conecte-se conosco


Nacional

“Não é momento para manifestações duras nem pró nem contra”, afirma Doria

Publicado

em


doria e bolsonaro
Marcos Corrêa/Presidência da República
João Doria não quer que seu capital político seja contaminado por eventuais trapalhadas de Bolsonaro

O governador de São Paulo, João Doria, condenou nesta terça-feira a  manifestação no próximo domingo
contra o Congresso e o Supremo Tribunal Federal (STF). O ato teria supostamente o apoio do presidente Jair Bolsonaro e de aliados. Para o tucano, o protesto é desnecessário e não ajuda na construção de um ambiente de pacificação política.

“Não vejo necessidade dessa manifestação. Eu respeito, mas não há razão para eu estar lá. Nós precisamos de paz, equilíbrio e compreensão neste momento”, disse.

Doria
voltou a pedir esforços para a aprovação da reforma da Previdência. “Não é momento para manifestações duras nem pró nem contra. O Brasil mais do que nunca precisa de paz e a aprovação da reforma da Previdência.”

Não é a primeira vez que o governador manifesta em público divergências em relação ao presidente. No embate entre Bolsonaro e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, em torno da articulação da reforma da Previdência em março passado, Doria apareceu ao lado do deputado para uma entrevista em São Paulo e cobrou de Bolsonaro um gesto de conciliação.

Leia também: Conheça as 10 MPs que podem cair em meio aos impasses do governo com o Congresso

Embora aliado público de Bolsonaro
, Doria tem tentado manter uma postura de independência em relação ao presidente. Candidato em potencial à Presidência da República em 2022, o tucano não quer que seu capital político seja contaminado por eventuais trapalhadas de Bolsonaro.

Neste mês, o tucano defendeu o presidente ao mandar um recado ao prefeito de Nova York, Bill de Blasio, a quem acusou de faltar com a gentileza ao povo brasileiro. O político do Partido Democrata americano iniciou uma disputa de força com Bolsonaro pelas redes sociais dizendo que o brasileiro não era bem-vindo na cidade para o evento.

Leia mais:  Canoístas flagram salto impressionante de baleia no litoral do Rio; assista

Tensão no PSL

Também hoje, o presidente do  PSL
, Luciano Bivar,  disse, em Brasília, que  não vê motivos para a realização de manifestações
convocadas por apoiadores do presidente Jair Bolsonaro.

O partido terá uma reunião à tarde para definir se participa ou não dos protestos que estão marcados para o próximo domingo. O tema gerou brigas internas na bancada do partido e, em meio à escalada de tensão,  a deputada estadual Janaina Paschoal (PSL-SP) anunciou na segunda-feira a correligionários que cogitava deixar a legenda.

As manifestações também sofrem a resistência de parlamentares e grupos, como o Movimento Brasil Livre (MBL), que apontam discurso antipolítico e antiliberal na estratégia. Dividido, o PSL
se reúne  nesta terça-feira para avaliar o apoio aos atos.

Fonte: IG Mundo
Comentários do Facebook
publicidade

Nacional

Léo Pinheiro, ex-presidente da OAS, sai da prisão após três anos

Publicado

em

source
Homem falando em microfone arrow-options
Reprodução/Lava Jato
Léo Pinheiro

Dois dias após homologação do seu acordo de delação premiada, o ex-presidente da OAS, Léo Pinheiro, saiu da prisão na carceragem da Polícia Federal em Curitiba na noite dessa terça-feira (17).

Agora, o executivo da OAS que estava preso desde 2016 será monitorado por uma tornozeleira eletrônica dentro de casa, em São Paulo. Um familiar foi responsável por buscá-lo na capital paranaense. 

Leia também: Ministro Fachin homologa acordo de delação de Léo Pinheiro

“Léo Pinheiro colaborou com a justiça , prestou todos os esclarecimentos devidos, apresentou provas, portanto, fez jus ao direito de cumprir a sua pena na sua residência”, afirmou representante da defesa de Léo, Maria Francisca Accioly, em declaração à colunista Bela Megale.

Fonte: IG Mundo
Comentários do Facebook
Leia mais:  Barco explode e deixa 17 pessoas feridas no Acre
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie
Agricultura34 minutos atrás

ALGODÃO/CEPEA: Exportação elevada enxuga excedente interno e impulsiona valores

Cepea, 18/9/2019 – Os valores internos do algodão em pluma voltaram a registrar ligeiras altas nos últimos dias. Segundo pesquisadores...

Agricultura34 minutos atrás

CAFÉ/CEPEA: Indicador acumula alta de 3,5% na parcial deste mês

Cepea, 18/9/2019 – As cotações do café arábica tiveram forte alta na maior parte dos últimos dias, impulsionadas pelo avanço...

Agricultura34 minutos atrás

ARROZ/CEPEA: Com negociações pontuais, preço se estabiliza

Cepea, 18/9/2019 – O preço do arroz em casca permaneceu praticamente estável no mercado do Rio Grande do Sul nos...

Agricultura34 minutos atrás

TOMATE/CEPEA: Calor resulta em acentuada queda nos preços

Cepea, 18/9/2019 – Os preços do tomate salada longa vida recuaram nos últimos dias na maioria das regiões produtoras. Segundo...

Regional1 hora atrás

Jovem é assassinado com tiros à queima-roupa no interior do ES

Um jovem foi assassinado a tiros, em plena luz do dia, no bairro Vila Nova, em Ecoporanga, na região norte do...

São Mateus1 hora atrás

Damas da Noite e travestis ameaçados por ‘Maníaco da Meia Noite’ em São Mateus

O assassinato do travesti Pitty, que trabalhava em um salão de beleza e à noite frequentava o local, até hoje...

Economia2 horas atrás

Anvisa suspende venda de lenços umedecidos por contaminação: veja marcas

arrow-options Divulgação Lote da marca Huggies Max Clean está entre as suspensas pela Anvisa Dois lotes das marcas  Huggies Max...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana