conecte-se conosco


Nacional

Ministro da Educação chega à Câmara para dar explicações sobre cortes; acompanhe

Publicado

em


Abraham Weintraub
Geraldo Magela/Agência Senado – 7.5.19

Ministro da Educação, Abraham Weintraub disse que “contingenciamento” de verba do MEC é diferente de cortes

A Câmara dos Deputados deu início, às 15h desta quarta-feira (15), à sessão para sabatinar o ministro da Educação, Abraham Weintraub. O chefe do MEC foi convocado na noite de ontem para prestar esclarecimentos no plenário da Casa a respeito do corte de 30% nas verbas de custeio para as universidades e institutos federais – medida que motivou protestos que ocorrem ao longo de todo o dia em diversas cidades do País.

Os líderes se reuniram para definir os procedimentos da comissão geral que vai ouvir o ministro da Educação, Abraham Weintraub, no Plenário da Câmara. A reunião, marcada para começar às 15 horas, vai durar até no máximo 21 horas.

“A gente quer ouvir o ministro, quer que ele dê os esclarecimentos necessários, mas não pode virar uma chicana. O dia só tem 24 horas e, se deixar todo mundo falar e usar o regimento, trava tudo. Por isso decidimos que, impreterivelmente, a sessão acaba às 21 horas”, disse a líder do governo no Congresso, deputada Joice Hasselmann (PSL-SP).

Weintraub foi convocado ontem a partir de uma união da oposição com partidos de centro não alinhados com o governo Bolsonaro. Apenas o PSL e o Novo foram contrários à convocação.

A comissão geral com o ministro coincide com protestos convocados para todo o País contrários à diminuição de recursos para universidades públicas e institutos federais.

Acompanhe ao vivo:


Fonte: IG Nacional
Comentários do Facebook
Leia mais:  Ministro do Meio Ambiente diz ter sido atacado por manifestantes do MST na Bahia
publicidade

Nacional

Três policiais estão entre os suspeitos presos por chacina em bar no Pará

Publicado

em


Chacina em bar de Belém
Reprodução/Twitter

Chacina em bar de Belém do Pará deixa onze mortos e um ferido

No último domingo (19), uma  chacina deixou 11 mortos em um bar localizado no bairro do Guamá, em Belém, capital do Pará. Na tarde de sexta-feira (24), o Sistema de Segurança Pública divulgou que as investigações realizadas pela Polícia Civil já desvendaram as mortes. Ao todo, oito pessoas estão envolvidas. Há quatro policiais militares entre os acusados.

Neste sábado (25), José Maria da Silva Noronha, cabo da reserva da Polícia Militar, que estava com mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça, se apresentou à Divisão de Homicídios da Polícia Civil. Ele é a sexta pessoa presa por suspeito de envolvimento no caso da chacina .

Na sexta, o policial Wellington Almeida Oliveira foi preso durante a operação Kratos, deflagrada pela Polícia Civil em conjunto com a Polícia Militar para cumprir mandados de prisão decretados pela Justiça. Ainda no final da tarde de ontem, o PM Pedro Josimar Nogueira da Silva se entregou na sede da Delegacia-Geral, em Belém .

Além dos policiais, as outra três pessoas presas são: Edivaldo dos Santos Santana; Aguinaldo Torres Pinto; Jaisson Costa Serra. Ainda estão foragidos um homem identificado como Diel, e os policiais militares Fernandes de Lima e José Maria da Silva Nogueira.

O secretário de Estado de Segurança Pública e Defesa Social, Uálame Machado, esclareceu que nem todos os presos estão envolvidos diretamente na ação criminal, mas têm participação no suporte, na logísticas e no acompanhamento dos possíveis alvos do crime.

“Cada um teve sua participação e todos eles contribuíram de alguma forma para a chacina”, pontua Machado. Em relação à motivação do crime, o secretário reservou ainda a mantê-las em sigilo até o final do inquérito.

Leia mais:  Moro discorda que projeto anticrime seja “licençapara policial matar”

Segundo o secretário, até o prazo final das investigação, a meta é localizar as pessoas que estão foragidas, consideradas as principais envolvidas na chacina , para que sejam ouvidas em depoimento e confirmem uma das duas hipóteses de motivação do crime existentes no inquérito.

Fonte: IG Nacional
Comentários do Facebook
Continue lendo
Esportes11 minutos atrás

Ex-jogador Roni é preso em Brasília durante o jogo Botafogo x Palmeiras

Reprodução Ex-jogador Roni, que passou por vários clubes no Brasil O ex-jogador Roni, que foi atacante de clubes como Fluminense,...

Nacional12 minutos atrás

Três policiais estão entre os suspeitos presos por chacina em bar no Pará

Reprodução/Twitter Chacina em bar de Belém do Pará deixa onze mortos e um ferido No último domingo (19), uma  chacina...

Esportes60 minutos atrás

Ex-jogador Roni é preso em Brasília durante o jogo Botafogo x Palmeiras

Reprodução Ex-jogador Roni, que passou por vários clubes no Brasil O ex-jogador Roni, que foi atacante de clubes como Fluminense,...

Mulher1 hora atrás

Macarrão, Donald Trump e mais: página no Instagram reúne sapatos inusitados

Uma página do Instagram chamada “Crimes Against Shoemanity” está fazendo sucesso por reunir sapatos com formatos e desenhos que são,...

Entretenimento2 horas atrás

Acampados há três meses, fãs de K-pop lotam estádio para assistir ao show do BTS

Todas as esquinas que levavam ao Allianz Parque, na Barra Funda, estavam abarrotadas de fãs da banda sul-coreana Bangtan-Boys, mais...

Esportes2 horas atrás

Com VAR decisivo, Palmeiras vence o Botafogo em Brasília e segue na liderança

Rudy Trindade / FramePhoto / Agência O Globo Palmeiras venceu o Botafogo em Brasília Em um jogo bastante movimentado, com...

Esportes2 horas atrás

Valencia surpreende Barcelona na Copa do Rei e volta a ser campeão após 11 anos

AS.com / Reprodução É campeão! Valencia derrotou o Barcelona na final da Copa do Rei Bicampeão do Espanhol, o Barcelona...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana