conecte-se conosco



Regional

‘Nuvem rolo’ chama atenção de moradores em Aracruz

Publicado

em

Fenômeno foi registrado nesta terça-feira (14), na Praia dos Padres.

O fenômeno meteorológico conhecido como “nuvem rolo” chamou a atenção de moradores na tarde desta terça-feira (14), em Aracruz. Um vídeo, que foi gravado com a velocidade aumentada, mostra o deslocamento da nuvem no céu.
A gravação foi feita na Praia dos Padres, por volta das 14h20, pelo agrônomo aposentado Roberto Alves Barroso. Ele contou que pratica pesca esportiva e flagrou a nuvem quando voltava para a areia.
“Saí para pescar mais cedo e tinha previsão da virada do tempo. Quando estava em alto mar, já tinha visto muito longe no horizonte a formação de nuvens. Atracamos o barco e eu fui dar um mergulho. Quando voltei, a nuvem surgiu numa questão de segundos”, disse.
Ele, então, deixou o celular gravando na modalidade time-lapse, um processo cinematográfico em que a freqüência de cada quadro por segundo de filme é muito menor do que aquela em que o filme será reproduzido. Quando visto a uma velocidade normal, o tempo parece correr mais depressa. 
Ainda de acordo com Roberto, logo após a passagem da nuvem, o tempo fechou e ventos fortes atingiram a região. “Teve vendaval, começou a voar barraquinha, guarda-sol. Eu acompanho a previsão, já tinha o aviso de que o vento ia virar hoje, mas chegou mais cedo. O mar se transformou depois disso”, contou.
Meteorologista explica
De acordo com o meteorologista Hugo Ramos, do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), o fenômeno é comum na faixa litoral do Brasil, em particular no litoral Sul e Sudeste.
A “nuvem rolo” é alongada, tipicamente baixa – entre 100 e 300 metros de altura -, em forma de tubo, que parece girar lentamente em torno de seu eixo horizontal. Ela também é solitária, ou seja, não é suplementar a um outro tipo de nuvem.
Segundo ele, a formação deste tipo de nuvem ainda não é um consenso entre a comunidade científica de Meteorologia, a teoria mais aceita é que o processo de formação da “nuvem rolo” está relacionado quando há um contraste entre massas de ar de diferentes tipos, temperaturas, umidade, densidade e o forte cisalhamento do vento, ou seja, a brusca mudança de direção e velocidade.
Os ventos sopram de direções diferentes na base e no topo da nuvem, dando o formato circular a nuvem.

Comentários do Facebook

Regional

Setor moveleiro em Linhares retoma crescimento em meio à pandemia 

Publicado

em

Segundo dados do Sindicato das Indústrias da Madeira e do Mobiliário de Linhares e Região Norte do Espírito Santo (Sindimol) as admissões em junho e julho deste ano cresceram mais de 100% em relação ao mesmo período do ano passado. Vendas também registram um crescimento acima do esperado. 

Após vários anos amargando prejuízos devido à crise econômica que fechou empresas e causou demissões, 2020 era tido pelos empresários do setor moveleiro de Linhares como o ano da retomada do crescimento. Em março, porém, com a chegada da pandemia do novo coronavírus ao país, o cenário não parecia tão favorável ao crescimento do setor. 

Mas, para surpresa dos empresários, junho e julho foram meses positivos. Mesmo em meio à pandemia o volume de vendas foi superior ao mesmo período de 2019, e as contratações tiveram um crescimento superior a 100% em relação ao mesmo período do ano passado, o que tem trazido resultados positivos para muitas empresas. 

Para o empresário e presidente da Câmara Setorial da Indústria Moveleira da Findes, Luiz Rigoni, já no início de junho a indústria moveleira começou a recontratar, e as vendas voltaram ao patamar planejado. “Para agosto já estamos com uma carteira de pedidos muito boa, que superou as nossas expectativas. Tenho participado de várias reuniões e é notório que a música é a mesma em todo Brasil. Inclusive algumas matérias primas já estão em falta e podem atrasar os nossos pedidos”, pontou Rigoni.   

Para o presidente do Sindimol, Ademilse Guidini, muitas variáveis estão sendo apontadas para esse crescimento, principalmente a questão do isolamento social. Guidini também cita pesquisa que mostra aumento de venda de móveis pela internet. 

“Com as pessoas em casa, muitas aproveitaram para investir no conforto de seus lares. Pesquisa divulgada pelo Movimento Compre & Confie em parceria com a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) mostrou que a venda de móveis pela internet teve um crescimento de 94,4% nos cinco primeiros meses de 2020, comparado com o mesmo período de 2019, com um faturamento de R$2,51 bilhões. Isso refletiu diretamente na produção das indústrias, impactando também na necessidade de mais pessoas nas fábricas”, aponta o presidente. 

 Guidini disse ainda que “desde o final de maio já se percebia uma retomada significativa das vendas, o que foi muito importante até mesmo para manter o otimismo para enfrentar mais um momento de crise”. 

O empresário Bruno Rangel confirma esse aumento nas vendas. Em junho a empresa de Bruno, que produz gabinete para banheiro, vendeu 129% acima da meta estipulada para o mês, e 180% a mais que junho de 2019. Bruno também acredita, assim como Guidini, que o isolamento social é um dos motivos, mas também aponta o auxílio emergencial do governo. 

 “Acredito que toda essa demanda seja em virtude das pessoas que acabaram, devido ao isolamento social, passando mais tempo em casa, e perceberam a necessidade de itens que normalmente não percebiam, e o auxílio emergencial do governo federal que injetou uma grande quantia de dinheiro no mercado”, explica o empresário. 

Previsões para o segundo semestre 

 Tradicionalmente o segundo semestre é mais favorável para o crescimento das vendas de móveis que o primeiro. Este ano, porém, Guidini diz que mesmo com os números indicando uma retomada no crescimento do setor é preciso ter cautela, e ainda é cedo para fazer projeções de como será o segundo semestre. 

 “Os números apresentados nos trazem otimismo, mas ao mesmo tempo cautela. Ainda não é possível fazer uma projeção muito precisa do segundo semestre. A pandemia, no primeiro momento, trouxe uma preocupação muito grande e nossas vendas praticamente paralisaram e muitas empresas até demitiram, de repente nos deparamos com esse aumento do consumo, acima de qualquer expectativa, por isso é complicado fazer qualquer previsão “, enfatiza o industrial. 

Comentários do Facebook
Continue lendo
Estadual11 minutos atrás

Com apoio do Bandes, empresa de mármore e granito investe no noroeste do Estado

. Presente no mercado nacional e internacional e com 27 anos de mercado, a empresa Comil Cotaxé, de Ecoporanga, no...

Estadual11 minutos atrás

Proprietários de veículos do Espírito Santo podem realizar Comunicado de Venda nos cartórios

. O Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES) passa a oferecer, a partir desta terça-feira (11), mais uma...

Estadual11 minutos atrás

Portaria libera retorno dos treinos de equipes de futebol profissional a partir de 26 de setembro

. Os times capixabas que disputam a séries A e B do Campeonato Capixaba serão liberados para voltar suas atividades...

Estadual11 minutos atrás

Contemplado pelo Bolsa Atleta, Genivan Porto participa de torneio virtual Latino-Americano de boxe

. O lutador Genivan Porto, contemplado pelo programa Bolsa Atleta, da Secretaria de Esportes e Lazer (Sesport), participa, a partir...

Estadual11 minutos atrás

Espírito Santo adere ao Sistema Nacional de Juventude

. O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Direitos Humanos (SEDH), aderiu ao Sistema Nacional de Juventude (Sinajuve)....

Estadual11 minutos atrás

Banestes fecha primeiro semestre do ano com resultado positivo de R$ 125 milhões

. O Banco do Estado do Espírito Santo (Banestes) divulgou publicamente, nesta terça-feira (11), o resultado apurado relativo ao primeiro...

Política11 minutos atrás

Mameri cobra informação sobre volta de cirurgias

. O vice-presidente da Comissão de Saúde, deputado Dr. Emílio Mameri (PSDB), reiterou o pedido para que o colegiado seja...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!