conecte-se conosco



Estadual

Marceneiro deve indenizar cliente em R$ 7 mil por não concluir serviço parcialmente pago

Publicado

em


Segundo a sentença, ficou comprovado, por meio de fotos, que alguns móveis foram instalados sem estarem finalizados e outros nem sequer foram entregues.

Um prestador de serviços de marcenaria foi condenado, a indenizar em R$ 7.325,00 uma consumidora. Segundo a requerente, foram firmados três contratos de marcenaria, por meio do qual o réu teria se comprometido a revestir portais, mesas, cadeiras, rodapés de madeira, fixar alizares e fabricar guarda-roupas, armários e prateleiras, tendo sido pactuado o pagamento total de R$ 11.150,00.

Ocorre que, segundo a autora, mesmo tendo sido pagos R$ 8.650,00, o requerido não cumpriu com suas obrigações contratuais, pois, não teria entregue, até o ajuizamento da ação, 04 portas; finalizado dois guarda-roupas, armário de madeira para varanda, cadeiras e armários de banheiro. Os demais itens teriam sido entregues, porém sem acabamento e envernização.

A autora, então, entrou com pedido de restituição de 50% do valor pago, no montante de R$ 4.325, além da condenação ao pagamento de danos materiais no valor de R$ 904, e, ainda, uma indenização por danos morais no valor de R$ 10 mil.

O pedido da autora foi julgado parcialmente procedente pelo juiz da 1ª Vara Cível de Vitória, que entendeu que ficou comprovado que existia uma relação contratual e que o requerido não cumpriu com os prazos de entrega.

Além disso, foram anexadas fotografias aos autos que, segundo a sentença, comprovam “a falha na prestação dos serviços indicada na ausência de conclusão destes, tanto pela não entrega de móveis específicos, como guarda-roupas e armário (fls.17), quanto por ausência de conclusão nos móveis instalados”, destacou o magistrado, considerando justo o abatimento de 50% do valor pago pela requerente.

O juiz entendeu, por outro lado, que não ficaram comprovadas despesas de frete e montagem por parte da autora, indeferindo, assim o pedido de indenização por danos materiais.

Quanto aos danos morais, o magistrado entendeu devidos, no entanto, fixou a indenização em R$ 3 mil.

“Nesta senda, tratando-se de produto de natureza essencial, certo é que a privação dos móveis planejados para o imóvel da Autora enseja violação aos direitos da personalidade que transcende os dissabores cotidianos. Contudo, o arbitramento do dano moral deve buscar a composição equânime entre a gravidade do fato e a condição financeira das partes em litígio, mas, com especial relevo, atentar ao postulado do devido processo legal em seu aspecto material, dentro dos axiomas da proporcionalidade e razoabilidade. Assim, na hipótese, em atenção aos aspectos pertinentes ao fato e às partes do litígio, entendo que o valor de R$ 3.000 (três mil reais) se coaduna com a lógica do razoável, o qual fixo como indenização devida na espécie a título de danos morais”, concluiu o juiz.

Processo nº 0038784-82.2017.8.08.0024

Vitória, 26 de janeiro de 2021

Informações à Imprensa

Assessoria de Imprensa e Comunicação Social do TJES
Texto: Maira Ferreira | [email protected]

Maira Ferreira
Assessora de Comunicação do TJES

[email protected]
www.tjes.jus.br

Fonte: TJES

Comente Abaixo
Estadual15 minutos atrás

Idosos acima de 60 anos podem ser vacinados ainda neste mês no ES, diz subsecretário

    Subsecretário de Saúde diz que a imunização depende do envio das vacinas pelo Governo Federal, que sinalizou um...

Estadual23 minutos atrás

ES continua com apenas uma cidade em risco alto para Covid-19

  Dos 78 municípios capixabas, 27 estão classificados em risco baixo e 50 estão em risco moderado. Somente o município...

Mulher23 minutos atrás

Nossa Senhora das Neves: oração de paz para tempos difíceis

Redação João Bidu Nossa Senhora das Neves: oração de paz para tempos difíceis Nossa Senhora das Neves é uma das...

Entretenimento23 minutos atrás

Sabrina Sato diz que Covid-19 atrapalhou planos de casamento com Duda Nagle

Instagram/Reprodução Sabrina Sato e Duda Nagle Após revelar que foi ela quem tomou a iniciativa para chegar em Duda ,...

Nacional23 minutos atrás

STF mantém autonomia de cidades e estados para a adoção de medidas de isolamento

Nelson Jr./SCO/STF Ministro Ricardo Lewandowski O STF (Supremo Tribunal Federal) formou maioria, nesta sexta-feira (5), para manter a autonomia dos...

Nacional37 minutos atrás

Vídeo: mulher leva idoso morto a banco para receber benefício

  O caso ocorreu em uma agência bancária Goiânia; atendente suspeitou do comportamento e acionou o Corpo de Bombeiros Na...

Nacional40 minutos atrás

Antes de morrer, mãe envia mensagem à filha: ‘Vou pra UTI. Amo vocês’

  Valéria Zadorozny, de 42 anos, foi vítima da covid-19. ‘Ela nunca vai ver eu me formar… Usem máscara, não...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!