conecte-se conosco



Internacional

Mortes por coronavírus na Itália ultrapassam 7.500

Publicado

em

.

Mais de 680 pessoas morreram em decorrência do coronavírus na Itália nas últimas 24 horas, informou a Agência de Proteção Civil nesta quarta-feira, à medida em que crescem as preocupações de que a doença esteja se propagando mais pelo sul do país.

O número de mortos aumentou em 683 nesta quarta-feira (25). O número é menor que o pico de 743 na terça-feira (24), mas maior do que o total dos dois dias anteriores e o terceiro maior registro diário desde o surgimento do surto nas regiões do norte do país, em 21 de fevereiro.

A Itália tem registrado mais mortes do que qualquer outro país, com os números mais recentes informando que 7.503 pessoas morreram da infecção em apenas um mês.

A região norte da Lombardia, de longe a mais atingida, exibiu um declínio acentuado no número de mortes e novas infecções nesta quarta-feira, aumentando as esperanças de que a epidemia possa estar diminuindo em seu epicentro original.

No entanto, o otimismo foi atenuado pelas sinalizações do sul, onde o contágio e as mortes são muito menos difundidos, mas estão aumentando constantemente, e podem sobrecarregar um serviço de saúde muito menos bem equipado do que na rica região norte.

“Nesse momento, existe a perspectiva real de que a tragédia da Lombardia esteja prestes a se tornar a tragédia do sul”, escreveu Vincenzo De Luca, presidente da região da Campânia, em Nápoles, em uma carta aberta ao primeiro-ministro, Giuseppe Conte.

“Estamos às vésperas de uma grande expansão de infecções que podem não ser sustentáveis”, disse ele, reclamando que o governo central falhou em fornecer à Campânia ventiladores pulmonares prometidos e outros equipamentos de suporte de vida.

Até o momento, houve 74 mortes na Campânia, a região do sul mais afetada. A região central do Lazio, ao redor da capital, Roma, registrou 95 mortes.

O número total de casos confirmados no país subiu dos 69.176 anteriores para 74.386, segundo a Agência de Proteção Civil.

A elevação em 7,5% foi a mais baixa desde o início do surto, mas apenas pessoas gravemente doentes estão sendo testadas e o chefe da agência, Angelo Borrelli, disse nesta semana que o número real de infecções era, provavelmente, 10 vezes superior ao registrado oficialmente.

Borrelli não estava presente na coletiva de imprensa costumeira para divulgar os dados porque teve febre nesta quarta-feira e estava passando por um exame de detecção do coronavírus.

Com a Itália paralisada ao longo das últimas duas semanas e sua economia de joelhos, o primeiro-ministro Conte prometeu nesta quarta um segundo pacote de estímulo em abril no valor de pelo menos 25 bilhões de euros, como o lançado em março.

Com seus índices de aprovação em níveis recordes, o primeiro-ministro apelou à oposição para apoiar os esforços do governo e interromper seus ataques ao lidar com a crise até que ela acabe.

“Haverá tempo para tudo, mas agora é tempo de ação e responsabilidade”, disse ele à Câmara dos Deputados.

Uma fonte de potencial conflito para Conte foi desativada nesta quarta, quando o governo chegou a um acordo com sindicatos que ameaçavam greves porque queriam mais empresas fechadas para protegerem a saúde dos trabalhadores.

Conte concordou em estender os setores de produção que serão temporariamente paralisados, já que são considerados essenciais para a cadeia de suprimentos do país.

Comentários do Facebook

Internacional

Bolsas de Valores da China fecham em baixa, mas governo pode agir

Publicado

em

.

As Bolsas de Valores da China encerraram a primeira sessão do segundo trimestre em baixa nesta quarta-feira (1º), alinhadas com os mercados asiáticos em geral, embora as perdas tenham sido limitadas pelas esperanças de que o governo chinês divulgue novas medidas para reforçar a economia atingida pela pandemia do coronavírus.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 0,3%, enquanto o índice de Xangai teve queda de 0,57%.

O subíndice do setor financeiro teve variação positiva de 0,04%, o de consumo anotou queda de 0,93%, o setor imobiliário subiu 1,12% e o subíndice de saúde caiu 1,51%.

As perdas no continente foram relativamente limitadas devido à esperança de mais estímulos para ajudar a sustentar a segunda maior economia do mundo – a chinesa.

A China intensificará os ajustes de política fiscal e monetária para combater o impacto do surto de vírus, informou a mídia estatal na terça-feira (31), citando uma reunião do gabinete presidida pelo premiê Li Keqiang.

Outras bolsas

Em Tóquio, o índice Nikkei recuou 4,50%, a 18.065 pontos.

Em Hong Kong, o índice Hang Seng caiu 2,19%, a 23.085 pontos.

Em Xangai, o índice Sssec perdeu 0,57%, a 2.734 pontos.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, retrocedeu 0,30%, a 3.675 pontos.

Em Seul, o índice Kospi teve desvalorização de 3,94%, a 1.685 pontos.

Em Taiwan, o índice Taiex registrou baixa de 0,46%, a 96.663 pontos.

Em Cingapura, o índice Straits Times desvalorizou-se 1,65%, a 2.440 pontos.

E em Sydney, na Austrália, o índice S&P/ASX 200 avançou 3,58%, indo a 5.258 pontos.

Comentários do Facebook
Continue lendo
Nacional1 minuto atrás

Covid-19: homem de 23 anos do Rio Grande do Norte é vítima mais jovem no Brasil

arrow-options Reprodução Matheus Aciole morreu na noite desta terça-feira Na manhã desta quarta-feira (1º), a secretaria estadual de Saúde do...

Estadual17 minutos atrás

Abril começa com chuva forte e tempo instável no ES

Uma convergência dos ventos vai colaborar para a formação de muitas áreas de instabilidade sobre o Espírito Santo, além de...

Internacional22 minutos atrás

Bolsas de Valores da China fecham em baixa, mas governo pode agir

. As Bolsas de Valores da China encerraram a primeira sessão do segundo trimestre em baixa nesta quarta-feira (1º), alinhadas...

Internacional22 minutos atrás

Covid-19: quarentena na Itália será prorrogada para 13 de abril

. A Itália estenderá a quarentena contra o novo coronavírus, impostas em fevereiro, para 13 de abril, disse o ministro...

Internacional22 minutos atrás

Casos confirmados de coronavírus na Espanha passam de 100 mil

. O número de casos confirmados de coronavírus na Espanha ultrapassou os 100 mil nesta quarta-feira (1º), enquanto o total...

Agricultura22 minutos atrás

ALGODÃO/CEPEA: Com efetivações pontuais, preços caem no final março

. Cepea, 01/04/2020 – Diante do receio de agentes de mercado consultados pelo Cepea de que as medidas adotadas por...

Agricultura22 minutos atrás

ARROZ/CEPEA: Agentes ativos e exportação aquecida elevam preços do casca

. Cepea, 01/04/2020 – Apesar de oscilarem em março, os preços de arroz em casca no Rio Grande do Sul...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana