conecte-se conosco


Educação

Menos de 10% dos cursos avaliados no Enade 2018 tiraram nota máxima

Publicado

em

source

Agência Brasil

Estudantes fazendo Enade
Rodrigo Zanotto/ Especial para a AAN/RAC
O Enade avalia o desempenho de estudante de ensino superior

Em 2018, 492 cursos superiores tiraram a nota máxima no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), de acordo com dados divulgados nesta sexta-feira (4) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Esses cursos correspondem a cerca de 5,8% do total de 8.520 que tiveram o desempenho divulgado.

A maior parte desses cursos é ofertada por instituições públicas federais, 199, seguida por instituições privadas sem fins lucrativos, que ofertam 123; privadas com fins lucrativos, que ofertam 117; públicas estaduais, 52; e um deles é ofertado por instituição pública municipal. Ao todo, foram avaliados nesses cursos 25,2 mil estudantes. Os resultados são referentes ao Conceito Enade , indicador calculado com base no desempenho dos estudantes no Enade 2018.

O Enade é um exame feito por estudantes – ao final dos cursos de graduação – para avaliar conhecimentos, competências e habilidades desenvolvidas ao longo do curso. Levando em consideração o desempenho dos estudantes nas provas, os cursos são classificados seguindo uma escala de 1 a 5.

O conceito 3 reúne a maior parte dos cursos. Aqueles que tiveram um desempenho menor que a maioria recebem conceitos 1 ou 2. Já os que tiveram desempenho superior à maioria recebem 4 ou 5. De acordo com os resultados divulgados, 1.689 cursos obtiveram conceito 4 e 3.830 obtiveram conceito 3.

Abaixo da média

Na outra ponta, mais de um quarto dos cursos avaliados no Enade do ano passado obtiveram desempenho “abaixo da média” na avaliação – ao todo, 2.509, ou seja, cerca de 29% obtiveram conceitos 1 e 2.

A maior parte desses cursos, 1.397, é ofertada por instituições privadas de ensino superior com fins lucrativos; 864 são ofertados por instituições privadas sem fins lucrativos; 76 por instituições públicas federais; 90 por públicas estaduais; 73 por públicas municipais; e 9 por instituições especiais.

Ao todo, 149.209 estudantes são atendidos por essas instituições de ensino . Eles representam um terço, 34%, dos 439.044 estudantes que participaram do Enade e tiveram notas divulgadas.

Direito e Administração

Em 2018, os cursos de administração e direito representam 48,5% do total de inscritos no Enade.

De acordo com o Inep , 23,8% dos cursos de administração avaliados obtiveram Conceito Enade 1 ou 2; 51% obtiveram conceito 3; 20,7%, conceito 4; e, 4,5%, conceito 5. Entre esses cursos, a média da nota geral dos estudantes no exame foi 38,4 de um total de 100 pontos.

Entre os cursos de direito, 36,7% obtiveram conceitos 1 ou 2; 43,4% obtiveram conceito 3; 13% conceito 4; e, 6,9%, conceito 5. A média da nota geral dos estudantes foi 41,3.

O Enade, para todas as áreas, é composto de 40 questões. Elas são divididas em formação geral, que abrange aspectos da formação profissional do estudante; e componente específico, elaborado para cada uma das áreas avaliadas. A parte específica corresponde a 75% da nota e a geral, a 25%.

Enade 2018

Em 2018, cerca de 462,2 mil estudantes de 10,6 mil cursos de aproximadamente 1,8 mil instituições de ensino participaram do Enade. Nem todos os cursos atenderam a todos os quesitos para o cálculo do Conceito Enade .

Foram avaliadas as seguintes áreas com cursos de bacharelado: administração; administração pública; ciências contábeis; ciências econômicas; comunicação social – jornalismo; comunicação social – publicidade e propaganda; design; direito; psicologia; relações internacionais; secretariado executivo; serviço social; teologia; turismo.

Foram avaliados também os cursos superiores de tecnologia em comércio exterior; em design de interiores; design de moda; design gráfico; gastronomia; gestão comercial; gestão da qualidade; gestão de recursos humanos; gestão financeira; gestão pública; logística; marketing; processos gerenciais.

Desempenho do estudante

No boletim do estudante, todos aqueles que fizeram o Enade no ano passado têm acesso às notas individuais, bem como às notas gerais por curso, por região, por unidade da Federação, por área de avaliação e a nota nacional, para comparação. O boletim é acessado pelo sistema Enade por meio de senha individual.

Fonte: IG Mundo
Comentários do Facebook
Leia mais:  Governador visita Sedu e anuncia investimentos de mais de R$ 12 milhões para a Educação
publicidade

Educação

Enem 2019: professores dão dicas para se garantir na realização do exame

Publicado

em

Neste ano, 5,1 milhões de inscritos devem realizar as provas nos dias 3 e 10 de novembro. Confira as disciplinas mais comuns e como se preparar

Falta menos de um mês para a aplicação do Enem 2019 – Exame Nacional do Ensino Médio -, que ocorrerá nos dias 3 e 10 de novembro. A avaliação é a principal porta de entrada para instituições de ensino superior em todo o país, portanto, trata-se de uma prova que causa muita tensão entre os participantes. Para ajudar na preparação, professores do Colégio Objetivo Brasília dão algumas dicas aos candidatos.

“É importante que os estudantes façam um cronograma de estudos para que tenham listado aquilo que é mais cobrado em cada componente curricular, assim o aluno consegue focar nos conteúdos que costumam ser frequentes dentro da avaliação”, sugeriu a pedagoga e psicopedagoga do Colégio Objetivo, Keila Espíndola.

Dentre as várias matérias presentes no exame, português, matemática e redação costumam ser as mais temidas entre os participantes, uma vez que possuem um peso importante na avaliação, além de serem intensamente cobradas.

“O candidato ao Enem em Língua Portuguesa deve ter o hábito de leitura e produção de textos (redação), caso contrário, sentirá um pouco de dificuldade em interpretar os enunciados das questões”, advertiu o professor de Português do Colégio Objetivo, Josevanio Messias.

Dentre os conteúdos mais cobrados na área de Linguagens e Códigos, o professor elencou alguns temas recorrentes: funções da linguagem, tipologia textual, intertextualidade, figuras de linguagem, verbos, pronomes, coesão textual, classes gramaticais, gêneros literários, sintaxe e correção gramatical. Logo, vale a pena o participante dedicar um tempo a mais para estudá-los.

Para redação, Messias sugere a prática constante de escrita textual. “Vale também solicitar a especialistas na área que corrijam as produções, de modo a darem dicas que ajudem o candidato a melhorar a escrita”, opinou. Em relação ao tema, estar atualizado acerca dos últimos acontecimentos pode ser um diferencial para o participante: “ler o que acontece no país e no mundo, em artigos e em jornais confiáveis, é crucial para que a dissertação tenha mais argumentação”, sustentou Espíndola.

Na área de Exatas, o professor de Matemática Gerson Henrique sugere alguns temas prováveis para os exames. São eles:

– Matemática básica: razão, proporção, regra de três, porcentagem;

– Funções: função de reta, função quadrática, função trigonométrica;

– Geometria plana: cálculo de áreas e propriedades das figuras planas;

– Geometria espacial: cálculo de volume;

– Estatística: média, moda, mediana; análise combinatória e probabilidade.

Segundo Henrique, pode ser uma tendência nesta edição a cobrança de determinantes, matrizes e sistemas lineares.

Preparação

Neste ano, foram 5,1 milhões de inscritos para realizar a prova e tentar garantir uma vaga nas universidades brasileiras. Para conseguir se destacar, o candidato deve ir preparado para realizar o exame – não só em relação ao conteúdo, mas também tendo conhecimento acerca da estrutura da avaliação -. A pedagoga do Colégio Objetivo Brasília sugere que os inscritos refaçam avaliações de edições anteriores no intuito de ter uma melhor compreensão da linguagem, do conteúdo e do tempo de realização. “Dificilmente um aluno que não se preparou para a prova conseguirá fazê-la com tranquilidade dentro do horário de execução”, afirmou Espíndola.

Comentários do Facebook
Leia mais:  Professora condenada por chamar alunos de pretinho, burro e dentuço
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie
Economia40 minutos atrás

Norte e Nordeste ficam fora do ranking dos 10 estados mais competitivos do País

arrow-options Governo do Estado de São Paulo/Divulgação Norte e Nordeste ficaram de fora do ranking dos 10 estados mais competitivos...

Economia40 minutos atrás

Em promoção, Guanabara vende cerveja suficiente para saciar três Maracanãs

arrow-options Agência O Globo Tumulto na entrada no Guanabara no início da promoção de aniversário da varejista carioca Brigadeiro e...

Mundo40 minutos atrás

Dois tigres lutam em disputa feroz por fêmea; assista ao vídeo

arrow-options Reprodução/Twitter Vídeo registra momento em que dois tigres entram em briga feroz para ver qual deles conseguiria acasalar com...

Mundo40 minutos atrás

Mãe mata filha asfixiada para se vingar do ex e esconde corpo em porta-malas

arrow-options Reprodução/Mirror Corpo da criança foi guardado no porta-malas do mesmo carro em que a mãe tentou suicídio. Com o...

Mulher42 minutos atrás

Saiba quais erros não cometer na primeira conversa em apps de relacionamento

Muitas pessoas optam pelo uso de aplicativos de relacionamento para encontrar um par. Apesar de ser fácil, é preciso ter...

Saúde2 horas atrás

11 sintomas do HIV que você precisa conhecer

E se eu lhe disser que os primeiros sintomas do HIV se parecem mais com um resfriado comum do que qualquer outra...

Entretenimento3 horas atrás

Sem Graciele, Zezé Di Camargo reencontra Zilu Godoy

Zezé Di Camargo e Zilu Godoy colocaram, mais uma vez, as diferenças de lado pela família. Em pé de guerra...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana