conecte-se conosco



Economia

Mercado reduz expectativa de crescimento pela 16ª vez e aponta inflação menor

Publicado

em

calculadora equilibrando, com uma colher, moedas e uma batata
Pixabay

Mercado reduziu expectativa de crescimento econômico pela 16ª semana e aponta inflação menor em 2019

A estimativa do mercado financeiro para o crescimento da economia este ano caiu pela 16ª semana consecutiva, ficando abaixo de 1% pela primeira vez, de acordo com o Boletim Focus, relatório semanal divulgado pelo Banco Central nesta segunda-feira (17) com participações de instituições financeiras.

Leia também: Após demissão de Levy e embates entre Maia e Guedes, dólar opera instável

A projeção para expansão do Produto Interno Bruto (PIB), que é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país, foi reduzida de 1% para 0,93%. No início deste ano, a alta estimada era de 2,53%.

Segundo a pesquisa, a tendência é que a economia tenha crescimento maior em 2020, embora a previsão para o próximo ano também tenha sido reduzida, de 2,23% para 2,20%, no segundo recuo consecutivo. Para 2021 e 2022, as estimativas permanecem em 2,50%.

Prévia da inflação e taxa Selic também caem

A estimativa de inflação para este ano, calculada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), caiu de 3,89% para 3,84%, na terceira diminuição seguida. A previsão foi mantida em 4% para 2020 e em 3,75% para 2021 e 2022.

A meta de inflação de 2019, definida pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), é de 4,25%, com intervalo de tolerância entre 2,75% e 5,75%. Caso as projeções do mercado acertem, a meta seria atingida, portanto. A estimativa para 2020 está no centro da meta estipulada para o ano: 4%. Esse valor também tem intervalo de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo, ou seja, varia de 2,5% a 5,5%. Para 2021, o centro da meta é 3,75%, também com a mesma tolerância. O CMN ainda não definiu a meta para 2022.

Para alcançar a meta de inflação, o Banco Central usa como instrumento a taxa básica de juros, a Selic, atualmente em 6,5% ao ano, o menor valor da história. O mercado reduziu a projeção para a Selic ao final de 2019 de 6,5% ao ano para 5,75%. Para o fim do ano que vem, a expectativa para a taxa básica caiu de 7% para 6,5% ao ano.

Leia também: Receita paga hoje o primeiro lote das restituições do Imposto de Renda

Quando o Comitê de Política Monetária (Copom) reduz a Selic, a tendência é que o crédito fique mais barato, com incentivo à produção e ao consumo, reduzindo o controle da inflação e estimulando a atividade econômica. Por outro lado, quando o comitê aumenta a Selic, a finalidade é conter a demanda aquecida, o que causa reflexos nos preços já que os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança.

Comentários do Facebook

Economia

Receita prorroga suspensão de cobranças até 30 de junho

Publicado

em


source
receita
Agência Brasil/Reprodução

A suspensão das cobranças e da apresentação de documentos originais faz parte de um pacote de ações anunciado no fim de março


Os contribuintes que devem ao Fisco ganharam mais um mês para se defenderem. A Receita Federal prorrogou a suspensão das ações de cobrança até 30 de junho. O prazo foi estendido em um mês por causa do agravamento da pandemia do novo coronavírus.

Leia mais: Caixa deu R$ 6,3 bilhões em crédito para microempresas na pandemia

O Fisco também prorrogou , para o dia 30 deste mês, o prazo para que o contribuinte possa apresentar cópias físicas ou digitais de documentos. A exigência de apresentação dos papéis originais entraria em vigor hoje (1º), mas também foi adiada por causa da Covid-19.

A suspensão das cobranças e da apresentação de documentos originais faz parte de um pacote de ações anunciado no fim de março, assim que o governo tomou as primeiras medidas de enfrentamento à pandemia. A medida tem o objetivo de diminuir aglomerações nas unidades da Receita Federal, diminuindo o risco de contágio.

Procedimentos administrativos

Além das cobranças, tiveram a suspensão prorrogada até o dia 30 os seguintes procedimentos administrativos: emissão eletrônica automatizada de aviso de cobrança e intimação para pagamento de tributos, notificação de lançamento da malha fiscal da pessoa física, exclusão de contribuinte de parcelamento por inadimplência, registro de pendência de regularização no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) e no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) motivado por ausência de declaração.

O atendimento presencial nas unidades da Receita fica restrito até 30 de junho. O contribuinte deverá agendar previamente as visitas para os seguintes serviços: regularização de CPF; cópia de documentos relativos à Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (DIRPF) e à Declaração do Imposto de Renda Retido na Fonte (Dirf); parcelamentos e reparcelamentos não disponíveis na internet e emissão de procurações e de protocolos de retificações de pagamento, de CNPJ e de análise e liberação de certidões.

Diligências

Em relação aos documentos, uma instrução normativa estabelece que caberá aos servidores da Receita, durante o período de pandemia, verificar a autenticidade das cópias nos órgãos responsáveis pela emissão de cada documento. Caso seja necessário, o Fisco pode fazer diligências para confirmar a veracidade das informações prestadas.

O contribuinte pode consultar a página da Receita Federal na internet para verificar os canais de atendimento para cada tipo de serviço. Alguns serviços estão disponíveis para entrega de documentos em cópia simples, definidos pelas superintendências de cada jurisdição.

Comentários do Facebook
Continue lendo
Nacional13 minutos atrás

Frio e pancadas chuvas nesta terça em São Paulo

Fernanda Carvalho/Fotos Publicas 03.08.2018 Previsão do Tempo para São Paulo indica, além de chuva, mais frio para o paulistano neste...

Política6 horas atrás

Brizola Neto (PCdoB) fala sobre pré-candidatura à Prefeitura do Rio

Reprodução/Agência Brasil Brizola Neto vai falar sobre a sua pré-candidatura à Prefeitura do Rio Brizola Neto, pré-candidato à prefeitura pelo...

Política8 horas atrás

TCE/RJ rejeita, por unanimidade, contas de 2019 do governo Witzel

Reprodução Segundo o relatório, durante 2019, o governo do estado não cumpriu o investimento mínimo nas áreas de saúde e...

Estadual8 horas atrás

Moradora que teve lesões permanentes após cair em calçada deve receber indenização

. A vítima perdeu 10% da potência muscular. O Município de Vitória e uma associação foram condenados a indenizar uma...

Estadual8 horas atrás

Medidas protetivas de urgência devem ser prorrogadas até o dia 14 de junho

. Ato Normativo que trata da prorrogação foi disponibilizado no Diário da Justiça. ​Magistradas e magistrados do Poder Judiciário do...

Estadual8 horas atrás

Processo Judicial Eletrônico é implantado nos Juizados Especiais Cíveis da Grande Vitória em junho

. O Ato Normativo nº 75/2020, que trata da implantação do PJe nos JECs, foi assinado pelo presidente do TJES,...

Estadual8 horas atrás

1ª Vara da Violência Doméstica de Vitória disponibiliza jogo da memória educativo

. A brincadeira para educar as crianças já era utilizada nas ações do programa “Maria da Penha Vai” e agora...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!