conecte-se conosco



Economia

Nova greve dos Correios é marcada para terça-feira

Publicado

em

 

 

source
correios
Arquivo/Agência Brasil

Greve dos Correios é marcada depois de proposta de cortes e posições do presidente da estatal

Os funcionários dos  Correios confirmaram uma greve a partir da próxima terça-feira (4), em resposta ao corte de direitos trabalhistas da categoria. O presidente dos Correios, Floriano Peixoto, chamou de “benefícios” os direitos dos correios, e defende cortes e mudanças à categoria como forma de contenção de gastos em meio à crise da pandemia. 

A Federação Nacional dos Trabalhadores da Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect) respondeu Floriano em nota.”Trabalhadores dos Correios têm os menores salários entre todas as estatais, com o início de carreira de R$ 1,7 mil, enquanto a elite dos Correios vem praticando salários para indicações políticas. Apenas com o salário do presidente Floriano Peixoto, o custo anual chega a R$ 1.128 milhão”, disse a Federação.

Em meio à crise, a diretoria dos Correios pretende fazer cortes. Se for aprovada, a mudança proposta vai reduzir o adicional de férias, o adicional noturno, a licença maternidade, entre outras concessões. A indenização por morte ou invalidez e o pagamento de multas dos funcionários serão cortados se a mudança for firmada.

O governo federal vê a  greve como um agravante para a economia, afetada pela pandemia de Covid-19. A visão da cúpula dos Correios é que esses benefícios devem ser cortados com a queda na economia e o aumento do desemprego. 

A redução financeira anual com os cortes de direitos é estimada, pela direção dos Correios, em R$ 600 milhões. O  presidente da instituição, Floriano Peixoto, falou à Revista Veja que os correios “Têm benefícios extra-CLT, e a gente entende que são bastante diferenciados dentro da realidade brasileira. Tem de ficar clara a diferença entre direitos e benefícios.”

Após a publicação da entrevista na última sexta (24) a Federação dos Correios divulgou uma nota de repúdio às falas de Peixoto, além de se posicionar contra a  privatização da estatal, que tem sido citada por Paulo Guedes e Bolsonaro.

Na quinta-feira (30), os sindicatos que integram a Federação enviaram um comunicado ao presidente da estatal, Floriano Peixoto. Na mensagem, a categoria confirmava a greve por tempo indeterminado, já que não teve “suas reivindicações atendidas pela empresa na mesa de negociação”.

A estatal, em seguida, respondeu. “Certa do compromisso e da responsabilidade de seus empregados com a população e o país, espera que a adesão a uma possível paralisação, se houver, seja ínfima e incapaz de prejudicar o serviço postal e os brasileiros”, diz a empresa.

O governo federal quer levar a questão para o Tribunal Superior do Trabalho (TST) para impedir a greve.


Fonte: IG ECONOMIA

Comente Abaixo
Nacional42 minutos atrás

Sol entre nuvens e chuva nesta quarta em São Paulo

Reprodução/CreativeCommons/Spraf Previsão do tempo desta quarta (20) é de sol entre nuvens e pancadas de chuva ao entardecer Sol entre...

Economia4 horas atrás

Por 500 milhões de euros, Ibéria compra Air Europa

Guilherme Dotto Por 500 milhões de euros, Ibéria compra Air Europa Na noite desta terça-feira (19), a Iberia e o...

Entretenimento6 horas atrás

Mariana Rios posa de biquíni e coloca o corpão para jogo: “perfeição”

Nas últimas semanas, a atriz Mariana Rios ferveu o clima das redes sociais, ao divulgar uma foto quentíssima. Na ocasião, a gata...

Nacional6 horas atrás

Sete pessoas da mesma família morrem por falta de oxigênio

Elas tinham sintomas de Covid-19 e estavam internadas em um hospital do estado do Pará, que ficou sem tanques de...

Esportes6 horas atrás

Pesquisa aponta Flamengo e Corinthians como as torcidas mais ‘reclamonas’

Torcedores das maiores torcidas do país são os mais exigentes Rio – No Brasil, o futebol é paixão e movimenta...

Estadual6 horas atrás

Vacina Covid-19 | Veja quantas doses cada município do ES recebeu

Com as vacinas recebidas pelo Espírito Santo nesta segunda, o governo estadual prevê a vacinação de 48 mil pessoas, entre...

Estadual6 horas atrás

Comércio poderá funcionar durante Carnaval, informa Fecomércio-ES

A Fecomércio destaca que o empregador pode estabelecer o trabalho normal do empregador ou negociar com os funcionários a dispensa...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!