conecte-se conosco


Política

Mulheres são mais vulneráveis a crimes cibernéticos

Publicado

em

Você já ouviu falar em pornografia de vingança? O termo se refere ao fato de uma pessoa, após o término de um relacionamento, expor imagens íntimas do ex-parceiro. Esse é apenas um exemplo de crime cibernético. De modo geral, as mulheres são as mais vulneráveis a esse tipo de crime. Para falar sobre esse tema, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Crimes Cibernéticos  recebeu o especialista em Tecnologia da Informação Eduardo Pinheiro Monteiro.

De acordo com o pesquisador, as mulheres estão mais vulneráveis aos diversos crimes cibernéticos, incluindo violência psicológica, sexual e patrimonial. Elas foram as vítimas em 86% dos crimes desse tipo no Estado entre os anos de 2016 e 2018.

“Existe uma questão de gênero muito clara. E é preciso registrar que, no caso da pornografia de vingança, esse ato foi tipificado como crime somente em setembro de 2018”, destacou Eduardo Pinheiro, que também é fundador do Núcleo de Repressão aos Crimes Eletrônicos e atuou como chefe de investigação na Delegacia de Crimes Eletrônicos de 2000 a 2013.

A reunião foi presidida pelo deputado estadual Vandinho Leite (PSDB) e contou também com a participação dos deputados Delegado Lorenzo Pazolini (sem partido), Delegado Danilo Bahiense (PSL) e Capitão Assumção (PSL).

Capacitação

Pinheiro defendeu investimento na capacitação da Polícia Civil para investigação de crimes cibernéticos. “O ideal é que toda delegacia tenha uma seção de crime cibernético. Esse tipo de crime não é somente patrimonial ou sexual, por exemplo. É fundamental que existam essas disciplinas na formação do policial, além de capacitação permanente para investigação. Muitas vezes nós esbarramos na falta de capacitação e de estrutura para a resolução de crimes cibernéticos”, explicou.

Leia mais:  Preso, ex-presidente da Alerj estuda a 5ª série do fundamental para reduzir pena

Sobre a capacitação, os parlamentares decidiram buscar junto ao Executivo maneiras de viabilizar esse tipo de aprendizado. “Faremos indicação ao governo para que esse tema seja trabalhado tanto na formação do policial quanto na sua atualização”, disse o deputado Vandinho Leite.

O deputado Lorenzo Pazolini fez coro à demanda. “Nós precisamos fortalecer as políticas públicas de proteção as mulheres, mais vulneráveis e expostas a esse tipo de violência”, afirmou.

Fonte: Assembléia Legislativa do ES

Comentários do Facebook
publicidade

Política

Bolsonaro diz que vetará aumento de pena para injúria na internet

Publicado

em

source

Agência Brasil

Bolsonaro arrow-options
Jornal de Brasília

Bolsonaro afirmou que busca a liberdade de imprensa e, por isso, não concorda com a criminalização


Leia também: “Churrasco não, a carne tá cara”, brinca Bolsonaro em conversa com jornalistas

O presidente Jair Bolsonaro disse neste domingo (15) que vai vetar o artigo que triplica a pena para crimes de injúria cometidos pela internet. A medida está prevista no projeto de lei anticrime, aprovado na semana passada pelo Congresso Nacional.

“Vou vetar aquele artigo que fala em triplicar a pena para crimes na internet, de injúria, calúnia, difamação. Internet é território livre. Eu quero a liberdade de imprensa. Ninguém mais do que eu sou atacado na internet, não é por isso que vou querer achar que tem que criminalizar”, disse, ao deixar o Palácio da Alvorada na manhã deste domingo.

Segundo o presidente, outros possíveis vetos serão discutidos com os ministros do governo.

Leia também: Bolsonaro nega mudanças em ministérios e elogia trabalho de Weintraub

Bolsonaro passa o fim de semana em Brasília, sem compromissos oficiais previstos para hoje. No final da manhã, ele deixou a residência oficial para participar de um almoço no Clube do Exército, em Brasília.

Comentários do Facebook
Leia mais:  Quer se desligar um pouco? WhatsApp começa a testar 'modo férias'. Entenda!
Continue lendo
Entretenimento5 horas atrás

Juiz federal quer processar Netflix por especial de Natal com ‘Jesus gay’

arrow-options Divulgação Especial de Natal do Porta dos Fundos traz Gregório Duvivier como Jesus Cristo e Fábio Porchat como seu...

Entretenimento5 horas atrás

Taty Zatto posa sensualíssima em ensaio fotográfico de lingerie

arrow-options Gutho Oliveira Taty Zatto, por Gutho Oliveira Taty Zatto posou para um ensaio fotográfico com sugestões de lingeries brancas...

Esportes5 horas atrás

Seleção feminina aumenta série invicta e encerra 2019 com vitória

A seleção brasileira de futebol feminino se despediu com vitória da temporada 2019. Neste domingo (15), na Arena da Fonte...

Estadual5 horas atrás

Motorista sofre sequestro relâmpago e suspeito tem traumatismo craniano depois de veículo capotar

Esse é o quarto caso de sequestro a motorista de aplicativo em duas semanas. As primeiras informações dão conta de...

Entretenimento5 horas atrás

Geisy Arruda aparece sem sutiã e empina bumbum gigante de calcinha fio dental

Na tarde deste domingo (15), Geisy Arruda levou os seguidores à loucura ao publicar uma foto pra lá de sensual em seu...

Entretenimento5 horas atrás

Juiz federal quer processar Netflix por especial de Natal com ‘Jesus gay’

Divulgação Especial de Natal do Porta dos Fundos traz Gregório Duvivier como Jesus Cristo e Fábio Porchat como seu namorado...

Entretenimento5 horas atrás

Vidente faz previsões chocantes sobre as cantoras Anitta e Ludmilla em 2020

O vidente Robério de Ogum concedeu recentemente uma entrevista especial para o programa Super Pop e revelou como será o futuro de alguns famosos...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana