conecte-se conosco


Estadual

Majeski quer auditor para vaga de conselheiro do Tribunal de Contas

Publicado

em

VITÓRIA (ES) – O deputado estadual Sergio Majeski (PSB) vai apresentar oficialmente três auditores concursados, do próprio Tribunal de Contas do Estado (TCE-ES), para concorrer à vaga de conselheiro aberta com a aposentadoria de José Antônio Pimentel.

As indicações técnicas reforçam a coerência, a defesa e o trabalho do deputado para diminuir as nomeações políticas. Majeski é autor do Projeto de Decreto Legislativo – PDL 82/2016, que estabelece novos critérios para dificultar a indicação de pessoas que tenham relação recente, próxima ou de parentesco com políticos, agentes públicos, governos e governantes.

“O Estado do Rio de Janeiro é um ótimo exemplo de como as nomeações políticas afetam significativamente as contas púbicas. Aqui no Espírito Santo, historicamente, os indicados para as vagas de conselheiros são deputados, secretários estaduais e outras pessoas que já possuem relação com figurões que ocupam cargos públicos.

Na maioria são nomeações que não atendem os anseios da sociedade. Conselheiros afastados por corrupção, conselheiros no exercício da função com processo de improbidade, aprovação das contas dos governos, mesmo quando o Ministério Público de Contas faz parecer contrário, são exemplos lastimáveis. Quem deveria fiscalizar as contas do Governo, prefeituras e de todos os ordenadores de despesas acabam tendo o trabalho afetado por conta do relacionamento, que gera parcialidade. A imparcialidade e a independência são fundamentais nesse processo. É isso que buscamos ao propor a nomeação de técnicos”, destaca o deputado Majeski.

Os indicados pelo deputado Sergio Majeski à cadeira de conselheiro TCE-ES são Alexsander Binda Alves, Holdar de Barros Figueira Netto e Odilson Souza Barbosa Júnior e o prazo para inscrição dos nomes na Assembleia Legislativa termina nesta sexta-feira (27).

Leia mais:  Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves está com vagas abertas

Projeto de Majeski valoriza técnicos concursados

Com o Projeto de Decreto Legislativo – PDL 82/2016, o deputado Sergio Majeski propõe que duas (das quatro) vagas que a Constituição Estadual confere indicação pela Assembleia Legislativa à cadeira de conselheiro do TCE-ES sejam destinadas obrigatoriamente aos técnicos concursados do próprio órgão, auditores e membros do Ministério Público de Contas, indicados em lista tríplice pelo Tribunal.

As mudanças propostas estabelecem ainda que os candidatos não podem ter exercido qualquer cargo próprio de agente político, eletivo ou não, nos três anos que antecedem a data de abertura das inscrições e não ter relação de parentesco em linha reta, colateral ou por afinidade, até o terceiro grau, com agente político estadual eleito, em exercício do mandato. Além disso, o processo de arguição pública do candidato, que é realizado pela Comissão de Finanças, Economia, Orçamento, Fiscalização, Controle e Tomada de Contas da Assembleia Legislativa passe a contar com a participação da Ordem dos Advogados do Brasil e representantes da sociedade civil.

Comentários do Facebook
publicidade

Estadual

TJES disponibiliza consulta pública para a criação da Política de Acessibilidade da instituição

Publicado

em

Até a próxima quinta-feira (14), membros do Sistema de Justiça, integrantes da sociedade civil organizada e pessoas com deficiência podem contribuir e enviar sugestões.

O Poder Judiciário do Estado do Espírito Santo abriu uma consulta pública para que toda a sociedade possa contribuir com a criação de sua Política de Acessibilidade e Inclusão, que norteará todas as atividades da Justiça capixaba no que diz respeito à adoção de medidas voltadas para a inclusão de pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.

Até a próxima quinta-feira (14), todos os cidadãos podem enviar sugestões por meio do formulário disponível neste link: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScm2uC6j-5aotAshuNyAxQjtc5ORWcooBGACFPjlV1umw56BQ/viewform?vc=0&c=0&w=1

A proposta é institucionalizar a acessibilidade e a inclusão, como forma de assegurar e promover, em condições de igualdade, o exercício dos direitos e das liberdades fundamentais por pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida, visando à sua inclusão social e cidadania.

Portanto, ao preencher o formulário, membros do Sistema de Justiça, integrantes da sociedade civil organizada e pessoas com deficiência podem contribuir para a criação de uma nova cultura organizacional.

Segundo a equipe da Comissão de Acessibilidade do TJES, essa política deve contemplar a acessibilidade e a inclusão nas atividades para que haja uma construção efetiva e coletiva da acessibilidade arquitetônica, comunicacional, atitudinal, programática, metodológica, tecnológica e instrumental, quer seja na prestação dos serviços públicos, quer seja nas contratações realizadas, pois, a Administração Pública tem papel preponderante na construção de uma sociedade mais inclusiva.

Serviço: Sugere-se a pessoas com deficiência visual que acessem o formulário por computador ou notebook para que os leitores de tela funcionem com maior qualidade.

Vitória, 11 de novembro de 2019.

 

Informações à Imprensa:

Assessoria de Imprensa e Comunicação Social do TJES
Texto: Elza Silva com informações da Comissão de Acessibilidade| [email protected]

Leia mais:  Padeiro é assassinado na frente do filho, de 13 anos no ES

Andréa Resende
Assessora de Comunicação do TJES

[email protected]
www.tjes.jus.br

Fonte: TJES

Comentários do Facebook
Continue lendo
Mulher8 minutos atrás

Skittle Nails: tendência aposta em cores de esmalte diferentes para cada unha

Se você adora estar por dentro das tendências, vai ficar feliz ao saber que há uma ideia de nail art que...

Entretenimento10 minutos atrás

Geisy Arruda quase mostra demais ao exibir bronzeado: “diaba”

A digital influencer deixou os fãs babando no Instagram Geisy Arruda roubou a cena nas redes sociais ao posar usando...

Nacional18 minutos atrás

Gari é humilhada por estar maquiada enquanto varria as ruas

‘Não é por trabalhar varrendo rua, lidando diretamente com lixo que deixaria de ser mulher’, declarou Paulina Carvalho, de 25...

Internacional24 minutos atrás

Filho de 17 anos mata mãe e esconde corpo dentro do armário

No momento em que foi detido, o jovem confessou às autoridades locais que tinha feito “algo muito mau” Uma mulher...

Internacional34 minutos atrás

Evo Morales deixa Bolívia rumo ao México, afirma chanceler

arrow-options Reprodução/Twitter Ex-presidente boliviano já viajou para o México Evo Morales deixou a Bolívia rumo ao México, na madrugada desta terça-feira...

Internacional34 minutos atrás

Agência confirma que Irã retomou atividade de enriquecimento de urânio

arrow-options Reprodução/Twitter/HassanRouhani Presidente do Irã, Hassan Rouhani, ressaltou que seu país quer a energia nuclear apenas para fins pacíficos A...

Política34 minutos atrás

Solene vai homenagear produtores de café nesta 4ª

A Assembleia Legislativa (Ales) realiza nesta quarta-feira (13), às 15 horas, no Plenário Dirceu Cardoso, sessão solene em homenagem à...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana