conecte-se conosco



Nacional

Mulher é presa por quebrar perna da filha de 3 anos

Publicado

em

 

perna da criança quebrada
Reprodução/ND

A jovem de 21 anos está sendo investigada pela Polícia Civil

Uma mulher de 21 anos está sendo investigada pela Polícia Civil como suspeita de ter torturado a filha de apenas três anos em Chapecó, no Oeste de Santa Catarina . De acordo com os policiais, o motivo da tortura teria sido porque a criança não conseguiu acionar a descarga do vaso sanitário. As informações são do portal ND Mais.

De acordo com o portal, nesta terça-feira (06), a Justiça autorizou a prisão preventiva da mulher. 

O caso

A criança foi socorrida e levada ao Hospital Regional do Oeste com uma das pernas quebradas. A situação chamou a atenção da equipe médica da unidade de saúde e, a pedido da DPCAMI (Delegacia da Criança, Adolescente, Mulher e Idoso), a criança passou por um exame de corpo de delito.

Leia também
Tarado do parque sequestra garoto de 16 anos e passa dias estuprando a vítima
Servidora da PF é demitida por vazar informações a traficantes de drogas
Alerta de chuvas intensas e ventos fortes para todo ES
Uma mulher é morta a cada 9 horas no Brasil durante a pandemia: SP e MG lideram

De acordo com o portal, o médico legista disse que a menina não apresentava ferimentos característicos de um acidente, como escoriações nas mãos, joelhos e cotovelos, o que o levou a crer que ela havia sido agredida.

“Essa criança relatou para a equipe médica que ela teria caído de uma escada. Contudo, havia outras informações que indicavam possível ocorrência de agressões”, contou o delegado responsável pelo caso, Estevão Vieira.

O delegado disse ainda que, ao ser entrevistada por uma psicóloga policial, a menina “acabou relatando que havia sido agredida pela sua mãe. E que a própria mãe teria instruído ela a relatar que havia caído de uma escada para ocultar a ocorrência deste crime”, explicou.

Tentativa de esconder as agressões

Segundo o portal, mesmo com dores e febre, a criança foi mantida em casa pela mãe por sete dias, na tentativa de esconder as agressões. A menina só foi levada ao hospital depois que uma vizinha desconfiou do sumiço da garota, que sempre brincava no quintal de casa. A moradora foi até a residência e descobriu a situação crítica dela. Depois disso, a mãe levou a filha para atendimento médico.

Prisão preventiva

Depois de coletar provas, a Polícia Civil pediu ao Poder Judiciário que a jovem fosse presa. De acordo com o portal, apesar da mulher ter negado o crime, a Justiça autorizou a prisão e ela foi detida na tarde desta terça-feira (06), em Chapecó.

Comente Abaixo
Economia2 minutos atrás

Black Friday 2020 termina com 9160 reclamações; confira o principal motivo

Lorena Amaro Black Friday O Reclame Aqu i realizou o seu balanço anual de reclamações na Black Friday e neste...

Nacional2 minutos atrás

Após “repique” de Pazuello, número 2 da Saúde cita “pequeno aumento” de casos

Júlio Nascimento/Presidência O secretário-executivo adjunto do Ministério da Saúde, Élcio Franco, durante entrevista coletiva no Palácio do Planalto O secretário-executivo...

Entretenimento7 minutos atrás

Raissa e Lucas Selfie se reencontram após “A Fazenda 12”: “Vamos lá pro quarto?”

Reprodução/Instagram Raissa Barbosa e Lucas Selfie se reencontram após “A Fazenda” Raissa Barbosa foi a eliminada mais recente de “A...

Entretenimento7 minutos atrás

Marília Mendonça e Murilo Huff reatam o namoro

Reprodução Marília Mendonça e Murilo Huff voltam a namorar Marília Mendonça e Murilo Huff reataram  o namoro. Os dois conversaram...

Regional19 minutos atrás

Isidoro vai deixar Cidadania, depois de ganhar e não levar em Sooretama

Ex-vereador do PDT, atualmente presidente do Cidadania em Sooretama, Edson Isidoro foi o quarto candidato mais votado mas não se...

São Mateus21 minutos atrás

Prefeitura de São Mateus e Sebrae firmam parceria para melhorar trabalhos com as micro e pequenas empresas

O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Espírito Santo (Sebrae/ES) de São Mateus passou por uma reforma...

Estadual26 minutos atrás

COVID-19 NO ES | Ocupação de leitos de UTI chega a 87,4%; Roberto Silvares está com capacidade preenchida

Dez hospitais não têm mais vagas em UTI para pacientes infectados pelo coronavírus. O Espírito Santo chegou  à sua maior...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!