conecte-se conosco



Nacional

No semiaberto, homem preso por pedofilia estupra filha de 11 anos

Publicado

em

Vítima estava tomando banho quando o homem invadiu o ambiente e obrigou ela a fazer sexo

Um homem de identidade não revelada foi preso na cidade de Goiânia, em Goiás, após estuprar a própria filha, de 11 anos, dentro de casa. O suspeito já cumpria regime semiaberto por ter estuprado o irmão da garota, enteado dele, no ano de 2013. Na época, a outra vítima também tinha 11 anos. 

“Ela estava no banheiro, tomando banho, quando o pai invadiu o ambiente e obrigou ela à prática de conjunção carnal . Depois disso ele ainda levou ela ao quarto e continuou com a prática da violência sexual”, afirmou a delegada, Ana Elisa Gomes, em entrevista à TV Anhanguera.

Segundo a delegada, a  menina saiu de casa escondida após o abuso e pegou um ônibus para a igreja na qual a mãe estava com os irmãos dela. Ela contou sobre o crime e a mulher esperou o dia amanhecer para ir à delegacia e fazer a denúncia.

O homem, que cumpria 14 anos de prisão, passou cinco em regime fechado e progrediu ao semiaberto, trabalhando no complexo prisional e dormindo em casa. Ele foi preso em flagrante por estupro de vulnerável dentro do complexo prisional e chegou a tentar fugir após perceber a ação dos policiais.

 A menina recebeu atendimento médico e passou por acompanhamento psicológico na Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente de Goiânia. No ano de 2013, quando o pai dela foi preso pela primeira vez, ela foi uma das testemunhas do abuso  sexual sofrido pelo irmão.

Comentários do Facebook

Nacional

Detento infectado pelo novo coronavírus foge de hospital em Goiânia

Publicado

em


source
fachada do Hospital de Urgências de Aparecida de Goiânia (Huapa)
Divulgação

O homem foragido estava internado no Hospital de Urgências de Aparecida de Goiânia (Huapa)


Na madrugada da última terça-feira (23), um  detento que cumpria pena por homicídio em Goiânia, em Goiás, fugiu do Hospital de Urgências de Aparecida de Goiânia (Huapa). Ele estava internado pois foi diagnosticado com a Covid-19, doença transmitida pelo novo coronavírus . A identidade do homem não foi identificada.


O homem deu entrada no Huapa no último dia 15 e apresentava sintomas da Covid-19 . O diagnóstico foi confirmado após a realização de hemogramas e exame de imagem.

O detento estava isolado em na enfermaria do hospital e era supervisionado por agentes penitenciários. Ele cortou a rede de proteção da janela e fugiu das instalações.

O hospital emitiu uma nota em que explica que a equipe de enfermagem que prestava atendimento ao detento não o encontrou no leito. A ausência do paciente foi levada diretamente aos agentes que o acompanhavam.

“A direção informa ainda que a unidade adotou as medidas administrativas cabíveis e necessárias pertinentes ao caso”, informou o documento.

Segundo a Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), o caso está sob apuração e as devidas providências serão tomadas. O órgão também emitiu nota de esclarecimento.

“De imediato, foram notificadas as forças policiais para realização das buscas pelo detento que evadiu do local. A ocorrência, sob investigação da Polícia Civil, será apurada também internamente pela DGAP. As apurações da DGAP vão apontar as responsabilizações, na esfera administrativa, relacionadas aos servidores que estavam na vigilância do detento”, informou.

Comentários do Facebook
Continue lendo

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!