conecte-se conosco



Regional

Menina de 13 anos luta com maníaco e escapa de estupro em Jaguaré

Publicado

em

Uma adolescente de 13 anos identificada pelas iniciais L.S, escapou de ser estuprada na noite desta quinta-feira (12) quando por volta das 21h40 retornava para sua casa de bicicleta, no Córrego do Menezes, em São João do Estivado, interior de Jaguaré.

O que mais chama a atenção é que o maníaco que tapava o rosto com a camisa, é da comunidade onde a adolescente mora e já vinha a observando há tempos. Chegou a dizer para ela que havia sido contratado para matá-la.

Mas a adolescente não se rendeu ás ameaças do maníaco e lutou até conseguir evitar que fosse estuprada, apesar da situação crítica que precisou conviver, lutando com um homem que a todo instante tentava tirar suas roupas e passava as mãos em suas partes intimas. Mas o pior conseguiu evitar: ser estuprada.

Os policiais da 5ª Companhia da Polícia Militar de Jaguaré que atenderam à ocorrência informaram que a menina mora com a avó e retornava de Barra Seca em sentido a sua residência a bordo de sua bicicleta na estrada de terra quando foi surpreendida por um homem que saiu do mato as margens da estrada e lançou contra ela um pedaço de madeira derrubando-a da bicicleta.

Fato seguinte o indivíduo, que mantinha o rosto coberto por uma camiseta, a agarrou pelos braços e cabelos a arrastou para as margens da estrada em meio à vegetação onde apertou seu pescoço sufocando-a com o pedaço de madeira, enquanto dizia que poderia matá-la se não se calasse. Nesse momento o acusado passou a acariciar todo o corpo da vítima principalmente suas partes íntimas. A adolescente disse que não cedeu e continuou lutando para escapar do acusado que chegou a dizer que foi contratado por alguém para matá-la.

Em seguida o acusado levantou a vítima do chão e tentou arrasta-la novamente para outro local próximo onde havia uma vegetação mais densa, porém nesse momento mais uma vez a adolescente reagiu contra o maníaco com tapas e chutes, momento em que parte da camisa que cobria o rosto do suspeito desprende-se.

Foi neste momento o estuprador acabou retirando a camiseta do rosto revelando-se para a adolescente. Foi quando mais uma vez a adolescente reagiu que conseguiu se soltar do acusado, pegar a bicicleta e fugindo do local para sua casa onde solicitou ajuda.

A vítima relatou que o acusado é pessoa bastante conhecida na comunidade em que mora e que por vezes quando passava por ele na rua notava que a olhava de maneira suspeita, mas que nunca imaginava que fosse capaz de fazê-la algo do tipo.

Quando relatava os fatos, a adolescente demonstrava estar muito assustada e chorava quando se lembrava dos detalhes. Diante dos fatos foram realizadas buscas pelo acusado que até o fechamento deste boletim não foi localizado. 

Comentários do Facebook

Regional

Seca e avanço das queimadas preocupam agricultores do Noroeste do ES

Publicado

em

Seca no Rio do Norte, em Boa Esperança (Foto: Agricultor André Valani)

A seca provocada pela estiagem prolongada dos últimos meses, e o avanço das queimadas vem preocupando os agricultores do Noroeste do Estado. A região é a mais castigada pela falta de chuva desde o fim do primeiro semestre deste ano.

Os dados mais recentes do Monitor de Seca da Agência Nacional de Águas (ANA), apontam que houve um avanço da seca fraca até a parte central do Espírito Santo, onde as chuvas foram ligeiramente abaixo da normalidade nos últimos meses e os indicadores de seca de curto prazo apresentaram piora.

Para o agricultor e pecuarista de Boa Esperança, Pablo Antunes Colle, os baixos volumes dos reservatórios de água preocupam. “A preocupação nossa é se a estiagem se prolongar. Os nossos reservatórios de água são pequenos e a gente busca fazer o mínimo com que o temos, buscando fazer um uso consciente dos recursos hídricos. Nós irrigamos nossa agricultura uma vez por semana, quando o ideal seria mais vezes, mas temos consciência da gravidade da situação. Se não chover nos próximos trinta a sessenta dias, teremos dias difíceis e a safra de café do próximo ano ficará comprometida”.

Segundo o técnico agrícola do Incaper, Ivanildo Schmith, que é mestre em agricultura tropical e especialista em gestão ambiental, no período de abril a setembro é comum que ocorra a diminuição da precipitação no Espírito Santo, mas faz um alerta. “É normal, mas é claro que a ação humana e o baixo orçamento [para a área], agravam o problema”.

“O aquecimento global está influenciando demais [no clima e no meio ambiente]. Os fatores climáticos estão acontecendo de forma mais rápida e imprevisível. Temos conscientizado os agricultores sobre a importância da preservação das nascentes, da implantação de um sistema de irrigação eficiente, mas a situação está no limite”, relatou.

Queimadas

O clima seco também tem favorecido para a ocorrência de queimadas em vários municípios da região Noroeste do Estado. Nesta quinta-feira (17), pelo menos três incêndios no interior de Nova Venécia, assustaram os moradores e trouxeram prejuízos aos agricultores. O fogo destruiu pastos, lavouras de café, plantação de eucaliptos e parte de uma área da mata atlântica. Segundo a Defesa Civil, cerca de 50 alqueires de propriedades já foram consumidos pelo fogo no município nos últimos dias.

No patrimônio do XV, o incêndio atingiu a fazenda de Taciana Valani. Segundo a tia dela, Adma Valani, a suspeita é que o fogo tenha começado a partir de um curto-circuito na fiação da propriedade. “Foi um susto muito grande. O fogo se alastrou rapidamente, chegou próximo das casas, destruiu a pastagem e plantações. Tive que retirar meus pais correndo com medo das chamas atingirem a casa. Tivemos a ajuda da Defesa Civil, e os moradores da comunidade se mobilizaram para evitar uma tragédia. Prejuízo enorme, e uma perca irreparável da fauna e da flora”.

Ela falou sobre a preocupação caso as chuvas não venham. “Tá um tempo muito diferente. Essa seca chegou rapidamente e de forma estranha. Os rios da região estão com seu nível muito baixo e estamos preocupados com isso”.

O tenente Davi Pedroza, do Corpo de Bombeiros de Nova Venécia, disse que esse período do ano reúne todas as condições para a ocorrência de queimadas e citou os principais desafios da corporação para combater esses incêndios. “É um período de muita seca, muito vento, onde a vegetação está muito seca e robusta. Isso facilita com que o fogo se propague rapidamente. O grande problema que a gente tem é o efetivo baixo e a questão de material. A gente não consegue atender todas as ocorrências”.

O militar do Corpo de Bombeiros também falou sobre a dificuldade de se controlar os incêndios típicos desse período. “É difícil controlar um incêndio desses, é difícil apagar, e muitas vezes não tem nem o que ser feito quando a vegetação está muito grande. Numa média, por ocorrência, a gente está apenas com três militares para dar conta de todos os incêndios da região. Outros dois ficam na ambulância, e se eu colocar esses dois no combate a incêndio em vegetação, a cidade fica sem ambulância para socorrer acidentes, e outras ocorrências. É complicado”.

» Vegetação queima em incêndio no interior de Nova Venécia


(*Site Barra)

 

 

Comentários do Facebook
Continue lendo
Estadual14 minutos atrás

Escola da Magistratura do Espírito Santo apoia Audiência Pública “Vitória contra as Fake News”

. O evento virtual será coordenado pela juíza Gisele Souza de Oliveira. A Audiência Pública “Vitória contra as Fake News...

Estadual14 minutos atrás

Presidente do TJES e governador do Estado participam de webinário organizado pela Supervisão das Varas da Infância e da Juventude

. O webinar: Criança Cidadã Desde a Primeira Infância começa na próxima quinta, 24. A Supervisão das Varas da Infância...

Esportes29 minutos atrás

Vitória do CRB é insuficiente e Juventude segue na Copa do Brasil

. O Juventude é o primeiro time, entre os que disputam a quarta fase da Copa do Brasil, classificado às...

Esportes44 minutos atrás

Flamengo supera Barcelona e desfalques pela covid-19 na Libertadores

  . O Flamengo se recuperou da goleada por 5 a 0 sofrida na última quinta-feira (17) para o Independiente...

Esportes1 hora atrás

CBF marca reunião para tratar de retorno de público a estádios

. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou na noite desta terça (22) que se reunirá com os clubes da...

Política1 hora atrás

“Se a mídia está criticando, é porque discurso na ONU foi bom”, diz Bolsonaro

Marcos Corrêa/Agência Brasil Bolsonaro na ONU O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse a apoiadores, nesta terça-feira (22), no Palácio...

Saúde2 horas atrás

Covid-19: Brasil tem 33,5 mil novos casos e 836 mortes em 24 horas

. O Brasil teve 836 mortes e 33.536 novos casos do novo coronavírus registrados nas últimas 24 horas. Os dados...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!