conecte-se conosco


Saúde

Mais Médicos: inscrição para formados no exterior será dias 13 e 14 de fevereiro

Publicado

em


Primeiro edital para o programa Mais Médicos foi criado em novembro após a saída dos médicos cubanos
Divulgação/ Ministério da Saúde

Primeiro edital para o programa Mais Médicos foi criado em novembro após a saída dos médicos cubanos

Os médicos brasileiros formados no exterior, mas sem registro, no país terão os dias 13 e 14 para fazer inscrição nas vagas em aberto do programa Mais Médicos . Os candidatos deverão entrar no site do programa e indicar em quais municípios desejam realizar o atendimento à população.

O processo ocorrerá na próxima semana. No dia 13, o Ministério da Saúde irá divulgar os municípios com vagas remanescentes dos Mais Médicos . Nos dois dias seguintes, os médicos que obtiveram diplomas no exterior, mas não têm registro no Brasil escolherão a cidade de sua preferência entre as que disponibilizaram vagas.

No dia 19, será divulgada a lista dos inscritos, das vagas ocupadas e dos municípios contemplados. De acordo com o Ministério da Saúde , os profissionais sem registro vão passar por um “módulo de acolhimento”, onde serão oferecidas aulas e haverá avaliação pela equipe do programa, com aplicação de exames e outras formas de verificação da condição de atuação dos inscritos. 

Há aproximadamente 1.500 vagas em aberto, segundo o último balanço do Ministério da Saúde, divulgado no dia 15 de janeiro.

Leia também: Médicos cubanos podem ter permanência no Brasil regularizada


Das 8.517 vagas abertas com a saída de Cuba do acordo de cooperação que viabilizava a presença de profissionais daquele país no programa, foram realizadas novas chamadas nas quais as vagas foram ocupadas por 7 mil médicos com registro no país até o momento da atualização.

Leia mais:  Governo diz que 17% das vagas do Mais Médicos ainda não foram preenchidas

O programa foi criado em 2013, durante o governo de Dilma Rousseff, com o objetivo de ampliar a assistência em regiões com carência de profissionais.

Leia também: Médicos brasileiros poderão realizar consultas e cirurgias pela internet

As inscrições para o programa Mais Médicos foram abertas no dia 20 de novembro, com o objetivo de preencher as vagas que ficaram abertas com a saída dos cubanos. A decisão do país caribenho de sair do país foi tomada após Cuba citar “referências diretas, depreciativas e ameaçadoras” feitas pelo presidente Jair Bolsonaro.

Fonte: IG Saúde
Comentários do Facebook
publicidade

Saúde

Estudo aponta que em 2030 casais não farão mais sexo

Publicado

em

As principais razões para a perda de interesse no sexo são o uso excessivo do celular e as horas gastas nos serviços de streaming

Você já ouviu falar de casais assexuados? Na prática são casais que nunca tiveram, ou ainda aqueles que decidiram não ter mais relações sexuais. Embora nunca houve tanta liberdade no quesito vida sexual, os estudos mostram que atualmente as pessoas fazem menos sexo do que nos anos 90, por exemplo.
Um dos estudos sobre o tema foi feito pelo estatístico e professor da Universidade de Cambridge, David Spiegelhalter. A pesquisa mostrou que os encontros sexuais diminuíram drasticamente desde 1990. A média de relações sexuais naquele ano era de cinco ao mês. Em 2000, caiu para quatro e em 2010 para três. A pesquisa virou um livro, chamado Sex by Numbers.
Segundo Spiegelhalter, em 2030 os casais não farão mais sexo. Para o professor, as principais razões para a perda de interesse no sexo são o uso excessivo do celular e as horas gastas nos serviços de streaming, como o Netflix, por exemplo. Em resumo, a tecnologia é a principal culpada pela queda do desejo sexual, pois trocamos os parceiros por um episódio inédito da nossa série favorita ou ainda para conversar com amigos pelo whatsApp.
Opinião das especialistas
Para a psicóloga Marina Simas de Lima, terapeuta de casal e família, a falta de sexo não é mais a protagonista dos conflitos conjugais. — Realizamos, recentemente, uma pesquisa para descobrir os principais motivos de brigas entre os casais brasileiros. Esperávamos que as questões sexuais ocupassem um lugar de destaque, porém não foi o que aconteceu. Pelo contrário, a pouca frequência sexual apareceu em sexto lugar, enquanto que o uso excessivo do celular apareceu em segundo. Ou seja, nossa pesquisa mostrou que a hiperconectividade realmente pode levar a conflitos na vida dois, o que corrobora a opinião de Spiegelhalter quanto às motivações que podem levar à perda do interesse no sexo —, comenta Marina.
Para a psicóloga Denise Miranda de Figueiredo, terapeuta de casal e família, as questões para a perda do desejo no sexo são multifatoriais. — Certamente, a tecnologia tem um papel importante, porém há questões físicas, com as disfunções sexuais, doenças crônicas, tratamentos de saúde e falta de conexão entre o casal que também influenciam na vida sexual.
Mas, à parte de estudos, a pergunta é: um casamento pode se manter sem uma vida sexual ativa? Para Marina e Denise tudo depende do perfil de cada membro do casal e dos combinados feitos entre os parceiros. — Hoje, as configurações familiares estão muito diversificadas e uma delas são os casais que desde o início da relação fazem esse combinado, de não ter relações. Por outro lado, alguns casais que estão em relacionamentos de longo prazo, também podem decidir não manter mais uma vida sexual ativa, por diversos motivos. O que precisamos compreender é que cada pessoa tem uma necessidade diferente quanto o assunto é sexo —, diz Marina.
— Isso quer dizer que existem aqueles casais que não sentem falta ou necessidade e são felizes assim. Mas, se um dos parceiros sente falta e quer ter uma vida sexual mais ativa e outro não, podem surgir conflitos sim e colocar o casamento em risco —, cita Denise.
Outra situação que pode acontecer é uma falsa ideia de que está tudo bem assim. — O sexo é um dos pilares da qualidade de vida e em um relacionamento afetivo é uma parte que atua na conexão e na intimidade do casal. Portanto, problemas na vida sexual podem indicar que esse casal não está tão bem quanto imagina, principalmente quando não há combinados ou as opiniões sobre sexo e o desejo são diferentes —, ressalta Marina.
 Terapia de Casal pode ajudar
— O sexo ainda é rodeado de tabus e muitas pessoas sentem vergonha de falar sobre o assunto. Porém, a comunicação é fundamental. Assim, casais que enfrentam dilemas sobre a vida sexual podem se beneficiar da terapia de casal para ajudar a melhorar o diálogo sobre o tema —, comenta Denise.

(*Site de Linhares)

Leia mais:  Brasil registrou 10.274 casos confirmados de sarampo em um ano

Comentários do Facebook
Continue lendo
Mulher1 hora atrás

‘Tinja o cabelo’: aluna de medicina faz lista com vezes que sofreu com machismo

Se você é mulher, certamente já ouviu frases como “Isso não é coisa de menina” ou “Você precisa se comportar...

Entretenimento2 horas atrás

Túlio Gadelha faz trocadilho e se derrete por Fátima Bernardes

Curtindo uma folga do “Encontro”, Fátima Bernardes está aproveitando s sexta-feira (19) ao lado de seu namorado, Túlio Gadêlha. Em...

Entretenimento2 horas atrás

Mulher que inspirou “Invocação do Mal” morre ao 92 anos

Na noite de quinta (18) para sexta-feira (19) Lorraine Warren, investigadora paranormal que inspirou a franquia de filmes “Invocação do...

Entretenimento2 horas atrás

Cena deletada de “Game of Thrones” prova teoria de Jon Snow com dragões

Recentemente a HBO compartilhou em seu canal do Youtube uma cena deletada do episódio de “Game of Thrones” do último...

Entretenimento2 horas atrás

Ana Maria Braga é vítima de Thanos em vídeo para divulgar “Vingadores: Ultimato”

Após ganhar a internet com o reencontro com Palmirinha , Ana Maria Braga roubou a cena ao tornar-se vítima de...

Entretenimento2 horas atrás

Dudu Camargo celebra audiência do SBT subindo na bancada de telejornal

Nesta sexta-feira (19) Dudu Camargo, conhecido por suas danças no “Primeiro Impacto”, resolveu celebrar a audiência do noticiário de uma maneira...

Entretenimento2 horas atrás

Ator de “Game of Thrones” deixa escapar possível spoiler sobre o Rei da Noite

Na noite da última quinta (19) Isaac Hempstead Wright, que interpreta Bran Stark em “Game of Thrones”, concedeu uma entrevista ao...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana