conecte-se conosco



Nacional

Número de mortos em Moçambique sobe para 598 após passagem de ciclone Idai

Publicado

em


Moçambique após ciclone Idai
Reprodução/Facebook presidente Filipe Nyusi

Novos números divulgados nesta terça confirmam aumento das mortes em Moçambique

Autoridades de Moçambique anunciaram, nesta terça-feira (2), que o número de mortes provocadas pelo Ciclone Idai e as cheias que se seguiram no centro do país chegam a 598. O novo balanço foi divulgado pelo Instituto Nacional de Gestão de Calamidades (INGC) e acrescenta 80 mortes ao último relatório divulgado
.

O número de famílias afetadas pelo desastre em Moçambique
também subiu para 195.287, assim como o número de pessoas atingidas: de 843.729 para 967.014, segundo dados do boletim do INGC. Em relação ao número de feridos, foram mantidos os 1.641 divulgados no balanço anterior.

Leia também: Mais de 500 casos de cólera já foram confirmados em Moçambique

Na semana passada, o governo anunciou o fim das operações de salvamento e resgate. O foco agora é a ajuda humanitária
. Atualmente, mais de 32 mil famílias recebem assistência do governo e de organizações nacionais e internacionais .

Nos 136 abrigos em funcionamento estão acomodadas 131.136 pessoas e o número daqueles que são considerados vulneráveis é de 7.422, o que inclui os que perderam as casas, precisam de alimentos ou de algum tipo de assistência.

Leia também: Bombeiros mineiros chegam a Moçambique para missão humanitária

As autoridades de Moçambique
atualizaram também o número de casas totalmente destruídas, que chega a 62.153 (59.910 no último balanço), parcialmente destruídas (34.139, 33.925 segundo os dados anteriores) e 15.784 inundadas, sendo que a maioria é formada por habitações de construção precária.

*Com informações da Deutsche Welle (agência pública da Alemanha)

Comentários do Facebook

Nacional

Bolsonaro ameaça tirar Brasil de OMS por “viés ideológico”

Publicado

em


source
o presidente jair bolsonaro fala em coletiva
Agência Brasil

“Não precisamos de gente de fora dando palpite aqui dentro”, diz Bolsonaro sobre OMS


Nesta sexta-feira, 5, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou que pode seguir exemplo do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e retirar Brasil da Organização Mundial da Saúde ( OMS ). Segundo o brasileiro, organização age com viés ideológico.

Leia também

“Adianto aqui: os Estados Unidos saíram da OMS. A gente estuda no futuro, ou a OMS trabalha sem o viés ideológico ou a gente vai estar fora também. Não precisamos de gente lá de fora dar palpite na saúde aqui dentro”, afirmou no Palácio da Alvorada.

Decisão aconteceu após acusações de que OMS favorece a China.

Bolsonaro também se posicionou contra a decisão da organização de interromper testes de cloroquina para tratamento da Covid-19, doença transmitida pelo novo coronavírus.

Tanto Bolsonaro como Trump defendem o medicamento. Vale lembrar que Trump chegou a fazer tratamento com o remédio , mesmo sem aval do médico da Casa Branca.

No entanto, diversos estudos apontam que a cloroquina não é eficaz contra a Covid-19.

Comentários do Facebook
Continue lendo
Entretenimento11 minutos atrás

Além de “Madeleine”, outras cinco séries que narram crimes reais

Treze anos depois,  a polícia alemã identificou um novo suspeito  pelo desaparecimento de Madeleine McCann . Com o novo desdobramento...

Entretenimento11 minutos atrás

SBT anuncia volta de “Chiquititas” e contraria internautas

No início da noite desta sexta-feira (5), a hashtag “Fora Chiquititas ” esteve entre os assuntos mais comentados do Twitter....

Regional12 minutos atrás

MPES pede afastamento do prefeito e secretário de Conceição da Barra por improbidade

O Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES), por meio da Promotoria de Justiça de Conceição da Barra, ajuizou...

Nacional16 minutos atrás

Bolsonaro ameaça tirar Brasil de OMS por “viés ideológico”

Agência Brasil “Não precisamos de gente de fora dando palpite aqui dentro”, diz Bolsonaro sobre OMS Nesta sexta-feira, 5, o...

Saúde21 minutos atrás

Estado do Rio registra menos de 150 mortes por covid-19 em 24 horas

. O número de óbitos registrados nesta sexta-feira (5) por covid-19 no estado do Rio de Janeiro caiu reduziu em...

Esportes21 minutos atrás

Futebol: Federação enviará a governo de SP nova proposta para retorno

. A Federação Paulista de Futebol (FPF) anunciou nesta sexta-feira (5) que encaminhará novamente aos governos do estado de São Paulo...

Política26 minutos atrás

Bolsonaro defende atraso nos dados da Covid-19: “Ninguém tem que correr”

Agência Brasil Bolsonaro brincou com demora do Ministério da Saúde em divulgar informações O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) defendeu...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!