conecte-se conosco



Destaque

"O turismo é um leão adormecido em São Mateus"

Publicado

em

A declaração foi dada por Temperinho, em entrevista para a série Vereadores Eleitos.
SÃO MATEUS – Ele foi eleito com 1091 votos e seu nome de registro é Antônio. Conhecido popularmente como Temperinho, o servidor público com 30 anos de serviço vê no turismo de São Mateus, um setor em potencial para o desenvolvimento da cidade, e principalmente como fonte geradora de emprego e renda.
Temos lindas praias que não são exploradas.  São Mateus está localizado em uma região abençoada por Deus. Temos de tudo aqui. Cabe a nós um trabalho forte neste setor para a geração de emprego. É um trabalho que será feito em parceria com os governos estadual e federal”, salientou o vereador eleito.
Outro setor apontado por Temperinho que precisa de atenção especial do poder público é a agricultura. Ele afirma que tão importante quanto a instalação de novas empresas e a valorização das que já possuem sede em São Mateus está o reconhecimento da agricultura, que emprega muitas famílias. “Temos fazendas em nosso município que geram mais de 100 empregos diretos. É preciso oferecer condições para que o campo seja também um importante setor de empregabilidade, oferecendo estradas em boas condições de uso, por exemplo”, disse.
Temperinho defende ainda a reformulação do Código de Posturas e melhorias na prestação do serviço público, principalmente no que tange ao atendimento. “Saúde não se espera, tem que ser para ontem e infelizmente observamos algumas deficiências”, destacou. Para ele, a educação e a segurança também precisam de atendimentos mais eficazes. Outra preocupação do vereador eleito é a declaração dada pelo futuro prefeito de que a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), construída ao lado do Centro de Vivência Amélia Boroto não terá condições de funcionar. “Será preciso buscar apoio com o governo estadual e deputados para agilizar o funcionamento”, declarou.
De engraxate a vereador
Servidor público há 30 anos, efetivado como vigia, hoje Temperinho trabalha na Defesa Civil, mas também já atuou como Coordenador de Fiscalização do Verão. Antes de assumir cargo no serviço público, Temperinho foi engraxate e vendedor de picolé.
Temperinho acredita que os anos de serviço prestado ao município e o envolvimento com a comunidade foram dois pontos essenciais para sua eleição. “Minha comunidade queria um vereador e viram no meu nome essa possibilidade. Na primeira disputa alcancei os 814 votos, mas não consegui vencer. Desta vez, conquistamos 1091 votos que serão retribuídos em trabalho”, afirmou.
O vereador que também já integrou o Conselho Municipal de Trânsito (COMUTRAN) e estava presidente da Associação de Moradores do bairro Cacique até as eleições, terá como prioridade a garantia de recursos públicos para realização de obras nos bairros Cricaré, Cacique, Porto, Ponte e Santa Inês. “40% do bairro Cacique precisa de calçamento, vamos trabalhar para isso aconteça. Mas as demandas são muitas”.
Casado, pai de três filhos e com 50 anos de vida, o apelido Temperinho foi herdado do pai, falecido há 10 anos. O vereador eleito salientou que o envolvimento da família foi essencial para a conquista de uma cadeira na Câmara.
Temperinho acredita que o relacionamento entre Executivo e Legislativo será bom, e que o mesmo deve acontecer entre os colegas vereadores. “Podemos ter divergências porque nem sempre os pensamentos são os mesmos, mas sem brigas”, finalizou.

Comente Abaixo

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!