conecte-se conosco


Regional

Nova Venécia recebe o I Workshop de Segurança de Barragens

Publicado

em

A região norte do Espírito Santo, que concentra 40% das barragens de água licenciadas no Estado, foi a primeira a receber o Workshop de Segurança de Barragens. O evento aconteceu durante toda esta quarta-feira (04), no auditório do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes) de Nova Venécia, e atraiu cerca de 150 pessoas de vários municípios do norte capixaba.

O encontro foi promovido pelo Governo do Estado, por meio da Agência Estadual de Recursos Hídricos (Agerh), com o apoio da Defesa Civil Estadual, do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal (Idaf), do Ifes e da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes). A ideia foi incentivar a regularização e o cadastro de segurança de barragens de água, desempenhados pelo Idaf e pela Agerh, respectivamente.

Outro objetivo foi popularizar os conceitos necessários para a construção e manutenção de barragens seguras no Espírito Santo. Um projeto piloto, anuncia o gerente de Gestão e Infraestrutura Hídrica da Agerh, Tiago Lodi. “Queremos fomentar a cultura de segurança de barragens entre os capixabas e reproduzir essas capacitações em todas as regiões, para que produtores rurais, servidores, consultores, engenheiros e estudantes sejam parceiros do Governo na busca pela segurança de barragens no Espírito Santo”, adiantou.

Barragem Segura, água para todos


O público presente no Workshop assistiu a palestras sobre o Programa Estadual de Barragens, Licenciamento Ambiental, Segurança de Barragens, Plano de Contingência e Outorga para Barramentos.

 Licenciamento

O tema Licenciamento Ambiental para Barragens foi conduzido pela subgerente de licenciamento ambiental do Idaf, Ahnaiá Silva. “Essa integração que tem ocorrido entre os órgãos envolvidos, como Agerh e Defesa Civil, é essencial. O licenciamento não pode caminhar sozinho, precisa estar interligado com a outorga e o cadastro de segurança, por exemplo, de modo a manter a uniformidade das ações”, disse.

Leia mais:  FA 1077 / 12 de dezembro de 2018

A subgerente também destacou o papel fundamental do responsável técnico nesse processo. “Cabe ao profissional elaborar o projeto da barragem, com base nos critérios de segurança, além de acompanhar a execução para garantir que os requisitos estão sendo cumpridos”, explicou.

Outorga

A outorga de direito de uso da água também foi abordada no workshop. “Todos os barramentos precisam da outorga ou da dispensa da Agerh de acordo com o uso e isso é analisado de forma técnica, por isso não pode deixar de ser feito”, frisou o gerente de Gestão e Regulação da Agerh, Eduardo Loyola.

Cadastro

A engenheira de minas, mestre em Geotecnia, e pesquisadora da Gerência de Gestão e Infraestrutura Hídrica da Agerh, Andyara Duarte, falou sobre Segurança de Barragens, tema central do evento.

Ela apontou como funciona o Cadastro de Segurança de Barragens da Agerh, a fiscalização e a classificação dos empreendimentos no órgão. “Além de todo o projeto e a documentação necessária para regularização de barragens, o proprietário deve fazer o Cadastro de Segurança na Agerh. É on-line, gratuito e um instrumento que beneficia tanto o controle do Governo quanto a manutenção e segurança do barramento e da comunidade do entorno”, destacou.

Acesse o Cadastro Estadual de Segurança de Barragens e veja o que é necessário para preenchê-lo.

Inspeção

Os participantes puderam conhecer os principais problemas que podem aparecer numa barragem e colocá-la em risco. As anomalias devem ser observadas regularmente para não comprometerem a estrutura. Após a palestra, houve um exercício prático, no qual o público foi divido em grupos para simular uma inspeção visual de barragens, por meio de fotografias.

No site da Agerh há um formulário de inspeção que pode ser acessado pelos empreendedores e consultores de barragens. Além da inspeção, toda barragem de água deve ter um Plano de Segurança, que pode conter ou não um Plano de Emergência, a depender da classificação da barragem.

Leia mais:  Jovem de 21 anos fica paraplégica após colocar piercing no nariz

Para enriquecer o assunto, o coordenador regional da Defesa Civil, Tenente Patrick Scopel, mostrou como funciona um Plano de Contingência em caso de riscos em barragens. Ele destacou a importância dos Planos de Segurança para que a contingência seja mais efetiva. “Toda barragem tem risco e, se há comunidades próximas, esse risco aumenta. Por isso, é fundamental a união e o comprometimento de todos os atores para evitar incidentes maiores”, pontuou.

Comentários do Facebook
publicidade

Regional

Sobrinho joga tio do 3º andar e finaliza o ato com pauladas, em Colatina

Publicado

em

Um crime bárbaro ocorreu na madrugada deste domingo (19), no bairro São Vicente em Colatina.

