conecte-se conosco



Economia

Mega-Sena sorteia R$ 14 milhões nesta quarta-feira

Publicado

em

aposta na Mega-Sena
iG São Paulo

Concursos da Mega-Sena ocorrem normalmente às quartas e aos sábados

A Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira (14) um prêmio estimado em R$ 14 milhões . As seis dezenas do concurso 2.224 serão sorteadas a partir das 20h (horário de Brasília) no Espaço Loterias Caixa, localizado no Terminal Rodoviário do Tietê, na cidade de São Paulo.

 No último sábado (11), ninguém acertou as seis dezenas e por isso o prêmio acumulou. A Mega-Sena ainda não viu nenhuma aposta levar o prêmio principal em 2020 e está acumulada há três concursos , desde a Mega da Virada. 

Como apostar na Mega-Sena?

O prêmio principal da Mega-Sena paga milhões para aqueles que acertarem os  seis números sorteados. Ainda é possível ganhar prêmios ao acertar 4 ou 5 números dentre os 60 disponíveis no volante de apostas.

 A Caixa Econômica, gestora da loteria, orienta que o apostador deve marcar de 6 a 15 números do volante. Uma opção é deixar que o sistema escolha os números, na modalidade de aposta Surpresinha . Também é possível concorrer com a mesma aposta por 2, 4 ou 8 concursos consecutivos na opção Teimosinha .

Quando ocorrem os sorteios?

A Caixa realiza sorteios da Mega-Sena pelo menos duas vezes por semana, às quartas e aos sábados. O banco estatal explica que para adequar o número do concurso da Mega da Virada, que deve ter final 0 ou 5, foram criadas as Mega-Semanas que são exclusividade da Mega-Sena.

 Os sorteios ocorrem em datas predeterminadas ao longo do ano. Na ocasião, são realizados três concursos semanais, às terças, quintas e sábados. Feriados às quartas e aos sábados também podem alterar a agenda dos concursos.

Preços e prêmios

A aposta mínima, de 6 números, custa R$ 4,50. Quanto mais números marcar, maior o preço da aposta e maiores as chances de faturar o prêmio. A maior aposta possível é em 15 números e custa R$ 22.522,50.

O prêmio bruto corresponde a 43,35% da arrecadação. Dessa porcentagem:

  • 35% são distribuídos entre os acertadores dos 6 números sorteados (Sena);
  • 19% entre os acertadores de 5 números (Quina);
  • 19% entre os acertadores de 4 números (Quadra);
  • 22% ficam acumulados e são distribuídos aos acertadores dos 6 números nos concursos de final 0 ou 5.
  • 5% ficam acumulados para a primeira faixa – sena – do último concurso do ano de final 0 ou 5 (Mega da Virada).

Recebimento 

Os vencedores podem receber o prêmio em qualquer casa lotérica credenciada ou nas agências da Caixa. Caso o prêmio líquido seja superior a R$ 1.332,78 (bruto de R$ 1.903,98) o pagamento pode ser realizado somente nas agências da Caixa.

Valores iguais ou acima de R$ 10 mil  são pagos após 2 dias de sua apresentação na agência da Caixa.

Prêmio acumulado

Não havendo acertador em qualquer faixa, o valor acumula para o concurso seguinte, na respectiva faixa de premiação. Não deixe de conferir o seu bilhete de aposta.

Os prêmios prescrevem 90 dias após a data do sorteio . Após esse prazo, os valores são repassados ao tesouro nacional para aplicação no FIES – Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior.


Fonte: IG ECONOMIA

Comentários do Facebook
Leia mais:  Renner pagará em dobro ex-empregada que trabalhava 8 dias consecutivos sem folga
publicidade

Economia

Após crise, governo federal anuncia demissão do presidente do INSS

Publicado

em

source
Renato Vieira%2C presidente do INSS%2C em imagem de arquivo arrow-options
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Renato Vieira, presidente do INSS, em imagem de arquivo

O secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, anunciou que o presidente do INSS, Renato Vieira deixará o comando do instituto. O substituto será Leonardo Rolim, que é atualmente secretário da Previdência. Ainda não há definição de quem o substituirá no ministério.

Renato Vieira foi nomeado no início do governo do presidente Jair Bolsonaro, e ficou pouco mais de um ano no cargo. De acordo com a gestão, a saída de Renato Vieira foi por uma vontade própria.

INSS: Ministério Público e TCU querem suspender contratação de militares

A troca no comando no INSS ocorre após a crise das filas de atendimento para pedidos de aposentadoria e benefício. Atualmente existem quase 2 milhões de pedidos de benefícios na fila.

O prazo para regularizar essa situação, segundo o próprio governo, é de seis meses.

“Ele consolidou sua disposição de sair do INSS a pedido. Foi uma conversa amadurecida ao longo dos últimos 15 dias”, afirmou o secretário Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho.

“Ano passado foi bastante intenso, esse ano será muito desafiador. O Renato acha que precisa se dedicar a seus projetos, e nós aceitamos sua demissão. Comunicamos ao [ministro da Economia] Paulo Guedes e [ao presidente da República Jair] Bolsonaro, e amanhã haverá consolidação desse ato, com indicação do seu substituto”, declarou.

Entenda a crise

O INSS admite que houve uma diminuição da produtividade no processamento de novos benefícios. O órgão atribui a este fator ao aumento de 36% nos pedidos mensais desde a digitalização dos processos, a formação de uma fila de quase 2 milhões de requerimentos que não são analisados dentro do prazo legal de 45 dias.

Leia mais:  Abel dispara contra dirigentes do Flamengo: ‘O que não suporto é traição’

Para demonstrar a perda de produtividade, porém, o órgão não aponta os dados de 2019, o primeiro do governo de Jair Bolsonaro, mas de 2018, ano em que “o INSS registrou o maior fluxo de novos requerimentos já registrado e a menor produtividade dos últimos quatro anos (2016 a 2019)”, como consta em nota enviada ao jornal o Globo, nesta terça-feira (21).

Demora na concessão de benefícios pode gerar prejuízo de R$ 14 milhões ao INSS

O INSS já havia diagnosticado há pelo menos seis meses a necessidade de mais de 13,5 mil servidores para lidar com o estoque formado de 1,4 milhão de processos e com os novos pedidos que aportavam no órgão. A crise se agravou, não houve incremento de funcionários e esse estoque chegou a quase 2 milhões num prazo de seis meses.

Comentários do Facebook
Continue lendo
Policial1 minuto atrás

PRF inaugura Delegacia em Linhares/ES

A maior e mais moderna delegacia da PRF no ES foi planejada visando proporcionar melhor atendimento à população capixaba Foi...

Policial1 minuto atrás

PRF recupera carga e veículo roubados no Rio de Janeiro

Um caminhão com 15 toneladas de carne suína foram roubados em Barra Mansa/RJ e levados para o Espírito Santo Na...

Mulher1 minuto atrás

Eletroestimulação muscular ajuda a perder gordura e reduzir celulite; saiba mais

A eletroestimulação muscular – também conhecida como EMS – conquista cada vez mais espaço na prática de exercícios e se...

Mulher1 minuto atrás

Horóscopo do dia: previsões para 29 de janeiro de 2020

arrow-options Marcelo Dalla O horóscopo do dia apresenta a previsão para o seu signo e ascendente Leia também: Horóscopo Chinês: o...

Mulher1 minuto atrás

Como envelhecimento afeta pele, cabelo e unhas e o que fazer para se prevenir

Mudanças são inevitáveis, especialmente àquelas que acontecem por causa do tempo e afetam o corpo, mais especificamente, a beleza. Mas,...

Mulher1 minuto atrás

Professora risca barriga de criança para deixar “bilhete” e mãe fica furiosa

Na tentativa de avisar que o filho estava precisando de mais fraldas, uma criança teve a barriga riscada no berçário com o...

Mulher1 minuto atrás

Quando será a sua última menstruação? Exame de sangue pode dar a resposta

Logo depois que ela começa a gente quer começar a desejar que acabe, né? A menstruação pode ser um incômodo...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana