conecte-se conosco



Internacional

Militar detido com cocaína é condenado a seis anos de prisão e multa milionária

Publicado

em

source

Agência Brasil

Sargento arrow-options
Reprodução/redes sociais

Manoel Silva Rodrigues foi preso durante viagem oficial do governo

O militar brasileiro preso na Espanha com 39 quilos de cocaína, após desembarcar de um voo da Força Aérea Brasileira (FAB), aceitou cumprir uma pena de seis anos de prisão e pagar uma multa de $ 2 milhões de euros.

Leia também: Bolsonaro celebra 10 milhões de curtidas em rede social: “O Brasil é nosso”

De acordo com a agência EFE, o tribunal concluiu o processo que enviou para que a sentença seja lida, tendo o Ministério Público reduzido o pedido inicial de oito anos de prisão e uma multa de quatro milhões de euros, depois de o sargento brasileiro ter reconhecido as ilegalidades cometidas e ter-se mostrado “profundamente arrependido”.

O homem foi preso no dia 25 de junho, na cidade de Sevilha, quando passava pelo controle alfandegário. Ele partiu do Brasil em missão de apoio à viagem presidencial ao Japão para a reunião do G20, integrando a tripulação que ficaria em Sevilha. O sargento foi acusado pelas autoridades espanholas por crime contra a saúde pública, categoria em que se encontra o delito de tráfico de drogas.

O representante do Ministério Público salientou que considerou o arguido “sincero” e a defesa do militar concordou com a alteração da acusação e a correspondente redução da pena solicitada.

Quando foi à presença do juiz, o sargento admitiu que levava a cocaína na sua bagagem e que a droga lhe tinha sido entregue no Brasil.

“A pessoa que me entregou disse-me que o seu destino era a Suíça e que eu deveria introduzi-la na Europa”, explicou o arguido, acrescentando que tinha por missão ir a um centro comercial “por volta das três ou quatro horas da tarde”, no dia 25 de junho de 2019, para dar a cocaína a outro homem que não conhecia.

“Eu tinha de ir com roupa camuflada e uma camisa verde, e a outra pessoa iria identificar-me através de uma fotografia”, afirmou.

Expulsão

Segundo o militar, que também é alvo de um processo de expulsão por parte do Exército brasileiro, foi “a primeira e única vez na vida” que “fez de forma equivocada uma coisa dessas”. “Passava por dificuldades econômicas. Estou no Exército há 20 anos e nunca tive nenhum caso, mas um militar no Brasil não tem um bom salário. Sempre compro coisas nas minhas viagens, como telemóveis, e vendo-as para ganhar algo extra”, disse.

Os guardas civis (correspondente à GNR) que apreenderam a droga também estiveram no tribunal e concordaram que o acusado lhes explicou na altura que a substância “era queijo”, tendo aberto as suas bagagens porque “é proibido introduzir alimentos de origem animal de países não comunitários”, acrescentando que os “tijolos” que continham as drogas estavam “empilhados como se fosse uma enciclopédia”.

“Estou profundamente arrependido. Peço ao Estado e ao povo espanhol que me perdoem por trazer isso para o seu país”, disse o militar, que concordou que “o castigo é justo” e que depois de cumprir a pena irá voltar ao seu país para estar com a família e tentar encontrar um novo emprego.

A cocaína, 80% pura e avaliada em 1,4 milhão de euros, foi interceptada num controle feito à bagagem do militar de 39 anos que pertencia a uma equipe avançada da comitiva que acompanhava o presidente brasileiro.

Leia também: Samarco e Renova atrasam dragagem de usina; multa soma R$ 46 milhões

Na época, a detenção levou o governo brasileiro a mudar a escala do avião do presidente, que deveria ser feita também em Sevilha, para Lisboa.

O presidente brasileiro ia a caminho de Osaka, no Japão, onde se realizou uma reunião do G20, as 19 maiores economias do mundo mais a União Europeia.

Fonte: IG Mundo

Comentários do Facebook

Internacional

Surto em Singapura aumenta o medo de epidemia pós-bloqueio

Publicado

em

source
covid-19 arrow-options
Reprodução

Singapura foi dos países mais atingidos quando o vírus se espalhou pela China em janeiro

Novos temores surgiram sobre a capacidade do coronavírus se espalhar novamente após os bloqueios serem atenuados, após Singapura confirmar um aumento acentuado de novas infecções .

Um dos países mais atingidos quando a doença se espalhou pela China em janeiro, Singapura teve um rigoroso regime de vigilância e quarentena, que ajudou a retardar o surto, mas os recentes aumentos nos casos transmitidos localmente suscitaram novas preocupações. Foram registradas 142 novas infecções na quarta-feira (08).

Em todo o planeta

Países ao redor do mundo estão enfrentando a complexa logística de quando e como afrouxar as restrições de bloqueio para permitir que as economias se recuperem e, ao mesmo tempo, evitar um segundo grande surto.

A pressão crescente para encontrar uma estratégia de saída é a escala catastrófica de dano à economia global , com a Organização Mundial do Comércio (OMC) alertando que o crescimento deverá cair até um terço em 2020 devido à pandemia.

A comissão aconselhou os estados membros da União Europeia a estenderem as restrições a viagens não essenciais até 15 de maio, mas está se preparando para emitir um ” roteiro ” para coordenar o levantamento do bloqueio na Europa.

Ao anunciar a proposta de extensão da proibição de viagens, Margaritis Schinas, vice-presidente da OMC, disse: “Embora possamos ver primeiros resultados encorajadores, é necessário prolongar a restrição de viagem para continuar reduzindo os riscos da propagação da doença. Ainda não devemos deixar a porta aberta enquanto estamos protegendo nossa casa.”

Fonte: IG Mundo

Comentários do Facebook
Continue lendo
Internacional4 minutos atrás

Surto em Singapura aumenta o medo de epidemia pós-bloqueio

arrow-options Reprodução Singapura foi dos países mais atingidos quando o vírus se espalhou pela China em janeiro Novos temores surgiram...

Nacional20 minutos atrás

Bebê prematuro é vítima mais jovem da covid-19 no País

Integrantes da equipe médica também relataram que a mãe do bebê deu entrada na unidade de saúde “espirrando e tossindo...

Internacional25 minutos atrás

Papa Francisco diz que pandemia pode ser resposta da natureza

    Cancillería del Ecuador Papa Francisco irá celebrar a Missa de Páscoa para igreja vazia no Vaticano O Papa...

Economia38 minutos atrás

Plenário da Câmara votará projeto de ajuda emergencial aos estados nessa quinta

O presidente da Câmara dos Deputados , Rodrigo Maia (DEM-RJ), anunciou que será votado nesta quinta-feira (9) o projeto de...

Economia38 minutos atrás

Covid-19: Mundo está no caminho para a nova Grande Depressão

arrow-options WILSON DIAS-ABR Os inevitáveis ​​declínios no comércio e na produção terão conseqüências dolorosas para famílias e empresas O comércio...

Entretenimento38 minutos atrás

Show de Marília Mendonça bomba mesmo com produção simples

    A noite desta quarta-feira (8) foi embalada pelos maiores hits da cantora Marília Mendonça. Na sala de casa,...

Política51 minutos atrás

Bolsonaro diz que vai importar insumos da Índia para produzir cloroquina

  Reprodução Bolsonaro voltou a defender uso da cloroquina O presidente Jair Bolsonaro fez um novo pronunciamento em cadeia nacional...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana