conecte-se conosco



Estadual

Nova lei proíbe restrição a homossexuais para doação de sangue no ES

Publicado

em

Reprodução: Internet

Apesar da legislação, o Estado, na prática, já havia acabado com essa restrição desde junho do ano passado, por orientação do Ministério da Saúde

Já está em vigor, no Espírito Santo, uma lei que proíbe que homossexuais sejam alvo de restrições para doar sangue. A lei já havia sido aprovada na Assembleia Legislativa e agora foi sancionada pelo governador Renato Casagrande. A decisão foi publicada no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (22).

De acordo com o texto, “as restrições, normas, requisitos e critérios para doação de sangue devem ser aplicados igualmente a todos, sem distinção discriminatória de cor, raça, orientação sexual, entre outros, exceto os casos devidamente justificados de proteção à saúde pública”.

A lei também diz que “é proibido dificultar ou aplicar requisitos mais rígidos baseados exclusivamente pela orientação sexual dos indivíduos, sendo vetada a diferenciação dos critérios para quem manteve relações sexuais com pessoas do mesmo sexo”.

Apesar da nova legislação, o Espírito Santo, na prática, já havia acabado, desde junho do ano passado, com a restrição a esse grupo para doação de sangue. A decisão da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), de não levar mais em consideração a orientação sexual do doador no ato da doação, foi tomada com base em uma orientação do Ministério da Saúde.

De acordo com a Sesa, desde então, os hemocentros do Espírito Santo já seguem essa recomendação e, no questionário de doação, não há mais a pergunta que envolvia a orientação sexual do doador.

STF considerou discriminatória restrição a homossexuais

No dia 8 de junho do ano passado, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) revogou a determinação que restringia a doação de sangue por homossexuais do sexo masculino. O ato cumpriu determinação do Supremo Tribunal Federal (STF), que considerou o impedimento discriminatório.

Segundo a medida revogada, homens que mantiveram relações sexuais com outros homens nos últimos 12 meses eram considerados inaptos para doações. 

Em julgamento realizado em maio do ano passado, o STF decidiu que a restrição é inconstitucional. Sobre o tema, a maioria do ministros acompanhou o relator, Edson Fachin. 

Em seu voto Fachin destacou que não se pode negar a uma pessoa que deseja doar sangue um tratamento não igualitário, com base em critérios que ofendem a dignidade da pessoa humana. 

O ministro acrescentou que, para a garantia da segurança dos bancos de sangue, devem ser observados requisitos baseados em condutas de risco e não na orientação sexual para a seleção dos doadores, pois configura-se uma “discriminação injustificável e inconstitucional”.


(*Agência Brasil e Folha Vitória)

 

Comente Abaixo
Entretenimento3 minutos atrás

Fátima Bernardes já tem data para retornar ao “Encontro”

Reprodução/Instagram Fátima Bernardes, apresentadora da Globo Afastada para realizar uma cirurgia no ombro, Fátima Bernardes, de 59 anos , já...

Entretenimento3 minutos atrás

Grazi Massafera nega foto com fã em shopping: “Não estou bem”

Instagram Grazi Massafera Grazi Massafera, de 39 anos, chamou atenção do público ao negar posar para uma foto na tarde...

Polícia Federal3 minutos atrás

PF deflagra a segunda fase da Operação Encilhamento

Varginha/MG – A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira, 27/10, a Operação Encilhamento II, no combate a grupo criminoso especializado em...

Polícia Federal3 minutos atrás

Operação Desolata desarticula organização criminosa especializada em extração e comércio ilegal de ouro no sul do Pará

Belém/PA – A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (27/10) a Operação Terra Desolata, objetivando desarticular organização criminosa especializada em extração...

Política3 minutos atrás

Proposta para regularizar dívida rural entre as urgências

Proposta para regularização de dívidas de produtores rurais é uma das 10 matérias que tramitam em urgência nesta quarta-feira (27)....

Economia3 minutos atrás

Relator do Auxílio Brasil diz que equipe econômica está em silêncio e perdida

Agência Câmara Relator do Auxílio Brasil diz que equipe econômica está em silêncio e perdida O relator da Medida Provisória...

Saúde28 minutos atrás

SP antecipa segunda dose da AstraZeneca para oito semanas

O intervalo de aplicação da segunda dose da vacina AstraZeneca passou de 12 para oito semanas no estado de São...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!