Connect with us

Economia

Ministro da Economia da Argentina, Martín Guzmán pede demissão

Published

on

Ministro deixou cargo por razões políticas
Divulgação/Ministério da Economia da Argentina

Ministro deixou cargo por razões políticas

Depois de muitos meses de desgaste político, devido à crise que atravessa o governo de Alberto Fernández, o ministro da Economia, Martín Guzmán, renunciou ao cargo que ocupava desde o fim de 2019. Na tarde deste sábado (2), Guzmán postou no Twitter uma longa carta endereçada ao presidente.

“Com a profunda convicção e confiança em minha visão do caminho que a Argentina deve seguir, continuarei trabalhando e agindo por uma Pátria mais justa, livre e soberana”, disse ele na carta.

Ele ainda lista os avanços conquistados ao longo de 30 meses no governo, destacando o acordo para sanar o rombo da dívida externa externa, além das medidas adotadas no primeiro ano da pandemia e o crescimento da Argentina em 2021.

Agradece repetidamente ao presidente pela parceria e esforços, mas deixa claro que seu desembarque tem razões políticas.

“O momento pede que quem o Senhor designe assuma as rédeas do Ministério que até hoje tive a honra de comandar. Com base na experiência que tive, considero ser primordial que trabalhe em um acordo político dentro da coalizão governante para que quem me substituir, e que terá essa alta responsabilidade, conte com uma gestão centralizada e com os instrumentos de política macroeconômica necessários para consolidar os avanços descritos e fazer frente aos desafios que virão”, explicou.

Complementando que “isso ajudará a quem me suceder a levar adiante projetos condizentes ao progresso econômico e social com o apoio político que é necessário para que sejam efetivos”.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o  perfil geral do Portal iG

Guzman, um economista da Ivy League de 39 anos que conduziu pesquisas na Universidade de Columbia pelo ganhador do Prêmio Nobel Joseph Stiglitz, perdeu o apoio este ano da ala de extrema esquerda da coalizão controlada pela vice-presidente Cristina Fernandez de Kirchner. Parlamentares leais a ela no Congresso votaram contra o acordo do FMI que ele negociou, embora o financiamento para o acordo tenha sido aprovado pelo legislativo com amplo apoio.

Kirchner x Fernández 

O momento em que o ex-ministro optou por tornar pública sua decisão coincidiu com o discurso que Cristina Kirchner fazia na cidade de Ensenada, na província de Buenos Aires, renovando suas críticas ao rumo econômico.

A renúncia de Guzmán é uma clara derrota política do presidente Alberto Fernández, em sua disputa permanente e cada vez mais pública e feroz com a vice-presidente. Há menos de um mês, em meio a pressões do kirchnerismo, Fernández afastou o ex-ministro da Produção, Matias Kulfas, que foi substituído pelo ex-embaixador da Argentina no Brasil, Daniel Scioli.

Tanto Kulfas como Guzmán vinham sendo questionados por Cristina e seus aliados, que culparam a equipe econômica pela derrota do governo nas eleições legislativas de 2021. Com a saída de Guzmán, enquanto os argentinos lutam contra a inflação elevada de mais de 60%, surgem sérias dúvidas sobre a sustentabilidade de Fernández, faltando um ano e três meses para as eleições presidenciais de 2023.

Fonte: IG ECONOMIA

Comente Abaixo
Política4 minutos ago

Filho de Bolsonaro o chama de “bastião da democracia”

Paulo Sérgio/Câmara dos Deputados 30.05.2022 O deputado federal Eduardo Bolsonaro Nesta sexta-feira (12), Eduardo Bolsonaro (PL) usou seu perfil no...

Carros e Motos4 minutos ago

Financiamento de veículos leves e pesados tem leve alta em julho

Divulgação Financiamento de veículos leves e pesados registrou oscilação positiva de 0,8%, em relação ao mês anterior De acordo com...

Mulher33 minutos ago

Laura Keller mostra como recuperou forma física pós-gravidez

Instagram/Reprodução A atriz Laura Keller A atriz Laura Keller mostrou nas redes sociais o antes e depois pelo qual o...

Polícia Federal33 minutos ago

PF prende homem em flagrante por posse e compartilhamento de imagens contendo exploração sexual de crianças e adolescentes

Curitiba/PR. A Polícia Federal cumpriu na manhã de sexta-feira (12/8) dois mandados de busca e apreensão expedidos em inquéritos que...

Polícia Federal34 minutos ago

PF cumpre mandado de prisão em aeroporto

Rio de Janeiro/RJ. Na madrugada desta sexta-feira (12/8), a Polícia Federal prendeu um homem acusado de dever pensão alimentícia, no...

Tecnologia34 minutos ago

RJ é uma das próximas cidades a receber o 5G; 15 capitais vão atrasar

Unsplash/Jakub Pabis Problemas de infraestrutura vão atrasar 5G Na próxima terça-feira (16), as cidades de Curitiba (PR), Goiânia (GO) e...

Política34 minutos ago

Molon dribla PSB e faz sucesso com vaquinha virtual

Reprodução/Twitter Alessandro Molon vai concorrer ao Senado Na última quinta-feira (11), o candidato ao Senado Alessandro Molon arrecadou R$ 100...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana