conecte-se conosco



Carros e Motos

Nissan Versa que virá ao Brasil começa a ser feito em março

Publicado

em

source
Nissan Versa arrow-options
Divulgação

Nissan Versa da nova geração terá vários pontos em comum com o SUV Kicks com o rival Chevrolet Onix Plus na mira

A Nissan não vai ficar de fora da briga dos sedãs compactos no Brasil, encabeçada pelo novo Chevrolet Onix Plus. A nova geração do Versa virá do México, onde as primeiras unidades destinadas ao mercado brasileiro começam a ser montadas em março. Depois disso, em junho, o carro chegará às lojas por aqui.

 LEIA MAIS: Nissan confirma chegada do novo Versa ao Brasil até meados de 2020

O novo Nissan Versa terá muito do Kicks feito em Resende (RJ), inclusive do visual. A frente é bem parecida, mas harmoniza com a traseira, de forma que o resultado final deverá agradar. Portanto, o desenho do carro será um dos seus principais atrativos, com vincos laterais que dão um aspecto esportivo ao carro.

 Por dentro, a sensação será bem próxima de estar em um Kicks . O painel é praticamente o mesmo, assim como outros detalhes como cluster, botão de partida, console central, central multimídia, volante, alavancas da coluna central, entre outros detalhes.

No conjunto mecânico, é possível que o motor 1.6 flex receba alguns ajustes para aumentar a potência para 120 cv e tornar o funcionamento mais suave e com menos atrito entre os partes internas, o que também deverá contribuir com o consumo. Além disso, haverá no novo sedã compacto a opção de câmbio manual ou automático, do tipo CVT.

 LEIA MAIS: O novo Nissan Versa que virá ao Brasil em 2020 fica mais caro nos Estados Unidos

Para ficar com nível de sofisticação compatível com o do Onix Plus, o novo Nissan Versa deverá ter disponível itens como alertas de ponto cego, tráfego cruzado e colisão traseira, bem como câmera de ré com visão de 360 graus, entre outros equipamentos. Junto com o novo Versa continuará sendo vendido o atual, mas com outro nome: V-Drive.

Fonte: IG CARROS

Comentários do Facebook

Carros e Motos

Cinco variações do Chevrolet Vectra que não tivemos no Brasil

Publicado

em


source

Lançado na Europa em 1988 como o substituto do Opel Ascona (como era conhecido o Monza no mercado europeu), o Opel Vectra acabou se tornando um produto internacional, sendo vendido também com as marcas Holden (Austrália) e Chevrolet (América Latina).

No mercado europeu, o modelo de porte médio-grande seria produzido em três gerações e ficaria em linha até 2008. No Brasil, o Vectra chegou em 1993, com produção na fábrica de São Caetano do Sul (SP). O modelo estava disponível apenas na carroceria sedã e com motores 2.0 de 8 e 16 válvulas.

Mas não tivemos por aqui a terceira geração do carro europeu, já que o nome Vectra acabou sendo usado entre 2005 e 2011 por um sedã e hatch baseados no médio Astra. Também passaram longe do Brasil outras variações de carroceria como a station wagon e a notchback , e os carros equipados com motores V6. Confira alguns Vectra que nunca chegaram às concessionárias brasileiras.

 1- Vectra Turbo 4×4

Opel Vectra Turbo 4x4
Divulgação

Opel Vectra Turbo 4×4: até mais interessante que o GSi que tivemos no Brasil, com motor aspirado de 150 cavalos, o mesmo do cupê Calibra


O Opel Vectra de primeira geração teve uma curiosa versão que combinava o sistema de tração 4×4 com uma versão turbo do motor 2.0 16V usado no GSi vendido no Brasil, que era capaz de desenvolver 204 cv.

Com este conjunto, o sedã acelerava de 0 a 100 km/h 6,8 segundos e atingia os 240 km/h. No Brasil, o Opel Vectra Turbo 4×4 ficou conhecido como o safety car do GP de San Marino de 1994, onde morreu o tricampeão de Fórmula 1 Ayrton Senna .

 2- Vectra Caravan

Vectra
Divulgação

Opel Vectra Caravan: a perua poderia ter vindo ao Brasil como um carro para família com apelo esportivo, diferente as minivans, como a Zafira


Uma das novidades da segunda geração do Vectra na Europa (onde foi lançado em 1995, um ano antes do Brasil) foi a carroceria Station Wagon.

Vendida com o nome de Vectra Caravan, seguiu como uma das opções da linha até o fim do modelo no mercado europeu.

3 – Vectra V6

Vectra
Divulgação

Opel Vectra i500: imagine o deleite que é assumir o volante desse belo sedã com o V6 roncando forte, algo que ficamos apenas na vontade


No mercado brasileiro, o Vectra de segunda geração foi oferecido com motores 2.0 e 2.2, de 8 ou 16 válvulas. Mas nenhum deles com mais de quatro cilindros.

Essa era uma exclusividade do modelo europeu. o 2.5 V6 era a opção mais potente da linha e chegou a ser oferecido na edição limitada i500, calibrado para desenvolver 195 cv.

 4 – Vectra “C”

Vectra
Divulgação

Opel Vectra “C” com essa pintura azul erada versão esportiva OPC, com desempenho de tirar o fôlego


A terceira geração do Vectra, conhecida também como Vectra “C”, foi mostrada na Europa em 2002, três anos antes do fim do Vectra “B” no Brasil.

Na época, uma das razões para a “não-vinda” desse carro ao mercado brasileiro foi o tamanho. Feito sobre uma nova base, o Vectra tinha se tornado um modelo de porte grande. A station Caravan era maior até do que a Chevrolet Omega Suprema feito no Brasil nos anos 1990.

 5 – Vectra “D”

Insignia
Divulgação

Opel Insignia ficou sofisticado demais para o mercado no Brasil, onde a GM deixou de ter modelos baseados na linha Opel alemã


Na Europa, o Vectra foi substituído em 2008 pelo Opel Insignia . Mas em alguns mercados da América Latina a General Motors decidiu seguir usando o nome Chevrolet Vectra no novo modelo.

Essa decisão do grupo americano fez com que, entre 2009 e 2011, houvessem dois Chevrolet Vectra à venda no mercado latino: o europeu Insignia rebatizado e o brasileiro baseado no Astra.

Fonte: IG CARROS

Comentários do Facebook
Continue lendo
Internacional42 minutos atrás

Covid-19 atinge marca de 1 milhão de mortes em todo o mundo

Foto: Eduarda Esteves/iG Confira os números da Covid-19 nos países mais afetados O mundo atingiu hoje (27) a marca de...

Mulher57 minutos atrás

Shantal Verdelho é criticada por usar roupa de “menina” no filho: “Evoluam”

Uma foto em que a influenciadora digital Shantal Verdelho aparece com o filho gerou grande repercussão nas redes sociais. Tudo...

Policial2 horas atrás

Dois homens foram detidos com armas e drogas pela Polícia Militar em Vila Velha

. A equipe da Força Tática da 13ª Companhia Independente prendeu dois indivíduos em posse de uma arma de fogo,...

Entretenimento2 horas atrás

Giulia Be aparece entre as cinco cantoras mais tocadas do Brasil; veja o ranking

Com apenas 21 anos, a cantora Giulia Be já mostrou a que veio e seu trabalho na música não para...

Mulher3 horas atrás

Fernanda Lima amamenta a filha após voltar de viagem: “Finalmente nossa hora”

A apresentadora Fernanda Lima compartilhou um momento entre mãe e filha na noite de sábado (26) no Instagram. Ela apareceu...

Economia3 horas atrás

Condomínio atrasado? Projeto de lei limita a 10% os juros cobrados; entenda

iStock O texto hoje em vigor do Código Civil autoriza a cobrança de juros moratórios superiores a 1% ao mês,...

Entretenimento3 horas atrás

Victor Sarro passa mal em gravação na Record e é internado às pressas

O humorista Victor Sarro passou por um susto enquanto gravava o programa “Hora do Faro”, na Record TV. Ele passou...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!