conecte-se conosco


Entretenimento

Maisa, “Roda Viva” e os programas da TV aberta que merecem a audiência

Publicado

em

A televisão aberta, por anos a fio, tem sido um dos principais meios de entretenimento para os diferentes tipos de público. E essa condição não se alterou durante o ápice da TV paga e não dá pistas de estafa em meio à ascensão do streaming.

Leia também: Tiago Leifert, Pedro Bial e os famosos que emplacaram projetos próprios na Globo


emissoras de TV aberta
Divulgação

emissoras de TV aberta

 Com a proposta de reverenciar esse legado permanente, o iG Gente selecionou os melhores programas da televisão aberta .

Leia também: “O Sétimo Guardião” se configura como um fracasso na carreira de Aguinaldo Silva

  • “Música na Band” – Band

Os melhores programas da televisão aberta
Divulgação

Os melhores programas da televisão aberta

Em uma espécie de talk show musical, o programa é apresentado por Rick Bonadio, um produtor musical consolidado no mercado fonográfico por descobrir grandes nomes do show business. Sempre mesclando entre convidados do hype, como IZA e Vitor Kley, ele não se rende às massas e traz também nomes clássicos, como Ronnie Von e outros. Para finalizar, os papos não têm tabus, vão de música à política em um piscar de olhos.

  • “Mega Senha” – RedeTV!

Os melhores programas da televisão aberta
Divulgação

Os melhores programas da televisão aberta

Apresentado pelo vice-presidente da emissora, Marcelo de Carvalho, “Mega Senha” é um game show que envolve diferentes elementos em uma obra só: intelecto, humor e o fator variável. Como a logística do programa depende do intelecto, já que é baseado em acertar sinônimos sem dizer a palavra diretamente, o produto interage indiretamente com o telespectador, que pode tentar acertar os desafios.

Para finalizar, o elemento humor vem em consequência do fator variável, que são os convidados, que apesar de não serem intelectuais, sempre possuem grandes personalidades.

  •  “Power Couple” – Record TV

Os melhores programas da televisão aberta
Divulgação

Os melhores programas da televisão aberta

Mudando de emissora, a Record continua a apostar no “Power Couple”, uma versão do reality show “BBB” só que apenas para casais. O programa une uma série de casais com determinada notoriedade e os coloca juntos em uma casa.

Leia mais:  Pink é levada ao hospital na Austrália duas vezes em menos de 24 horas

Além das dificuldades da convivência com outros casais, que têm personalidades e costumes diferentes, eles têm que enfrentar provas que envolvem suas próprias relações amorosas, o que além de deixá-los mal perante os colegas de confinamento, pode deixá-los mal com seus próprios cônjuges – questão essa que gera entretenimento e muito riso, pelo menos na atual edição.

  • “Conversa com Bial” – Globo

Os melhores programas da televisão aberta
Divulgação

Os melhores programas da televisão aberta

Apresentado por Pedro Bial, o talk show segue uma linha diferente de todos os programas da mesma faixa horária. Sempre trazendo contrastes em suas entrevistas, ele não segue as tendências. Se em uma edição o convidado é de direita, na outra semana é um representante da esquerda. Por outro lado, filósofos, sociólogos, escritores e famosos também têm seu espaço garantido na atração – o que permite uma diálogo plural e contundente.

  • “Programa da Maisa” – SBT

Os melhores programas da televisão aberta
Divulgação

Os melhores programas da televisão aberta

Infantilizado e nada natural, o novo programa do SBT traz alguns diferenciais entre os concorrentes do mesmo formato. Sempre trazendo duas pessoas com realidades distintas, a intenção é possibilitar diálogos, troca de conhecimentos e muito humor. Falando nesta área, é uma das partes em que o programa mais se destaca já que produz uma série de esquetes com seus convidados e ainda têm o humorista Oscar Filho como tira-colo.  

  • “Roda Viva” – TV Cultura

Os melhores programas da televisão aberta
Divulgação

Os melhores programas da televisão aberta

Leia também: Fernando diz que Maiara é ciumenta e já precisou se esconder dela no banheiro

Para finalizar a lista de atrações da televisão aberta que valem a pena, temos o clássico “Roda Viva”. O programa da TV Cultura é uma sabatina que aborda temas atuais e de relevância, sempre em busca de dar esclarecimentos ao público, promover debates de maneira saudável e dar a chance de pessoas, políticos, famosos ou intelectuais defenderem seu ponto de vista sobre determinados assuntos.

Leia mais:  Ana Maria e Palmirinha se reencontram após quase 20 anos: “Realização de sonho”

Fonte: IG Gente
Comentários do Facebook
publicidade

Entretenimento

Elogio da resistência, “Inferninho” abraça figuras marginalizadas pela sociedade

Publicado

em

“Inferninho” poderia ser um filme do Almodóvar dos anos 80, mas faz sentido que seja uma produção independente brasileira dessa metade final da segunda década do século XXI. Ambientado todo dentro de um bar, o longa é uma tragicomédia cheia de melodrama e personagens que trafegam entre a alegoria e a metaforização.

Leia também: “O Homem que Matou Dom Quixote” é sonata contra cinismo infiltrado na arte


Inferninho
Divulgação

Cena de Inferninho, que chega aos cinemas nesta quinta-feira (23)

Dirigido por Guto Parente e Pedro Diógenes, “Inferninho”  nasceu do encontro de dois grupos artísticos de Fortaleza: Grupo Bagaceira de Teatro e Alumbramento Filmes. Essa contaminação, para usar um termo empregado por Parente, norteia um longa que tem como composição básica falar de amor e do poder transformador da fantasia.

Yuri Yamamoto vive Deusimar, essa mulher trans que explora seus funcionários em um bar e que em um belo dia se apaixona por um marinheiro (Démick Lopes) que chega para ficar. Essa relação, tumultuada e cheia de desejos inconfessos, altera a rotina de funcionários e frequentadores do bar.

Leia também: Novo filme de Christopher Nolan ganha título e mais nomes no elenco

Este é um longa que convida o espectador a se perder nele, a embarcar naquele universo de dor e desilusão, mas também de crença e entrega. Ainda que se resolva como um elogio da resistência, “Inferninho” busca o diálogo com o público por meio das angústias dos personagens, todos em carne-viva e reverberantes de alguma forma.

Fonte: IG Gente
Comentários do Facebook
Leia mais:  “Legalize Já” faz belo retrato da amizade de D2 e Skunkantes do Planet Hemp
Continue lendo
Nacional11 minutos atrás

Prêmio de R$ 11,8 milhões da Mega-Sena sai para aposta no interior de São Paulo

Divulgação/ Wilson Dias/ Agência Brasil Aposta de Aramina, no interior de São Paulo, vai embolsar quase R$ 12 milhões O...

Polícia Federal12 minutos atrás

Polícia Federal deflagra Operação Nêmesis para combater pornografia infantil

Brasília/DF – A Polícia Federal deflagrou hoje, 23/05, a Operação Nêmesis*, com o objetivo de reprimir a prática de crimes...

Nacional28 minutos atrás

Polícia do Rio oferece recompensa pela prisão de ‘Hello Kitty do tráfico’

Reprodução/redes sociais Jovem integra facção que briga pelo comando de uma comunidade no Rio de Janeiro O Portal dos Procurados...

Nacional28 minutos atrás

Polícia do Rio oferece recompensa pela prisão da ‘Hello Kitty do tráfico’

Reprodução/redes sociais Jovem integra facção que briga pelo comando de uma comunidade no Rio de Janeiro O Portal dos Procurados...

Esportes29 minutos atrás

Títulos e ativismo: Por que a melhor jogadora do mundo não estará na Copa?

Reprodução/ Instagram Ada Hegerberg tem 23 anos e já marcou seu nome na história do futebol feminino com títulos e...

Entretenimento43 minutos atrás

Elogio da resistência, “Inferninho” abraça figuras marginalizadas pela sociedade

“Inferninho” poderia ser um filme do Almodóvar dos anos 80, mas faz sentido que seja uma produção independente brasileira dessa...

Direto de Brasília43 minutos atrás

Votação de destaques da MP da Reforma Administrativa acontece nesta quinta

Luis Macedo/Câmara dos Deputados – 22.5.19 Plenário da Câmara dos Deputados durante sessão para votar reforma administrativa A conclusão da...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana