Masqué, com objetivo de investigar crime de lavagem de dinheiro praticado por casal de empresários capixabas, sócios de empresas que atuavam no comércio exterior.

Cerca de 22 policiais federais e membros da Receita Federal cumpriram 4 mandados de busca e apreensão em endereços residenciais e comerciais ligados aos investigados, em Vila Velha/ES e São Paulo/SP. A Justiça Federal determinou ainda o sequestro de imóveis, embarcações e valores, além da indisponibilidade de automóveis dos investigados.

A ação de hoje é um desdobramento de investigação que identificou a prática de evasão de divisas, entre os anos de 2009 e 2010, num total de cerca de U$ 100 milhões em 1178 contratos de câmbio fraudulentos. Com a participação de funcionários de uma corretora de câmbio, o grupo então investigado promovia a saída de divisas para o exterior repetindo as mesmas declarações de importação e faturas em vários contratos de câmbios diferentes.

Dessa forma, usando uma mesma declaração de importação em vários contratos de câmbio, os investigados simulavam diversas importações usando a documentação referente a apenas uma operação regular. Os pagamentos repetidos serviam, na verdade, para mandar dinheiro ilegalmente para fora do país.

Com o objetivo de investigar a ocultação e lavagem dos valores obtidos com as atividades ilegais dos investigados, a Operação Masqué possibilitou a identificação de 76 imóveis e 2 embarcações registradas em nomes de laranjas, um patrimônio oculto que supera os R$ 40 milhões. Todos esses bens foram sequestrados por determinação judicial.

Segundo dados da Receita Federal, as pessoas físicas e jurídicas investigadas possuem um débito já inscrito em dívida ativa no valor de R$ 894 milhões.

Leia mais:  PF desarticula grupo criminoso de falsificação de medicamento e tráfico de drogas

Além do casal de empresários, também é investigado um advogado que atua em São Paulo/SP, contratado para oferecer uma espécie de proteção contra a atuação de órgãos como a Receita Federal e a Polícia Federal, o qual já foi preso, no ano de 2017, em ação do GAECO do estado de São Paulo, por fatos análogos aos investigados na OPERAÇÃO MASQUÉ.

Os investigados responderão pelos crimes de lavagem de capitais (Lei 9.613/98).

 

 

Fonte: Polícia Federal
Comentários do Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie
Nacional39 minutos atrás

Pastor dopado, roubo de dinheiro e Flordelis mentora: filho faz novas revelações

arrow-options Reprodução/Facebook Deputada resolveu exonerar a mulher de um dos filhos adotivos, o também deputado Misael Em depoimento a policiais...

Nacional39 minutos atrás

Policial do Bope tem mal súbito durante exercício de Crossfit e morre

arrow-options Reprodução Leonardo Garces, de 28 anos, passou mal durante realização de exercício de Crossfit O policial militar Leonardo Garces...

Nacional39 minutos atrás

Sequestrador de ônibus contou a parentes que ouvia ‘vozes dentro da cabeça’

arrow-options Reprodução Willian dizia estar em depressão e “sofrendo muito”, além de ter passado a beber demais No início deste...

Entretenimento40 minutos atrás

Em “Órfãos da Terra”, Dalila é atingida por tiro

A vida de Robson (Alex Morenno) em “Órfãos da Terra” virou de cabeça pra baixo depois que o rapaz começou...

Entretenimento40 minutos atrás

Régis se revolta contra Jô após ser baleado em “A Dona do Pedaço”

A casa caiu para Régis (Reynaldo Gianechinni) e Jô (Agatha Moreira) em “A Dona do Pedaço”. Depois de terem sido...

Entretenimento40 minutos atrás

Caso de Paloma e Marcos renderá polêmicas em “Bom Sucesso”

Nesta quarta-feira (21) vai ao ar mais um capítulo de “Bom Sucesso”, novela da  Globo  escrita por  Rosane Svartman e Paulo Halm. ...

Nacional3 horas atrás

Quarta-feira começa com garoa, mas sol aparece durante a tarde, em São Paulo

arrow-options Roberto Casimiro/Fotoarena/Agência O Globo – 4.8.19 Céu nublado em São Paulo As temperaturas continuam baixas em São Paulo , nesta...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana