conecte-se conosco


Agricultura

Ministério assina contrato com o BID para destinar US$ 200 milhões para a Defesa Agropecuária

Publicado

em

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento assinou nesta quarta-feira (4) o contrato de empréstimo com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para o Programa de Modernização e Fortalecimento da Defesa Agropecuária (ProDefesa). A assinatura ocorreu durante cerimônia para celebrar os 60 anos do banco. 

O custo estimado do programa é de US$ 200 milhões para os próximos cinco anos, sendo que US$ 195 milhões virão de empréstimo junto ao BID e US$ 5 milhões de aporte do governo federal. A operação foi autorizada pelo Senado Federal.

Segundo a ministra Tereza Cristina, o programa vai permitir que o Brasil continue livre da febre aftosa, aumente as áreas sem a peste suína clássica (PSC) e sem a mosca da carambola. Com esses recursos, também serão reestruturados os serviços de sanidade animal e vegetal.

“Estou muito feliz com este momento porque um dos pilares da minha gestão é justamente a defesa agropecuária. Hoje, o agro responde por mais de 40% das exportações brasileiras e por isso precisamos aprimorar nossa vigilância internacional e agilizar, pela informatização, a liberação de mercadorias, bem como inspeções, registros e autorizações. Simplificar sem precarizar, como digo sempre, usando a tecnologia a nosso favor”, disse a ministra.

Do total a ser investido, o controle e erradicação de pragas e doenças receberá US$ 137 milhões, a melhoria da eficiência dos serviços de defesa agropecuária ficará com US$ 23 milhões, e ao conhecimento e inovação para a defesa agropecuária caberá US$ 35 milhões. Adicionalmente, o Ministério aportará contrapartida de US$ 5 milhões para acompanhamento e avaliação dos projetos.

A ministra disse que, além do Prodefesa, o Mapa está elaborando uma Carta Consulta de Apoio do BID ao Plano AgroNordeste, voltado para inclusão de pequenos e médios produtores na região do semiárido brasileiro. Ela anunciou que o Ministério da Economia já autorizou a aprovação da carta para março de 2020.

Leia mais:  UVA/CEPEA: Preços da uva niagara caem

Tereza Cristina lembrou que o BID é um parceiro importante do Brasil na disseminação de tecnologias de agricultura de baixa emissão de carbono, como o Projeto Rural Sustentável, aprovado pelo banco em 2013, que atuou na Amazônia e Mata Atlântica, beneficiando 25 mil produtores e atingindo 46 mil hectares.

O representante do BID no Brasil, Hugo Flórez Timorán, disse que a assinatura do contrato de empréstimo é simbólico para o momento atual do Banco, e ressaltou que o BID quer continuar sendo um parceiro estratégico do Brasil. “Para os próximos anos, vamos continuar acompanhando o país em seus esforços para aumentar o ritmo de crescimento da produtividade e assim consolidar seus ganhos sociais”, disse.

O contrato foi assinado pelo representante do BID no Brasil, Hugo Flórez Timorán, pela ministra Tereza Cristina e pela procuradora da Fazenda Nacional, Suely Dib de Sousa e Silva

O contrato foi assinado pelo representante do BID no Brasil, Hugo Flórez Timorán, pela ministra Tereza Cristina e pela procuradora da Fazenda Nacional, Suely Dib de Sousa e Silva

 

 

Informações à imprensa:
[email protected]

Comentários do Facebook
publicidade

Agricultura

Aviso de Pauta: Ministério divulga dados sobre PNCRC Vegetal

Publicado

em

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento divulga na próxima segunda-feira (16) os resultados do Plano Nacional de Controle de Resíduos e Contaminantes em Produtos de Origem Vegetal (PNCRC/Vegetal) realizado entre 2015 e 2018. O PNCRC monitora tanto resíduos de agrotóxicos como de contaminantes químicos e biológicos em produtos de origem vegetal. 

Quem dará a entrevista será o diretor do Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Vegetal, Glauco Bertoldo e o coordenador-geral de Qualidade Vegetal, Hugo Caruso. 

Serviço: Entrevista Coletiva sobre os resultados do Plano Nacional de Controle de Resíduos e Contaminantes em Produtos de Origem Vegetal (PNCRC/Vegetal) 

Quando: Dia 16 de dezembro (segunda-feira), às 14h30 

Local: Auditório Olacyr de Moraes do Ministério da Agricultura – Esplanada dos Ministérios, Bloco D, Térreo

Informações à Imprensa
[email protected]

Comentários do Facebook
Leia mais:  TOMATE/CEPEA: Menor oferta eleva preço do rasteiro para mesa em Irecê (BA)
Continue lendo
Nacional4 horas atrás

Idosa que teve 10 caminhões de lixo retirados de casa recebe doações de móveis

arrow-options Alexandre de Azevedo/Prefeitura de Ribeirão Preto Foram estimados 10 anos de acumulação de objetos na residência. Dona Elídia de...

Política5 horas atrás

Desembargador mantém afastamento de ex-presidente da Palmares

arrow-options Reprodução Bolsonaro disse que pretende reconduzir Camargo à presidência da Fundação Palmares O desembargador Fernando Braga Damasceno negou pedido...

Entretenimento5 horas atrás

Silvio Santos surge em festa do SBT e faz discurso emocionante

Depois de precisar se ausentar na edição do ano passado, Silvio Santos surgiu de surpresa na festa de fim de...

Internacional5 horas atrás

Homem tira tênia de 10 metros do próprio ânus ao ir ao banheiro

arrow-options Reprodução Verme foi retirado quando homem sentiu vontade de ir ao banheiro Um homem de 44 anos na Tailândia...

Política5 horas atrás

Crimes Cibernéticos: CPI ouve provedores

Dando continuidade às discussões sobre rastreamento de dados na internet para facilitar apuração de crimes, a Comissão Parlamentar de Inquérito...

Política5 horas atrás

Frente defende mais aulas de educação física nas escolas

A proposta de aumentar o número de aulas de educação física para pelo menos três vezes por semana no ensino...

Economia5 horas atrás

Os inimigos do crescimento

arrow-options undefined Na época da posse de Michel Temer, os títulos emitidos pelo governo pagavam juros de 14,25% ao ano....

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana