conecte-se conosco


Saúde

Mais Médicos: inscrição para formados no exterior será dias 13 e 14 de fevereiro

Publicado

em


Primeiro edital para o programa Mais Médicos foi criado em novembro após a saída dos médicos cubanos
Divulgação/ Ministério da Saúde

Primeiro edital para o programa Mais Médicos foi criado em novembro após a saída dos médicos cubanos

Os médicos brasileiros formados no exterior, mas sem registro, no país terão os dias 13 e 14 para fazer inscrição nas vagas em aberto do programa Mais Médicos . Os candidatos deverão entrar no site do programa e indicar em quais municípios desejam realizar o atendimento à população.

O processo ocorrerá na próxima semana. No dia 13, o Ministério da Saúde irá divulgar os municípios com vagas remanescentes dos Mais Médicos . Nos dois dias seguintes, os médicos que obtiveram diplomas no exterior, mas não têm registro no Brasil escolherão a cidade de sua preferência entre as que disponibilizaram vagas.

No dia 19, será divulgada a lista dos inscritos, das vagas ocupadas e dos municípios contemplados. De acordo com o Ministério da Saúde , os profissionais sem registro vão passar por um “módulo de acolhimento”, onde serão oferecidas aulas e haverá avaliação pela equipe do programa, com aplicação de exames e outras formas de verificação da condição de atuação dos inscritos. 

Há aproximadamente 1.500 vagas em aberto, segundo o último balanço do Ministério da Saúde, divulgado no dia 15 de janeiro.

Leia também: Médicos cubanos podem ter permanência no Brasil regularizada


Das 8.517 vagas abertas com a saída de Cuba do acordo de cooperação que viabilizava a presença de profissionais daquele país no programa, foram realizadas novas chamadas nas quais as vagas foram ocupadas por 7 mil médicos com registro no país até o momento da atualização.

Leia mais:  96% das vagas dos Mais Médicos já foram preenchidas, diz Ministério da Saúde

O programa foi criado em 2013, durante o governo de Dilma Rousseff, com o objetivo de ampliar a assistência em regiões com carência de profissionais.

Leia também: Médicos brasileiros poderão realizar consultas e cirurgias pela internet

As inscrições para o programa Mais Médicos foram abertas no dia 20 de novembro, com o objetivo de preencher as vagas que ficaram abertas com a saída dos cubanos. A decisão do país caribenho de sair do país foi tomada após Cuba citar “referências diretas, depreciativas e ameaçadoras” feitas pelo presidente Jair Bolsonaro.

Fonte: IG Saúde
Comentários do Facebook
publicidade

Saúde

Acre decreta estado de calamidade pública por falta de profissionais de saúde

Publicado

em


Insuficiência de profissionais da saúde no Acre gera estado de calamidade
Reprodução/Sesacre

Insuficiência de profissionais da saúde no Acre gera estado de calamidade

O governo do estado do Acre decretou situação de calamidade pública no serviço estadual de saúde por insuficiência de profissionais para atender à demanda. O anúncio foi feito por meio de um documento foi publicado na edição desta sexta-feira (15) do Diário Oficial do Estado (DOE) e assinado pelo governador Gledson Cameli (PP).

Leia também: Governo deve liberar R$ 190 milhões para saúde em Minas Gerais após Brumadinho

A declaração apontou que, entre 2015 e 2018, mais de 600 servidores se aposentaram, 1,8 mil profissionais foram obrigados a se desligar e mais de 300 com contratos temporários vencidos foram exonerados “abruptamente”. Além disso, a abertura de 12 setores após concurso público de 2013/2014 também seria um dos motivos para haver falta de servidores na área, já que o aumento do número de unidades no Acre teria aumentado a demanda por profissionais.

Com isso, o governo do estado afirmou que a falta de profissionais teria causado “grave comprometimento” da execução dos trabalhos e serviços oferecidos. A partir de agora, a Secretaria de Estado da Saúde está autorizada a iniciar um processo seletivo, por tempo determinado, para a contratação de servidores, a fim de atender a necessidade temporária.

Leia também: Organização Mundial da Saúde recomenda vacina contra febre amarela para estrangeiros que visitem o Brasil

Nos próximos dias, a Sesacre (Secretaria de Estado de Saúde) deve agilizar e priorizar medidas administrativas, nas áreas mais prejudicadas pela situação, para que a prestação de serviços de saúde estaduais sejam normalizados.

Segundo o Secretário de Saúde, Alysson Bestene, algumas cidades do interior não têm médicos e apresentam alto deficit em prestação de serviço. O secretário ainda apontou que a atual gestão vem enfrentando grandes dificuldades na área de saúde, após terem herdado uma dívida de R$ 67 milhões do governo anterior. A expectativa é de que o decreto ajude no abastecimento de alguns insumos, a fim de suprir as necessidades em um primeiro momento, em que o deficit é maior.

Leia mais:  Com chegada do verão, campanha nacional alerta para combate a mosquito da dengue

Leia também: Bolsonaro exalta preenchimento das vagas do Mais Médicos e ataca governo cubano

O decreto lançado pelo governo do Acre entra em vigor nesta sexta-feira (15) e tem validade de 90 dias, podendo ser prorrogado pelo mesmo período.

Fonte: IG Saúde
Comentários do Facebook
Continue lendo

Votação

O eleitor mateense tem até 07 de março de 2019, a chance de indicar espontaneamente, o que pode ser no futuro o PREFEITO do Município. Escolha entre esses candidatos apresentados:

Entretenimento39 minutos atrás

Débora Nascimento termina casamento com José Loreto após descobrir traição

Débora Nascimento e José Loreto não estão mais juntos. A informação é do colunista Leo Dias que disse que o...

Entretenimento40 minutos atrás

Ator de “Belíssima” que se jogou de prédio fala pela primeira vez sobre vício

O ator de “Belíssima” Vitor Morosini, que viveu Isaac, o filho de Safira (Claudia Raia) na novela contou pela primeira...

Entretenimento40 minutos atrás

Daniele Suzuki aparece de topless e arranca suspiros com novo ensaio

Daniele Suzuki deixou a manhã de sábado (16) dos seus seguidores mais iluminada com um novo clique no Instagram. Na...

Entretenimento40 minutos atrás

Sabrina Sato aposta em maiô cavado para último ensaio pré-Carnaval

Sabrina Sato enfrenta a maratona final de preparação para o Carnaval e na última sexta-feira ela esteve no Anhembi para...

Nacional54 minutos atrás

Acumulou! Prêmio da Mega-Sena pode chegar a R$ 32 milhões na quarta-feira

Paulo Pinto/Fotos Públicas Aposta mínima da Mega-Sena (seis números) custa R$ 3,50 e pode ser feita em qualquer casa lotérica...

São Mateus1 hora atrás

Petrocity: o primeiro porto-cidade do País, anuncia CEO

SÃO MATEUS (ES) – Com recebíveis de R$ 1,6 bilhão já garantidos para assim que for liberada a licença de...

Nacional1 hora atrás

Bolsonaro assina saída de Bebianno, dizem interlocutores do governo

Reprodução/Instagram Gustavo Bebianno Ex-presidente do PSL, Gustavo Bebianno, confirmou que deve deixar o cargo de ministro na segunda-feira (18) O...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana