conecte-se conosco


Mundo

Navio de resgate com 42 imigrantes a bordo fura bloqueio na Itália

Publicado

em

migrante em navio
Sea-Watch
“Decidi entrar no porto. Sei o que risco que estou tomando, mas os 42 náufragos a bordo estão esgotados. Vou levá-los a um lugar seguro”, disse a capitã do navio

Um navio da ONG alemã Sea Watch anunciou nesta quarta-feira que furou o bloqueio das águas territoriais italianas e que irá desembarcar 42 migrantes e refugiados  no porto de Lampedusa, na Itália , mesmo sem permissão.

A decisão contraria o decreto do vice primeiro-ministro Matteo Salvini, que prevê multa para embarcações que resgatem imigrantes  no mar. No Twitter, a capitã do Sea-Watch 3, Carola Rackete, de 31 anos, disse que está ciente do risco que corre, mas que a decisão foi motivada pelo estado de saúde delicado dos resgatados. “Decidi entrar no porto de Lampedusa. Sei o que risco que estou tomando, mas os 42 náufragos a bordo estão esgotados. Vou levá-los a um lugar seguro”, escreveu.

Antes de ultrapassar o limite das águas italianas, a embarcação, com uma bandeira holandesa, navegou ao longo do bloqueio por dez dias. A Sea Watch chegou a entrar com um pedido de medida cautelar no Tribunal Europeu dos Direitos Humanos , exigindo que a Itália abrisse seus portos por motivo de emergência. Apesar de rejeitar o pedido, o órgão pediu que Roma “continuasse a prestar a assistência necessária” às pessoas vulneráveis a bordo.

Conforme determina um novo decreto de Salvini , aprovado há duas semanas, a capitã do barco e os responsáveis pela ONG podem responder a ações judiciais e receber multa de até 50 mil euros, além de ter o navio apreendido.

Em resposta ao anúncio da Sea Watch, o vice primeiro-ministro italiano publicou um vídeo no Facebook, em que acusa a entidade de fazer um “sórdido joguinho político” e diz que os governos da Alemanha e da Holanda “responderão” pela “indiferença demonstrada”.
“Vamos usar todos os meios democraticamente permitidos para bloquear este insulto ao direito e às leis”, ameaçou Salvini.

No ano passado, Salvini, que é chefe do partido de ultradireita Liga, entrou em conflito com ONGs de direitos humanos após decidir fechar os portos da Itália a embarcações de resgate humanitário. De acordo com a lei internacional, o resgate de náufragos em águas internacionais é obrigação das embarcações que estiverem por perto.

Neste ano, quase 350 pessoas já morreram durante travessias no Mediterrâneo, segundo estimativas da ONU. 

Fonte: IG Mundo
Comentários do Facebook
Leia mais:  Vídeo mostra Macron e Piñera criticando Bolsonaro: “Não é atitude de presidente”
publicidade

Mundo

Conheça kaluta, o marsupial que morre após ‘orgia sexual’ de 14h

Publicado

em

source
Kaluta arrow-options
Reprodução
Machos da espécie copulam com diversas fêmeas, em uma verdadeira ‘orgia sexual’, antes de caírem mortos

O Dasykaluta rosamondae, ou apenas kaluta, é uma espécie bastante incomum de marsupial. Encontrado nas áridas regiões do noroeste da Austrália, este pequeno roedor tem uma vida curta, mas bastante agitada: os machos morrem após uma verdadeira ‘orgia sexual’ que pode durar até 14h.

Leia também: Projeto Ártemis: conheça a audaciosa missão dos EUA para colonização da lua

Uma pesquisa recente, realizada por cientistas de duas universidades da Austrália e publicada no Jornal da Zoologia, apontou que o kaluta é semélpare, seres que copulam apenas uma vez antes de morrer, algo bastante raro no reino animal e que é comumente encontrado em invertebrados. Ou seja: para os machos, a relação sexual é como uma sentença de morte.

“Nós descobrimos que os machos só copulam durante uma temporada extremamente específica, de forma bastante sincronizada entre todos os espécimes. Depois, eles simplesmente morrem”, afirmou a ecologista Genevieve Hayes, uma das responsáveis pelo estudo.

O grupo monitorou os hábitos de reprodução dos kalutas no Parque Nacional Millstream Chichester, no noroeste australiano, entre os anos de 2013 e 2014. Nas duas temporadas, eles observaram a completa extinção dos machos da espécie. O comportamento já havia sido constatado em cativeiro, mas esta foi a primeira vez que foi acompanhado na natureza.

De acordo com o estudo, o kaluta atinge sua maturidade sexual com apenas dez meses e tem cerca de uma ou duas semanas durante o mês de setembro para realizar seu processo de reprodução. É neste momento que ele encontra as fêmeas e realiza a cópula, que pode ter diversas parceiras e durar até 14h. Então, morre de exaustão.

Leia mais:  Após semana de polêmicas, Bolsonaro exalta “soberania da Amazônia”

“É uma morte inevitável por estresse crônico. Geralmente, a causa da morte é uma ulceração do trato intestinal, que começa a jorrar sangue e acaba levando a uma falência múltipla de órgãos”, revela Christopher Dickman, professor de ecologia terrestre da Universidade de Sydney, em entrevista ao jornal norte-americano The New York Times.

Leia também: Câmera em capacete flagra homem caindo de penhasco; veja vídeo

A explicação para isso, segundo Dickman, é o fato de que os machos param de produzir esperma um ou dois meses antes do início da época de acasalamento e começam a produzir grandes quantidades de testosterona e corticosteróides , o que acaba por suprimir seu sistema imunológico exatamente durante a cópula, levando todo seu organismo ao limite do estresse.

Apesar de trágica, a forma como a reprodução acontece entre os kalutas é extremamente satisfatória. As fêmeas, que conseguem guardar o esperma por até duas semanas, acasalam com diversos parceiros, garantindo assim que os óvulos serão fecundados mesmo quando a temporada de acasalamento já se encerrou e todos os machos estão mortos.

Fonte: IG Mundo
Comentários do Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie
Economia26 minutos atrás

10 mitos e verdades sobre a segurança no investimento em criptomoedas

Fonte: IG Economia Comentários do Facebook Leia mais:  Mulher põe à venda próteses de silicone de segunda mão

Direto de Brasília27 minutos atrás

Operação no Complexo do Alemão deixa quatro mortos e um PM ferido

arrow-options Bruno Itan/ Coletivo Alemão Segundo a Polícia, operação no Complexo do Alemão era para combater o tráfico de drogas...

Direto de Brasília27 minutos atrás

Reguffe se filia ao Podemos depois de ficar três anos em mandato sem partido

arrow-options Divulgação Reguffe se filia ao Podemos após três anos sem partido O senador Reguffe (DF) aderiu nesta quarta-feira (18) ...

Direto de Brasília27 minutos atrás

“De forma nenhuma fomos traídos pelo Senado”, diz Rodrigo Maia

arrow-options MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL “De forma nenhuma fomos traídos pelo Senado”, diz Rodrigo Maia O presidente da Câmara, Rodrigo Maia...

Direto de Brasília27 minutos atrás

Entidades pedem para Maia evitar ‘retrocessos’ sobre projeto dos partidos

arrow-options Aloisio Mauricio/Fotoarena/Agência O Globo – 26.8.19 Rodrigo Maia garantiu na última terça-feira (17) que manteria o projeto original Entidades...

Direto de Brasília27 minutos atrás

Conselho de Ética e Decoro do Senado é instaurado com sete meses de atraso

arrow-options Marcos Oliveira/Agência Senado Davi Alcolumbre anuncia a instauração do Conselho de Ética e Decoro do Senado O presidente do...

Tecnologia1 hora atrás

Novos produtos da Huawei vazam antes de serem apresentados; confira

arrow-options shutterstock Confira os novos produtos da Huawei. A Huawei realizará amanhã (19) um evento em Berlim para apresentar vários...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana