conecte-se conosco



Nacional

Mulher assassinada em Copacabana foi denunciada por vender e não entregar kitnet

Publicado

em


source
Policiais no local onde Ildecy foi morta
Foto: Reprodução

Policiais no local onde Ildecy foi morta

A mulher assassinada a tiros na tarde dessa quarta-feira em um bar em Copacabana , na Zona Sul do Rio, vendia imóveis em favelas do bairro há pelo menos cinco anos. Ildecy Cardoso Xavier, de 44 anos, já tinha sido denunciada por três compradores por não entregar as chaves de kitnets localizadas na Ladeira dos Tabajaras, também em Copacabana. Ildecy morava na comunidade. O assassinato está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios da capital.

Três compradores processavam Ildecy na Justiça do Rio e um deles também denunciou o caso à Polícia Civil. Segundo relato do homem, duas kitnets foram vendidas a ele por Ildecy em agosto de 2016, mas as chaves dos imóveis não foram entregues até hoje e o dinheiro pago — R$ 44 mil — não foi devolvido. O caso era investigado pela 12ª DP (Copacabana) e o homem tentava ressarcimento do investimento em ação judicial.

Em petição encaminhada à Justiça, o comprador acusa Ildecy de fingir ser proprietária dos imóveis que negociava, sem que de fato fosse. A mulher  anunciava as kitnets no Facebook.

Outras duas mulheres também denunciaram Ildecy em processos na Justiça. Uma relatou que comprou um imóvel em março de 2018 e a outra, em fevereiro do mesmo ano. As duas kitnets eram na Ladeira dos Tabajaras e também nunca foram entregues.

Ameaçada por compradora

Em uma ocasião, a própria Ildecy compareceu à 12ª DP (Copacabana) para relatar uma confusão ocorrida com uma mulher com quem tinha fechado um negócio. Ela alegou que foi ameaçada pela mulher, que ficou insatisfeita com o prazo de entrega de quatro a seis meses do imóvel que tinha adquirido. Segundo Ildecy, a mulher ameaçou esfaqueá-la. O episódio ocorreu em fevereiro do ano passado.

Ildecy ainda foi acusada por um homem, em setembro de 2018, de tê-lo enganado na negociação de compra de parte de seu bar. Ele relatou à polícia que recebeu uma proposta de Ildecy para comprar 25% de seu estabelecimento por R$ 10 mil. Ela ainda se comprometeu a investir R$ 25 mil no local.

Você viu?

No entanto, segundo ele, a mulher pagou apenas R$ 2,5 mil, nunca cumpriu o restante da promessa e pediu a rescisão do contrato. O homem afirma que em uma ocasião, Ildecy chegou a dizer para ele que havia um contrato registrado em cartório no qual constava que ela possuía direito a parte do estabelecimento, relativo a R$ 9 mil.

Com isso, ainda segundo o homem, Ildecy afirmou que venderia todos os produtos que estavam no local. O dono do local disse que o bai foi fechado e uma bandeira preta foi hasteada na porta, em sinal de luto, para que as pessoas acreditassem que ele tinha morrido.

Ildecy foi morta a tiros em um bar em Copacabana no fim da tarde dessa quarta-feira. Ela foi executada por um homem que estava em uma moto. No ataque a tiros, um garçom do bar também ficou ferido.

Comente Abaixo
Nacional6 minutos atrás

Céu encoberto e temperaturas baixas nesta sexta em São Paulo

Reprodução Redes Sociais/Avertigus Previsão do tempo em São Paulo Sensação de frio com céu nublado durante o dia marcam a...

Mulher4 horas atrás

Horóscopo do dia: previsões para 18 de junho de 2021

Marcelo Dalla A previsão do dia dá dicas de como aproveitar as oportunidades de acordo com o seu signo e...

Nacional6 horas atrás

Polícia encontra pano ensanguentado e acredita que Lázaro Barbosa esteja ferido

Reprodução: iG Minas Gerais Lázaro Barbosa, o serial killer do DF A polícia de Goiás acredita que o serial killer...

Nacional7 horas atrás

“Se você estiver me ouvindo, me faça o favor de se entregar” diz mãe de Lázaro

Reprodução: iG Minas Gerais Lázaro Barbosa de Sousa está foragido há 9 dias Na tarde desta quinta-feira, Eva Maria de...

Mulher7 horas atrás

Aprenda 3 salmos para limpar a alma de sentimentos ruins

Reprodução: Alto Astral Aprenda 3 salmos para limpar a alma de sentimentos ruins Muitas vezes na vida, especialmente quando estamos...

Política7 horas atrás

PGR diz ter desarquivado ação contra Bolsonaro por divulgação de cloroquina

Pedro França/Agência Senado Procurador-geral da República, Augusto Aras  A  Procuradoria-Geral da República (PGR) informou ao Supremo Tribunal Federal (STF) ter...

Política7 horas atrás

Lula não confirma ida a protesto contra Bolsonaro para não virar “ato eleitoral’

Reprodução iG Minas Gerais Ex-presidente Lula O ex-presidente Lula (PT) disse nesta quinta-feira (17) em suas redes sociais que não...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!