conecte-se conosco



Mulher

Mulheres foram as mais atingidas pela Síndrome de Burnout durante a pandemia

Publicado

em


source
Síndrome de Burnout foi mais frequente em mulheres durante a pandemia
Reprodução/Pexels

Síndrome de Burnout foi mais frequente em mulheres durante a pandemia

Mulheres são as que mais sofreram com a sobrecarga na pandemia, acumulando mais tarefas do que os homensO termo “mãe cansada”, inclusive, foi o mais pesquisado pelo Google em 2021.  Agora, um levantamento da Woman in the Workplace, de 2021, indica também que as mulheres foram as mais atingidas pela Síndrome de Burnout durante a pandemia. De acordo com a pesquisa,  42% das mulheres sofrem com sintomas da síndrome de burnout – 10% a mais que 2020. Além disso, uma em cada três pensam em largar ou alterar a carreira por conta do estresse. 

A síndrome de burnout é um distúrbio emocional, geralmente conectado ao trabalho.  Os sintomas variam entre exaustão extrema, estresse, esgotamento físico, dor de cabeça frequente, fadiga, dores musculares e até problemas cardiovasculares. A especialista em fisiologia e bem-estar emocional Débora Garcia explica que diferentes fatores podem contribuir para o burnout. Estes vão desde características do ambiente de trabalho até as particularidades de cada indivíduo. “Uma soma desses fatores pode levar a pessoa a esse esgotamento”.

Para ela, no caso das mulheres, todo o contexto social de sobrecarga feminina explica o aumento de casos do distúrbio. “Essa situação pode impactar no nosso olhar profissional, a sociedade espera da mulher diversas outras funções além do trabalho. São inúmeros papéis na sociedade, na família e a pandemia trouxe ainda uma nova realidade de home office. Tudo isso afeta diretamente nesse aumento expressivo”, detalha a especialista.

A individualidade de cada ser e o diferente funcionamento biológico de cada pessoa também deve ser levado em consideração no momento de avaliar e criar uma rotina emocionalmente saudável. A especialista defende que evitar o burnout é uma tarefa de auto-observação. “Devemos saber identificar os sinais que o corpo dá ao longo da trajetória profissional, uma análise que possa começar a dizer que você pode estar indo por um caminho de exaustão e desmotivação”, aconselha.

Fonte: IG Mulher

Comente Abaixo
Internacional55 minutos atrás

Pais de suspeito de tiroteio em escola de Michigan negam acusações

Uma juíza de Michigan estabeleceu fiança de US$ 500 mil para cada um dos pais de um adolescente acusado de assassinar quatro...

Entretenimento55 minutos atrás

Gio Ewbank e Bruno Gagliasso se hospedam em resort com diárias de R$27,5 mil

Instagram Gio Ewbank e Bruno Gagliasso se hospedam em resort com diárias de R$27,5 mil Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso...

Nacional55 minutos atrás

Bolsonaro faz passeio de moto em Brasília, visita feira e abraça moradores

Reprodução/Twitter Presidente Jair Bolsonaro na motociata O presidente Jair Bolsonaro (PL) fez um passeio de moto, neste sábado (4), e...

Nacional1 hora atrás

Dentista é presa em flagrante após balear marido no interior de SP

Reprodução Tentativa de homicídio na Praia Grande (SP) Uma mulher de 41 anos foi presa em flagrante por balear o...

Internacional1 hora atrás

Biden e Putin farão reunião sobre tensões na Ucrânia

David Lienemann / Official White House / Divulgação Biden e Putin farão reunião sobre tensões na Ucrânia A Casa Branca...

Saúde1 hora atrás

Brasileiros devem redobrar cuidados no verão contra câncer de pele

A campanha deste ano do Dezembro Laranja, promovida pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), quer aliar os cuidados com a...

Política1 hora atrás

Moro e Leite se reúnem uma semana após tucano ser derrotado por Doria em prévias

Reprodução/redes sociais Sergio moro e Eduardo Leite O  pré-candidato à presidência Sergio Moro (Podemos) e o governador do Rio Grande...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!