Connect with us

São Mateus

Menina que engravidou após estupro há 2 anos em São Mateus precisou mudar identidade e endereço

Published

on

Reprodução: Internet

A gravidez após estupro voltou a ser assunto no Brasil nos últimos dias por conta da menina de Santa Catarina vítima de violência sexual impedida de fazer o aborto legal por uma juíza e do caso relevado pela atriz Klara Castanho, que teve informações pessoais vazadas na internet. Há dois anos, um caso semelhante chocou o país.

Um homem de 33 anos estuprou e engravidou a sobrinha de 10 anos em São Mateus, no Espírito Santo. A gestação da menina foi interrompida com autorização da Justiça.

LEIA MAIS: Pai é preso suspeito de estuprar e engravidar as duas filhas

Com a repercussão do caso e após ter dados pessoas expostos na internet, a família da menina aceitou participar do Programa de Apoio e Proteção às Testemunhas, Vítimas e Familiares de Vítimas da Violência (Provita), oferecido pelo governo do ES, e que prevê apoio como mudança de identidade e de endereço.

A vítima é do interior do capixaba, mas precisou viajar até Recife para interromper a gestação.

Manifestantes ligados a religiões protestaram do lado de fora da unidade de saúde em que o procedimento foi realizado.

LEIA MAIS: Dano psíquico é maior se menina grávida de estuprador mantiver gravidez, diz psicóloga

O ato, organizado por um grupo contrário ao aborto, teve início após uma publicação da extremista de direita Sara Giromini nas redes sociais, divulgando o nome da criança e o hospital em que ela estava internada. A divulgação dessas informações contraria o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

O tio da menina foi preso em Betim, em Minas Gerais. O homem está preso desde 18 de agosto de 2020 e um exame de DNA confirmou que ele estuprou e engravidou a criança.

O tio foi condenado a 44 anos, três meses e cinco dias de prisão. O caso está em segredo de Justiça.

Neste mês, o g1 publicou reportagens que explicam melhor o que é o aborto legal, após o Ministério da Saúde publicar uma cartilha na qual afirmava que “não existe aborto legal” e defender que os casos permitidos no Brasil sejam submetidos a “investigação policial”.

Nas reportagens, há detalhes sobre o procedimento de interrupção de gestação autorizado pela legislação brasileira. Ele deve ser oferecido gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e é permitido nos casos em que a gravidez é decorrente de estupro, quando há risco à vida da gestante ou quando há um diagnóstico de anencefalia do feto.

Curtiu? Siga o FA NOTÍCIAS no Twitter e  Instagram.
Fique bem informado, faça parte do nosso grupo no WhatsApp e Telegram


(*G1)

Comente Abaixo
Internacional4 minutos ago

Ameaçado pelo Irã, escritor Salman Rushdie é esfaqueado em Nova York

Reprodução Escritor Salman Rushdie é esfaqueado durante evento em Nova York O escritor anglo-indiano Salman Rushdie, de 75 anos, foi...

Política4 minutos ago

Iniciativa proíbe venda de celular sem acessórios

O Projeto de Lei (PL) 208/2022 proíbe a venda de aparelhos de telefonia móvel sem cabos, fone de ouvido, conectores, baterias e...

Política29 minutos ago

Proposta homenageia escritor capixaba

O Projeto de Lei (PL) 404/2022, apresentado pelo deputado Gandini (Cidadania), declara patrono da Educação no Espírito Santo o professor...

Política29 minutos ago

Matéria visa aumentar segurança em piscinas

Ampliar a segurança em piscinas residenciais e coletivas com a instalação de uma série de dispositivos de segurança nesses espaços....

Estadual48 minutos ago

Mulher é espancada após flagrar relação sexual do companheiro com amiga em festa

O caso aconteceu no bairro Morada da Barra, em Vila Velha. Segundo a polícia, as agressões aconteceram depois que a...

Economia59 minutos ago

Dieese: salário mínimo de uma família deveria ser de R$ 6.388 em julho

Redação 1Bilhão Dieese: salário mínimo de uma família deveria ser de R$ 6.388 em julho O salário mínimo ideal para...

Economia59 minutos ago

Renegociação de dívidas com a Receita tem descontos de até 70%

Giovanni Santa Rosa Governo amplia renegociação de dívidas com a Receita com descontos de até 65% O governo ampliou o...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana