conecte-se conosco



Destaque

OAS pagou propina a Alves via conta de Temer, diz MPF

Publicado

em

NATAL (RN) – A Procuradoria do Rio Grande do Norte afirmou que o ex-ministro Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) recebeu “valores ilícitos” da empreiteira OAS por meio da conta do então vice-presidente Michel Temer durante a eleição de 2014. A informação foi usada pelo Ministério Público Federal (MPF) para pedir a prisão preventiva de Alves, que foi cumprida nesta quarta-feira na Operação Manus, dada a sua proximidade com o agora presidente da República.
A procuradoria incluiu nos autos a triangulação do repasse de 500.000 reais que foi feito via caixa 1. Pelos extratos da prestação de contas, o valor caiu na conta de Temer tendo como doador a OAS SA em 11 de setembro de 2014. No mesmo dia, a soma foi transferida para o diretório estadual do PMDB do Rio Grande do Norte — naquele ano, Alves que já foi presidente da Câmara e deputado por onze mandatos disputou o governo, mas perdeu.
Alves foi preso sob suspeita de receber pelo menos 7,5 milhões de reais de propina para favorecer empreiteiras, entre elas a OAS e Odebrecht. Uma das obras investigadas seria a da Arena das Dunas, que sediou jogos da Copa do Mundo em 2014.
A procuradoria afirma que, mesmo depois de ter renunciado ao cargo de ministro do Turismo, ele continua a “exercer intensa atividade política em âmbito nacional”. Como argumento, o MPF citou viagens “constantes” com “periodicidade semanal” de Natal a Brasília de junho de 2016 a abril de 2017.
“O quadro se mostra mais preocupante se considerado que, exatamente em 2016, até os dias de hoje, o partido político de Henrique Eduardo Lyra Alves, o PMDB, assumiu a Presidência da República, (…). O vice-presidente Michel Temer, correligionário de Eduardo Henrique Lyra Alves, assumiu o poder, sendo concretamente provável que o ora investigado se dirija a Brasília exatamente para com ele estabelecer articulações da mais diversa ordem”, escreveu o procurador Rodrigo Telles de Souza.
Alves também foi ministro do Turismo no governo Dilma Rousseff e chegou a ser mantido por Temer no posto no período de afastamento provisório do impeachment. Pediu demissão depois de ser sido citado na delação do ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado, cujo trecho também foi anexado ao pedido de prisão.

Comentários do Facebook

Destaque

Menina revela ter sido estuprada pelo pai após se queixar de ‘dor na barriga’

Publicado

em

De acordo com a mãe da vítima, criança relatou que o pai a violentou dentro do banheiro da residência. Caso é investigado pela Delegacia da Mulher de Guarujá.

A Polícia Civil investiga um caso de estupro de uma menina de 10 anos em Guarujá, no litoral de São Paulo. Segundo depoimento da mãe aos policiais, a violência sexual contra a filha foi cometida em casa pelo pai da criança, de 30 anos, enquanto ela acompanhava um familiar hospitalizado. O suspeito ainda não foi localizado.

O crime ocorreu na residência em que a vítima vive com os pais e irmãos, localizada no bairro Aldeia, no Distrito de Vicente de Carvalho. Conforme relatado pela mãe da criança no boletim de ocorrência registrado pelos policiais, ela mantinha uma união estável com o homem, com quem tem quatro filhos.

A mãe relatou que, no início da tarde, saiu de casa para ficar como acompanhante de um familiar no hospital, deixando os filhos com o marido. De acordo com ela, por volta das 19h30 retornou à sua residência.

Ao chegar em casa, ela foi alertada pelo filho de 4 anos que o pai teria violentado a irmã. Ao conversar com a filha, a menina relatou que, durante a tarde, o pai, no banheiro da casa, havia tirado as suas roupas e a estuprado. A criança também se queixou de estar com dores na barriga devido a violência sexual.

A mãe afirmou aos policiais que levou a filha às pressas ao Pronto Socorro de Vicente de Carvalho e depois da criança ser atendida foi direto a delegacia, acompanhada de uma conselheira tutelar. Após relatar o caso, a vítima foi encaminhada para exame de corpo de delito.

O boletim de ocorrência foi registrado como estupro de vulnerável na Delegacia Sede de Guarujá. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o caso está sob segredo de Justiça e agora é investigado por meio de inquérito policial pela Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) da cidade.


(*G1)

Comentários do Facebook
Continue lendo
Policial17 minutos atrás

Mais dois agressores são presos durante terceira fase da Operação Marias

. A Polícia Civil (PCES), por meio da Divisão Especializada de Atendimento à Mulher (Div-Deam), em continuidade à terceira fase...

Política17 minutos atrás

Plenário aprova mudanças em incentivos fiscais

. O plenário aprovou, durante a sessão ordinária virtual desta terça-feira (7), dois projetos de lei (PLs) de autoria do...

Entretenimento17 minutos atrás

Com bumbum à mostra, Geisy Arruda dá bronca em haters: “Aceitação? nunca quis”

Sem papas na língua,  Geisy Arruda usou suas redes sociais nesta terça-feira (7) para dar uma bronca nos homens que...

Esportes51 minutos atrás

Presidente do Barcelona diz que retorno de Neymar é pouco provável

  . O presidente do Barcelona, Josep Maria Bartomeu, afirmou nesta terça (7), em entrevista à rádio espanhola RAC-1, que...

Internacional51 minutos atrás

Mídia internacional critica abordagem de Bolsonaro contra a Covid-19

CNN Bolsonaro foi destaque na CNN, New York Times, Deustche Welle, Le Monde e La Nación; todos repercutiram o descontrole...

Política52 minutos atrás

Senado planeja a realização de sessões presenciais em agosto

Marcello Casal Jr/Agência Brasil Sessões presenciais estão suspensas desde março. Os senadores voltarão a se reunir presencialmente em agosto. A...

Agricultura52 minutos atrás

Inmet emite alerta vermelho para chuvas no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina

. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um aviso vermelho (grande perigo) para acumulado de chuva no norte do...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!