conecte-se conosco



Política

Não vai votar? Saiba como justificar pelo app, site ou presencialmente

Publicado

em

 

 

source
urna
Senado Federal/Divulgação

Você sabe como justificar seu voto pelo app, site ou presencialmente? Descubra

Neste ano, devido à pandemia de Covid-19 (Sars-Cov-2) e as regras de distanciamento social, ficou mais fácil justificar seu voto, caso você não consiga participar do  pleito eleitoral no dia 15 e 29 de novembro, em locais que tiverem segundo turno. Agora, a justificativa poderá ser feita de maneira simples pelo site do TSE ou pelo aplicativo ‘E-título’. Veja, na sequência, como fazer sua justificativa de maneira rápida e simples. 

Para justificar seu voto pelo  site do TSE é simples. Basta entrar no site e ir até a opção de justificativa eleitoral. Se preferir, você pode  clicar aqui. Para justificar o voto, o eleitor deverá informar os dados pessoais (exatamente como registrados no cadastro eleitoral), declarar o motivo da ausência e anexar documentação comprobatória digitalizada, que pode ser seu RG, por exemplo.  

tse
TSE/Reprodução – site tse

Como justificar pelo aplicativo? 

Além do site, existe ainda uma opção ainda mais prática para realizar sua justificativa eleitoral, caso não consiga ir às urnas no dia do pleito, que é pelo aplicativo ‘E-título’.  

Por enquanto, o aplicativo só aceita as justificativas depois do dia da votação, como também ocorre no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mas a Justiça Eleitoral ainda trabalha em uma atualização que irá permitir a justificativa nos dias de eleição, em novembro. 

E para fazer sua justificativa pelo app é muito fácil. Veja o passo a passo a seguir: 

  1. Baixe o aplicativo em seu celular 
  2. Faça o cadastro no aplicativo 
  3. Vá em “mais opções” 
  4. Clique em “justificativa de ausência” 
  5. Depois, o usuário terá que preencher qual eleição gostaria de justificar sua ausência (a eleição de 2020 estará disponível), sua justificativa para não ter votado e o seu e-mail 
  6. Por último, o usuário terá que anexar documentos que provem que a justificativa para ausência na eleição é verdadeira. Após isso, a solicitação será julgada pela Justiça Eleitoral 

tse
TSE/Reprodução – E-título

Justificativa presencial  

Para quem ainda prefira justificar presencialmente, no dia da votação você pode se dirigir a qualquer seção eleitoral no horário entre 7h às 17h, e solicitar um formulário. Você deve preencher o documento com as suas informações e apresentar seu título de eleitor e/ou documento de identidade com foto. 

O que acontece se eu não justificar? 

Se o eleitor não justificar o voto, ele não fica com a situação eleitoral regularizada e uma multa é cobrada. O valor é de R$3,51, por cada turno ausente. Caso o cidadão não justifique ou não pague a multa, sua situação não fica regularizada com a justiça eleitoral. 

Dentre as punições, por exemplo, está o impedimento de tirar passaporte ou carteira de identidade, se inscrever em concursos públicos, renovar matrícula em lugares fiscalizados pelo governo, entre outros impedimentos caso a pessoa precise estar em dia com a justiça eleitoral. 

Comentários do Facebook

Política

Governo foi “usado” para tentar anular investigação sobre “rachadinha”

Publicado

em


source
.
Reprodução: iG Minas Gerais

Senador Flavio Bolsonaro


A defesa do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos/RJ) “usou” o Gabinete de Segurança Institucional e outros órgãos do governo federal – com autorização do pai, o presidente Jair Bolsonaro  – atrás de evidências que pudessem dar um fim à apuração sobre o esquema das “rachadinhas” .


O uso do GSI foi confirmado pelos próprios advogados de Flávio, que afirmaram se tratar de “suspeitas de irregularidades das informações” nos relatórios redigidos pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf). Esse órgão federal – que deu início à investigação sobre o senador – recebe, examina e identifica ocorrências suspeitas de atividade ilícita e comunica às autoridades competentes para instauração de procedimentos

O acionamento dessa estrutura governamental foi revelada pela revista Época nesta sexta-feira (23) e confirmada pelos advogados. Ainda de acordo com a publicação, o presidente também estave envolvido no procedimento, contatando o secretário da Receita, José Barroso Tostes Neto, para auxiliar na apuração em favor do filho.

“A defesa do senador Bolsonaro esclarece que levou ao conhecimento do GSI as suspeitas de irregularidades das informações constantes dos Relatórios de Investigação Fiscal lavradas em seu nome, já que diferiam, em muito, das características, do conteúdo e da forma dos mesmos relatórios elaborados em outros casos, ressaltando-se, ainda, que os relatórios anteriores do mesmo órgão não apontavam qualquer indício de atividade atípica por parte do senador”, escreveu a defesa de Flavio em nota oficial.

Os advogados também afirmaram que “o fato foi levado diretamente ao GSI por ter sido praticado contra membro da família do senhor presidente da República”.

Porém, o levantamento do Coaf foi produzido antes de Jair Bolsonaro ter sido eleito. O documento foi divulgado em janeiro de 2018, citando as transações financeiras atípicas de Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

Comentários do Facebook
Continue lendo
Versão Impressa15 minutos atrás

FA 1170 / 24 DE OUTUBRO DE 2020

Comentários do Facebook Post Views: 0

Estadual1 hora atrás

Gestão em tempo de mudança é tema de webinário promovido pela Enfam

O desembargador do TJES Samuel Meira Brasil Júnior participa do evento virtual como mediador. A Escola Nacional de Formação e...

Estadual1 hora atrás

Campanha de adoção do TJES “Esperando Por Você” tem 3 novos participantes

Os irmãos Geisiane, Kaique e Iago têm alegria e irreverência como características marcantes. 37O Tribunal de Justiça do Espírito Santo...

Estadual1 hora atrás

Projeto Mulher Superando o Medo terá primeira turma de alunas surdas

O Projeto busca promover o atendimento psicossocial e a autonomia financeira de mulheres vítimas de violência. A sétima turma do...

Estadual1 hora atrás

Sistema PJe do Poder Judiciário Estadual será atualizado para nova versão a partir de 28/10

De forma preventiva, os prazos dos processos que tramitam no PJe ficarão suspensos, no período de 28 de outubro a...

Entretenimento1 hora atrás

Nelson Teich aparece bonitão e internautas falam de “desbolsonarização facial”

undefined Nelson Teich Nelson Teich chamou a atenção na internet na última quinta-feira (22) ao surgir em uma live ostentando um novo visual....

Política2 horas atrás

Governo foi “usado” para tentar anular investigação sobre “rachadinha”

Reprodução: iG Minas Gerais Senador Flavio Bolsonaro A defesa do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos/RJ) “usou” o Gabinete de Segurança Institucional e outros órgãos...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!