O sobrinho jogou seu tio conhecido na comunidade, Edmilson Resende, do terceiro andar de um prédio, localizado na rua principal do bairro. Após a queda o sobrinho conhecido como Netinho, desceu as escadas e finalizou o ato a pauladas.

Por volta das 19 horas deste sábado (18), uma discussão iniciou-se entre a vítima Edmilson Resende e seu sobrinho, que moram no mesmo prédio, em andares diferentes. Com a discussão acalorada o sobrinho, tomado pela ira, quebrou os canos de água e esgoto da moradia de três andares. Devido a esse ato seu tio Edmilson chamou a polícia, que compareceu rapidamente e recolheu o cidadão. Poucas horas depois, Netinho foi solto e ao chegar em casa jurou de morte o tio e a esposa de Edmilson, a Senhora Maria Aparecida Barbosa.

Algumas horas após ser solto a assassino chegou com um comparsa, ainda não identificado, onde o mesmo estava com uma foice nas mãos. A um hora da madrugada, iniciaram a discussão novamente. Segundo uma moradora que não quis se identificar a briga se estendeu por horas. Edmilson pensava que estava protegido, pois para ter acesso a sua residência teriam que passar por um portão que estava trancado com um cadeado.

Exatamente as 4 horas da manhã, após o sobrinho e o comparsa arrombarem o cadeado com uma foice, Edmilson chegou na janela e gritou pedindo ajuda, pois o sobrinho iria matá-lo. ” Ele gritou até não ter mais voz”, disse uma moradora que reside próximo ao local do crime. Foi nesta hora que o sobrinho jogou seu tio do terceira andar do prédio batendo na grade da varanda e caindo desacordado no local.

Não satisfeitos, os dois assassinos desceram e munidos de um pedaço de madeira de eucalipto, finalizaram o homicídio com várias pauladas e chutes. Por instantes os dois saíam e voltavam para o local do crime, para averiguar se Edmilson estava realmente morto.

A esposa de Edmilson Maria Aparecida Barbosa foi espancada pelos meliantes e confessou que, não foi assassinada porque se fingiu de morta para que eles parassem de espancá-la. Ela foi levada pelo resgate do Corpo de Bombeiras para o Hospital Sílvio Avidos e não corre risco de morte.

A Polícia Militar agiu rápido após informações e prendeu os dois autores do crime tentando fugir. É importante ressaltar que na primeira condução o crime não tinha pena que permitisse manter o autor preso.

Edmilsom tinha 47 anos de idade, era aposentado e segundo vizinhos tinha um tumor no cérebro e sua esposa era autônoma. Um crime bárbaro que ocorreu devido a ira provocada por uma discussão entre familiares. O resultado, um óbito, uma mulher com várias lesões pelo corpo e dois assassinos presos.

(*esfala.com.br)

Comentários do Facebook
Leia mais:  Homem é preso com cartões e mais de R$ 40 mil em Linhares
Continue lendo
Política3 minutos atrás

Rodrigo Maia diz que pensão a solteiras ‘absurdo’ e cobra mudança no STF

arrow-options Luis Macedo/Câmara dos Deputados Maia cobrou que STF mude entendimento de lei sobre pensões O presidente da Câmara dos...

Saúde15 minutos atrás

Venenos de vespa e escorpião podem auxiliar tratamento de tuberculose

Pesquisa financiada pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Cientifico e Tecnológico (CNPq) e desenvolvida pelo Instituto de Patologia e Medicina Tropical...

Internacional15 minutos atrás

Ex-ministro da Economia será candidato à presidência na Bolívia

arrow-options Divulgação Ex-ministro da economia da Bolívia, Luis Arce O ex-ministro da Economia da Bolívia Luis Arce foi escolhido neste domingo...

Mulher16 minutos atrás

Horóscopo do dia: previsões para 20 de janeiro de 2020

arrow-options Marcelo Dalla A mandala “o caminho” foi desenhada por Marcelo Dalla Leia mais: 2020 é Ano do Rato! Confira as...

Esportes50 minutos atrás

Copa Santiago: Nacional e Alianza Lima ficam no empate

Nacional (Uruguai) e Alianza Lima (Peru) empataram neste domingo (19) em 1 a 1 em jogo válido pelo grupo B...

Internacional2 horas atrás

Brasil trabalha com paraguaios na recaptura de presos fugitivos

Após a fuga de 75 prisioneiros da Penitenciária Pedro Juan Caballero, no Paraguai, o ministro da Justiça e Segurança Pública,...

Tecnologia2 horas atrás

Para proteger usuários, entidades cobram fim de apps pré-instalados no Android

Um grupo de mais de 50 organizações enviou uma carta ao diretor executivo do conglomerado Alphabet, Sundar Pichai, cobrando o...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana