conecte-se conosco


Economia

Nova linha de crédito para a casa própria: valor final pode ficar maior

Publicado

em

source
Pedro Guimarães arrow-options
Palácio do Planalto/Flickr
presidente da CAIXA, Pedro Guimarães anuncia nova linha de crédito para casa própria com reajuste pela inflação

A Caixa anunciou nesta terça-feira uma nova linha de crédito para compra da casa própria reajustado pela inflação. Segundo o banco, a vantagem para o consumidor é que os juros são mais baixos do que os praticados hoje pelo Sistema Financeiro da Habitação (SFH). 

Os juros mais baixos, porém, não garantem, segundo o advogado e presidente da Comissão de Direito Imobiliário da OAB-MG, Kênio Pereira, que o valor final pago ao final do financiamento será menor.

Caixa lança financiamento da casa própria corrigido pela inflação

“Hoje o reajuste é feito pela TR, que está há mais de oito anos em praticamente zero. Já no caso do IPCA , corre o risco da parcela subir significativamente, já que os contratos são de longo prazo, de 20 a 30 anos”, alerta o advogado.

Hoje, os juros praticados nos contratos de financiamento imobiliário assinados com a Caixa ficam entre 8,75% e 9,75% ao ano mais Taxa Referencial (TR) nas suas principais linhas de crédito imobiliário, para compra de imóveis novos ou usados. A TR atualmente está zerada, ou seja, não gera, atualmente, reajuste na parcela do financiamento. 

Na nova modalidade, os juros serão a partir de 2,95% e no máximo 4,95%, com reajuste baseado no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) do IBGE, o índice oficial da inflação no Brasil. A previsão é que o IPCA feche 2019 a 3,71%. A novidade pode fazer com que o reajuste do financiamento ocorra todo mês , uma vez que será recalculado mensalmente incluindo o IPCA.

Inflação

A questão é se, no longo prazo, a inflação do País ficará controlada. Para o professor de economia do Ibmec-BH, Fellipe Leroy, a pessoa que for comprar um imóvel deve considerar o risco do saldo devedor crescer descontroladamente caso a meta inflacionária não seja respeitada.

Leia mais:  Especialistas questionam modelo atual de Previdência no Senado

“Não é possível dizer que isso vai acontecer ou não nos próximos 20 ou 30 anos. Vai depender de termos um governo responsável. Mas temos que lembrar que o Brasil trabalha hoje com uma meta inflacionária controlada pela autoridade monetária”, pondera.

O professor ainda lembra que a TR, que é uma taxa definida pelo Banco Central, também pode mudar. “A TR pode ser alterada com uma ‘canetada’, já a meta da inflação, se não for respeitada pode colocar a economia do País  como um todo em risco˜, avalia Leroy.

Segundo o Boletim Focus, divulgado na última segunda-feira, as estimativas para o IPCA nos  próximos anos são 3,9%, em 2020, 3,75%, em 2021, e 3,5%, para 2022.

Já a meta da inflação , definida pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), é 4,25% em 2019, 4% em 2020, 3,75% em 2021 e 3,5% em 2022, com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo.


Fator social e bancos

A manutenção da TR em níveis próximos de zero, segundo o advogado Kênio Pereira, estava ligado ao fator social do financiamento imobiliário.

“Tanto que é uma taxa utilizada no reajuste da poupança, do FGTS, além do crédito para compra da casa própria. Atrelar o financiamento à inflação retira esse conceito social do financiamento imobiliário e beneficia os bancos”, critica.

Crédito com garantia de imóvel pode chegar a 20% do PIB em 20 anos

Para Felipe Leroy, porém, isso não é necessariamente negativo. Na avaliação do professor, a medida traz mais segurança para o banco que oferece o crédito.

“Temos um déficit habitacional grande no País. Dar mais segurança às instituições financeiras (utilizando a inflação para reajustar os empréstimos) faz com que os juros praticados sejam reais˜, analisa.

Leia mais:  Estados mais populosos do País têm 100 mil servidores aptos a se aposentar

“Isso também pode fomentar o setor da construção civil , que é importante para geração de empregos e aquecimento da economia do País”, acrescenta Leroy.

Para Kênio Pereira, após o anúncio da Caixa, os bancos privados também deverão apresentar linhas de crédito habitacional atreladas à inflação.


Jair Bolsonaro e Onyx Lorenzoni arrow-options
Palácio do Planalto/Flickr
O presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Casa Civil Onyx Lorenzoni participaram da cerimônia que lançou a nova linha de crédito imobiliário da Caixa




Entenda

A nova linha de crédito anunciada nesta terça-feira e estará disponível a partir da próxima segunda-feira (26) e terá R$ 10 bilhões disponibilizados pela Caixa.

Ela pode ser utilizada para novos contratos de compra de imóveis novos e usados para até 80% do valor da compra. O prazo máximo será de 30 anos. A parcela do empréstimo não poderá ultrapassar 20% da renda do consumidor.

A modalidade será facultativa, ou seja, a Caixa deve manter as outras modalidades do SFH e o programa Minha Casa, Minha Vida, que não foi alterado pelo anúncio desta terça-feira.

Fonte: IG Economia
Comentários do Facebook
publicidade

Economia

Número de compras em lojas físicas e online deve se igualar na Black Friday 2019

Publicado

em

source
black friday arrow-options
Agência Brasil
Black Friday 2019 deve igualar pela primeira vez o número de compras em lojas físicas e online

A Black Friday, dia de promoções mais esperado do ano no Brasil e no mundo, está programada para acontecer em 29 de novembro neste ano, mas já virou tradição que os descontos se estendam por mais tempo. Neste ano, pela primeira vez,  o número de compras em lojas físicas e online deve se igualar.

Leia também: Operação “Black Fraude”: empresas são investigadas por sonegação milionária

De acordo com tendência mapeada por pesquisa realizada pelo Google em parceria com a consultoria Provokers, a intenção de compra exclusivamente pela internet durante a Black Friday caiu de 52% no ano passado para 38% em 2019, enquanto a parcela de compradores que pretende aproveitar os descontos somente em lojas físicas passou de 41% para 37%.

A pesquisa apresenta que isso ocorre porque o grupo dos consumidores que pretendem comprar tanto online quanto nas lojas presenciais aumentou de 7% em 2018 para 25% neste ano. Dois a cada três pesquisam online antes de irem às lojas, segundo o levantamento.

Confira as principais tendências para a Black Friday de acordo com a pesquisa

O Brasil está entre os países que mais utilizam aplicativos de varejistas . De acordo com a apuração, 57% dos consumidores já compraram por meio de um app. O principal fator na hora de efetuar a compra online , segundo a pesquisa, é a confiança na loja (para 16%), depois a confiança na marca ou no produto (para 13%), a opção de parcelar o pagamento (11%), o valor do frete (10%) e, por fim, o tempo de entrega (4%).

Leia também: Com Amazon Prime, gigante norte-americana entra de vez no mercado brasileiro

Leia mais:  Especialistas questionam modelo atual de Previdência no Senado

O levantamento aponta que o brasileiro está mais atento às promoções e, em muitos casos, pesquisa antes de comprar. 74% já tinham planejado ou tinham certeza do que comprariam na hora de ir à loja na Black Friday Brasil 2018.

A pesquisa ouviu ao todo 2.500 pessoas, sendo 1.500 pela Provokers e mais 1.000 por meio da ferramenta Google Survey , produto comercial que facilita a pesquisa de mercado personalizada.

Fonte: IG Economia
Comentários do Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie
Agricultura46 minutos atrás

Mapa apoia Agrohackathon 2019, que vai debater soluções tecnológicas para a gestão de riscos rurais

O uso da tecnologia aliada na gestão dos riscos da produção agrícola será debatido pelos participantes do Agrohackathon 2019, entre...

São Mateus2 horas atrás

Banda Thock com novos contratados faz show inédito no interior de São Mateus

Com novo ritmo do momento, o arrocha, a Banda Thock apresenta suas novas estrelas da música banana. Será logo depois da Festa...

São Mateus2 horas atrás

Estadual de natação: Mais de 2 mil pessoas aguardadas para competição no Cepe  

A etapa estadual do 5º Festival FAC de Vinculados de Natação, que acontece no Cepe, de São Mateus neste sábado...

Carros e Motos3 horas atrás

Toyota Corolla é o primeiro híbrido nacional. Confira detalhes no vídeo

O novo Toyota Corolla 2020 é o primeiro carro hibrido fabricado no Brasil e também o primeiro hibrido flex produzido...

Carros e Motos3 horas atrás

Veja 5 carros projetados por Anísio Campos, que faleceu aos 86 anos

arrow-options Reprodução Anísio Campos esteve na linha de frente da indústria automotiva, na era dos fora de série O saudoso...

Carros e Motos3 horas atrás

City K-ZE, primo do Kwid, chega como opção de SUV elétrico de baixo custo

arrow-options Divulgação SUV elétrico da Renault já mostra a mudança visual que chegará também no Kwid A Renault não vem...

Carros e Motos3 horas atrás

A nova Harley-Davidson Low Rider S em grande estilo

arrow-options Divulgação A novísima Harley-Davidson Low Rider S foi avaliada nas estradas da Califórnia Como faz todos os anos, a...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana