conecte-se conosco


Mundo

Navio de resgate com 42 imigrantes a bordo fura bloqueio na Itália

Publicado

em

migrante em navio
Sea-Watch
“Decidi entrar no porto. Sei o que risco que estou tomando, mas os 42 náufragos a bordo estão esgotados. Vou levá-los a um lugar seguro”, disse a capitã do navio

Um navio da ONG alemã Sea Watch anunciou nesta quarta-feira que furou o bloqueio das águas territoriais italianas e que irá desembarcar 42 migrantes e refugiados  no porto de Lampedusa, na Itália , mesmo sem permissão.

A decisão contraria o decreto do vice primeiro-ministro Matteo Salvini, que prevê multa para embarcações que resgatem imigrantes  no mar. No Twitter, a capitã do Sea-Watch 3, Carola Rackete, de 31 anos, disse que está ciente do risco que corre, mas que a decisão foi motivada pelo estado de saúde delicado dos resgatados. “Decidi entrar no porto de Lampedusa. Sei o que risco que estou tomando, mas os 42 náufragos a bordo estão esgotados. Vou levá-los a um lugar seguro”, escreveu.

Antes de ultrapassar o limite das águas italianas, a embarcação, com uma bandeira holandesa, navegou ao longo do bloqueio por dez dias. A Sea Watch chegou a entrar com um pedido de medida cautelar no Tribunal Europeu dos Direitos Humanos , exigindo que a Itália abrisse seus portos por motivo de emergência. Apesar de rejeitar o pedido, o órgão pediu que Roma “continuasse a prestar a assistência necessária” às pessoas vulneráveis a bordo.

Conforme determina um novo decreto de Salvini , aprovado há duas semanas, a capitã do barco e os responsáveis pela ONG podem responder a ações judiciais e receber multa de até 50 mil euros, além de ter o navio apreendido.

Em resposta ao anúncio da Sea Watch, o vice primeiro-ministro italiano publicou um vídeo no Facebook, em que acusa a entidade de fazer um “sórdido joguinho político” e diz que os governos da Alemanha e da Holanda “responderão” pela “indiferença demonstrada”.
“Vamos usar todos os meios democraticamente permitidos para bloquear este insulto ao direito e às leis”, ameaçou Salvini.

No ano passado, Salvini, que é chefe do partido de ultradireita Liga, entrou em conflito com ONGs de direitos humanos após decidir fechar os portos da Itália a embarcações de resgate humanitário. De acordo com a lei internacional, o resgate de náufragos em águas internacionais é obrigação das embarcações que estiverem por perto.

Neste ano, quase 350 pessoas já morreram durante travessias no Mediterrâneo, segundo estimativas da ONU. 

Fonte: IG Mundo
Comentários do Facebook
Leia mais:  Mais dois alpinistas morrem no Everest; Número sobe para dez na temporada
publicidade

Mundo

Polícia encontra míssil em arsenal de guerra de grupos neonazistas na Itália

Publicado

em

Míssil ar-ar de 800 kg estava junto a fuzis
Polizia di Stato/Divulgação
Míssil estava entre os armamentos encontrados pela polícia

A polícia da Itália encontrou nesta segunda-feira (15) um arsenal com armas de guerra, um míssil e fuzis automáticos de última geração pertencentes a movimentos de extrema-direita e neonazistas . Os artefatos foram encontrados em uma operação realizada no norte do país. Três pessoas foram presas.

Um dos detidos é o italiano Fabio Del Bergiolo, de 50 anos, ex-inspetor antifraude e ex-candidato ao Senado, em 2001, pelo partido nacionalista Força Nova. Na casa de Bergiolo, em Varese, na Lombardia, as autoridades encontraram um verdadeiro arsenal de guerra, com armas de proveniência austríaca, alemã e norte-americana.

Os outros dois detidos são Michele Monti e Fabio Amalio Bernardi, proprietários de um hangar em Rivanazzano Terme, onde foi encontrado um míssil ar-ar de 800 kg usado pelas Forças Armadas do Qatar e avaliado em meio milhão de euros.

A operação, conduzida pelo Serviço Antiterrorismo da Itália e pela Divisão de Investigações Gerais e Operações Especiais (Digos) de Turim, teve como alvo membros de organizações de extrema-direita e começou a partir de uma investigação sobre combatentes italianos na guerra da Ucrânia.

A polícia vinha investigando dois jovens ligados às legendas Força Nova e Casa Pound, além e grupos de skinheads que promovem o nazismo. Através de seus contatos e ramificações, as autoridades italianas encontraram uma série de movimentos neofascistas e o arsenal de guerra. Eles atuam em várias cidades do norte da Itália, como Turim. 

Fonte: IG Política
Comentários do Facebook
Leia mais:  Vídeo flagra tentativa de fuga durante incêndio em prédio de Bangladesh
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie
Nacional25 minutos atrás

Homem mata mulher após briga por causa de barulho de sanfona

O caso ocorreu em Lavras, no sul de Minas Gerais. A vítima foi morta a facadas e golpes de madeira...

Nacional32 minutos atrás

Influencer morre ao cair do 9° andar um dia após se casar sozinha

Reprodução A influenciadora digital e youtuber Alinne Araújo, 24 anos, morreu nesta segunda-feira (15) ao cair do nono andar do...

Variedades41 minutos atrás

Propaganda de açougue com foto de mulher causa polêmica em Portugal

Uma propaganda viralizou e causou indignação nos portugueses Nesta segunda-feira (15), uma foto de uma propaganda em um açougue de...

Polícia Federal45 minutos atrás

Operação Especialista combate grupo criminoso agia contra agências bancárias e estabelecimentos

Natal/RN – A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (16/7) a Operação Especialista, para desarticular grupo criminoso que praticou crimes de...

Polícia Federal45 minutos atrás

PF combate o tráfico internacional de opioide

Florianópolis/SC – A Polícia Federal, em cooperação com a agência norte americana de combate a drogas (DEA), deflagrou nesta terça-feira...

São Mateus49 minutos atrás

Carro é flagrado a 187 km/h na BR-101 em São Mateus

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o excesso de velocidade é a 2ª maior causa de morte nas...

Economia2 horas atrás

Vale assina acordo para indenizar famílias de funcionários mortos em Brumadinho

arrow-options Agência O Globo Acordo garantirá R$ 700 mil para cada família que perdeu um ente na tragédia em Brumadinho...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana