conecte-se conosco


Tecnologia

Mi Store Brasil desaparece e prejudica milhares de clientes

Publicado

em

source

Olhar Digital

Xiaomi fez sucesso no Brasil e loja não-oficial aproveitou para lucrar arrow-options
Divulgação/Xiaomi

Xiaomi fez sucesso no Brasil e loja não-oficial aproveitou para lucrar


Antes de a Xiaomi chegar oficialmente ao Brasil , através da parceria com a DL Eletrônicos , e posteriormente com a loja oficial aberta em São Paulo , o site ” Mi Store Brasil ” era o meio utilizado por aqueles que queriam comprar um celular da marca chinesa. Nas últimas semanas, o portal voltou a ficar em evidência, mas por um motivo negativo. A loja deixou de entregar todos os pedidos feitos a partir da Black Friday , saiu das redes sociais, desativou o site e não responde nenhum contato.

Quando a fabricante chinesa chegou ao brasil, a Mi Store foi muito beneficiada, já que era o primeiro resultado para as buscas no Google . A Xiaomi tentou de tudo para derrubar o domínio ” MiStoreBrasil.com ” antes de começar suas operação no país, mas não teve sucesso. Aqueles fãs de longa data da marca já sabiam que o site não era muito confiável. O Reclame Aqui possuiu diversas reclamações em relação à loja. Porém, aqueles que quiseram aproveitar a Black Friday para comprar seu primeiro Xiaomi foram pegos de surpresa.

Reprodução

Complicações

Com isso, diversos pedidos foram feitos durante a Black Friday e o Natal , e literalmente todo mundo ficou no prejuízo. O que se sabe até agora é que o último status recebido para todas as compras são de “aguardando envio”, o site da loja está fora do ar, como mostra a imagem a cima, e todas as redes sociais foram excluídas. O número pode passar de mil clientes, com prejuízo médio de R$ 1,2 mil. Aqueles que procuraram à polícia foram desencorajados de fazer um boletim de ocorrência. Segundo os oficiais, é muito difícil avançar em casos que todos os dados “desaparecem”. Os clientes que pagaram pelo MercadoPago estão conseguindo estornar o valor gasto, mas o restante enfrenta dificuldades.

Leia mais:  Conheça a Band 3, pulseira inteligente da Huawei que chegou ao Brasil

Leia também: Apple irá lançar cinco modelos de iPhone durante 2020, diz analista

As próprias vítimas tentam juntar o maior número de informações sobre a loja, mas elas são um tanto confusas. A Mi Store Brasil pertencia à empresa Action Sales Companhia Digital LTDA, com CNPJ 29.497.760/0001-38. Porém, a fatura do cartão dos clientes mostrava a loja com o nome JCell, e não Action Sales. A JCell possui um quiosque com o nome Mi Store Brasil em Blumenau, mas afirma que não possui nenhum vínculo com a Action Sales ou o site.

Sumiço

O caso fica ainda pior. Aqueles que fizeram a compra por boleto notaram que o beneficiário era a PAD Eletrônicos. Uma terceira empresa diferente. Esta última, porém, é proprietária da loja online Huawei Store Brasil e, afirma que “A PAD Eletrônicos é uma das empresas do GRUPO ACTION que também é gestora da conceituada loja www.mistorebrasil.com”.

Como é possível notar, não vai ser fácil encontrar os responsáveis pela loja e, consequentemente, pelo prejuízo de centenas, talvez milhares, de clientes. As próprias vítimas estão se unido em grupos de Telegram para se apoiarem e encontrarem novas informações. Porém, os crimes digitais ainda são subestimados no Brasil e, infelizmente, esse caso deve demorar para ter um desfecho. Lembrando ainda que o site oficial de vendas da Xiaomi possui o domínio ” https://xiaomi.distribuidornacional.com.br/ “.

Via: Mobizoo

Comentários do Facebook
publicidade

Tecnologia

Assim como futebol americano, EUA quer criar liga de Fortnite nas escolas

Publicado

em

source

Olhar Digital

Fortnite arrow-options
Divulgação/Epic Games

Fortnite se torna esporte em escolas norte-americanas


A startup PlayVS fez um contrato de parceria com a Epic Games para promover torneios competitivos oficiais de Fortnite em escolas e universidades dos Estados Unidos . A ideia é formar uma liga semelhante a esportes tradicionais como basquete ou futebol americano.

Além da produtora do jogo, a startup também fechou parceria com a NFHS – Federação Nacional das Associações de Escolas de Segundo Grau, o órgão que define as regras de competição para a maioria dos esportes do ensino médio nos EUA .

Leia também; Games e educação: como o Minecraft ensinou crianças sobre tragédias ambientais

Escolas, pais ou os próprios alunos poderão pagar US$ 64 por jogador para competir na liga contra escolas vizinhas, como qualquer outro esporte. A PlayVS é a primeira empresa a fechar uma parceria oficial com a Epic Games , e isso permite que escolas e organizações não precisem de muito trabalho para participar dos torneios. Atletas acessam a partida diretamente pela plataforma da startup e a PlayVS fornece estatísticas e insights diretamente do jogo para treinadores, fãs e até recrutadores.

Desde o lançamento, mais de 13 mil escolas já aderiram à lista de espera para obter uma equipe de esports através da PlayVS, que representa 68% da rede de ensino dos EUA . Para efeitos comparativos, 14 mil escolas têm um programa de futebol americano, o esporte tradicional mais popular do país.

Comentários do Facebook
Leia mais:  Atualização do WhatsApp permite autoplay de áudios no Android
Continue lendo
Estadual1 hora atrás

Governador e ministro discutem apoio federal na reconstrução de cidades atingidas pelas chuvas no ES

Em visita ao Estado, o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, confirmou o apoio do Governo Federal na reconstrução das...

Esportes2 horas atrás

Helicóptero que caiu com Bryant tinha nove pessoas a bordo

Em entrevista coletiva realizada pela polícia de Calabasas, na Califórnia, as autoridades afirmaram que havia nove pessoas a bordo do...

Esportes4 horas atrás

Helicóptero que matou Bryant tinha nove pessoas a bordo

Em entrevista coletiva realizada pela polícia de Calabasas, na Califórnia, as autoridades afirmaram que havia nove pessoas a bordo do...

Internacional5 horas atrás

Homem acha que tem trombose e passa por constrangimento com diagnóstico real

arrow-options Reprodução Escritor americano se assusta com pigmentação de sua nova calça jeans, que acabou ficando no corpo A história...

Internacional5 horas atrás

Jovem reclama na polícia de atraso na entrega de documento falso comprado online

arrow-options Reprodução Jovem escolheu nome de personagem de filme para documento falso As autoridades de Norfolk County, no Canadá, estão...

Saúde6 horas atrás

Contaminações do coronavírus ultrapassam 2 mil em todo o mundo

O coronavírus, surgido na cidade de Wuhan, na China, já atingiu mais de 2.116 pessoas em todo o mundo e...

Mulher6 horas atrás

Não sabe por que foi traída? Veja o que pode levar à infidelidade

É fato: a infidelidade é uma realidade em muitos relacionamentos. Não são raros os casos de traição que abalam os...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana