conecte-se conosco


Economia

Mais de R$ 4 bilhões foram recolhidos em sonegação do FGTS

Publicado

em


Mais de R$ 4,1 bilhões contra sonegações de empresas através do FGTS foram recolhidos
Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Mais de R$ 4,1 bilhões contra sonegações de empresas através do FGTS foram recolhidos

O Ministério do Trabalho recolheu mais de R$ 4,1 bilhões contra sonegações de empresas através do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).  O valor, que pertenceria aos funcionários dessas instituições, foi pego por meio de autuações realizadas pela Secretaria de Inspeção do Trabalho (SIT) durante os três primeiros trimestres de 2018. A informação foi divulgada na quarta-feira (8).

Leia também: FGTS como garantia para o crédito consignado: regras, requisitos e restrições 

O valor é 19% superior ao do número de recolhimentos realizados no mesmo período do ano passado, quando foram recolhidos R$ 3,43 bilhões de FGTS e de Contribuição Social. Na comparação com os três primeiros trimestres de 2016, quando o Ministério do Trabalho retirou R$ 2,67 bilhões, o resultado atual é 53% maior.

Durante o primeiro semestre deste ano, o Ministério do Trabalho anunciou o recolhimento de R$ 2,4 bilhões durante fiscalizações.

De acordo com o auditor-fiscal do Trabalho, Jefferson de Morais Toledo, cerca de R$ 242 milhões foram recuperados em 2018 só em valores de ação fiscal, que são os valores atrasados depositados pelas empresas após o início da fiscalização.

Toledo ressaltou que os bons resultados foram influenciados pelo empenho da SIT em melhorar seus sistemas de controle. “A SIT vem realizando esforços para a modernização dos sistemas informatizados de fiscalização e para a capacitação dos seus auditores, e isso se refletiu positivamente nos resultados alcançados”, disse.

Assim, a Força-Tarefa de Fiscalização de Grandes Devedores de FGTS (FT-FGTS), criada em 2016 para fiscalizar os empregadores com maior indício de débito do país, tem contribuído para os valores alcançados. “A Força-Tarefa foi responsável por notificar e recolher cerca de R$ 1,4 bi de FGTS e Contribuição Sindical no período”, afirmou Toledo. Logo atrás da Força-Tarefa, vem o estado de São Paulo, que recolheu cerca de R$ 674,5 milhões, e o do Rio de Janeiro, que pegou mais de R$ 381,1 milhões.

Leia mais:  Aprenda a declarar automóveis no Imposto de Renda 2019

Confira os recolhimentos por estado:

Acre: R$ 11.011.704,36

Alagoas: R$ 73.663.291,78

Amazonas: R$ 34.733.802,30

Amapá: R$ 2.806.568,84

Bahia: R$ 128.101.389,76

Ceará: R$ 53.606.414,18

Distrito Federal: R$ 64.973.211,39

Espírito Santo: R$ 55.571.814,42

Goiás: R$ 43.530.289,36

Maranhão: R$ 57.732.608,89

Minas Gerais: R$ 191.568.854,83

Mato Grosso: R$ 53.625.323,02

Mato Grosso do Sul: R$ 36.528.260,88

Pará: R$ 63.895.154,42

Paraíba: R$ 33.566.502,12

Pernambuco: R$ 69.578.031,22

Piauí: R$ 23.674.674,08

Paraná: R$ 183.629.779,51

Rio de Janeiro: R$ 381.103.435,05

Rio Grande do Norte: R$ 21.121.249,21

Rondônia: R$ 7.695.539,97

Roraima: R$ 2.343.298,59

Rio Grande do Sul: R$ 264.568.855,89

Santa Catarina: R$ 134.386.742,95

Sergipe: R$ 33.654.668,96

São Paulo: R$ 674.560.265,01

Tocantins: R$ 4.907.697,25

Cálculo do FGTS


Os empregadores devem depositar o FGTS no dia 7 de todo o mês
Divulgação

Os empregadores devem depositar o FGTS no dia 7 de todo o mês

Leia também: Consignado com garantia do FGTS já está disponível nas agências da Caixa

Todos os meses, os empregadores devem depositar o FGTS no dia 7. O valor do pagamento deve ser equivalente a 8% do salário do funcionário. Para aprendizes, a quantia a ser depositada é de 2% da remuneração, enquanto para trabalhadores domésticos é de 11,2%.

Comentários do Facebook
publicidade

Economia

Preços dos combustíveis sobem mais uma vez e governo já monitora risco de greve

Publicado

em

Preços dos combustíveis subiram pelo País na última semana e governo tenta evitar nova greve
Rafael Neddermeyer/Fotos Públicas

Preços dos combustíveis subiram pelo País na última semana e governo tenta evitar nova greve

Os preços dos combustíveis comercializados nos postos de todo o País fecharam a última semana am alta. A gasolina teve seu quarto aumento semanal seguido, e o preço médio já subiu 3,5% em um mês. Diesel e etanol subiram pela quinta semana consecutiva e as altas acumuladas são, respectivamente, de 2,8% e 8,2% no período.

Leia também: Governo monitora primeiras movimentações para nova greve de caminhoneiros

Os dados são do levantamento semanal da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), compilados pelo AE-Taxas. Os preços dos combustíveis nos postos foram, em média, de R$ 4,319 (gasolina), R$ 3,540 (diesel) e R$ 2,969 (etanol) no período pesquisado. De acordo com os dados da ANP, o etanol subiu em 22 estados brasileiros e a gasolina, em 24.

O Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência da República já monitora atentamente as primeiras movimentações de caminhoneiros no País em direção a uma nova greve no próximo sábado (30). A categoria entende que os compromissos assumidos pelo ex-presidente Michel Temer (MDB) durante a última paralisação não estão sendo cumpridos. .

Segundo as investigações do GSI, as articulações dos caminhoneiros tiveram início em grupos de WhatsApp. Neste momento, o movimento não parece ter a mesma força do ano passado, mas o governo teme que uma nova paralisação possa, aos poucos, tomar grandes proporções e chegar ao potencial explosivo da última greve. 

No Palácio do Planalto, o objetivo é evitar, a todo custo, que qualquer tipo de paralisação aconteça. A ideia é ser mais ágil e efetivo, não deixando que a situação saia de controle, como aconteceu com Temer. Vale lembrar que, além da crise de desabastecimento, uma nova greve dos caminhoneiros também pode atrapalhar a agenda econômica do governo e a tramitação da proposta de reforma da Previdência.

As demandas da categoria são, segundo o presidente de associações que representam os caminhoneiros, Wallace Landim, também conhecido como Chorão, que se encontrou na semana passada com o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni: o respeito ao piso mínimo da tabela do frete; a implantação de mais pontos de parada e descanso; e uma intervenção do Estado para controlar os aumentos no preço do óleo diesel.

Chorão, porém, disse não ser a favor de uma nova greve no próximo dia 30, porque acredita que o governo tem buscado soluções. Mas o representante dos caminhoneiros ressaltou que “o tempo é curto” e as mudanças exigidas estão demorando demais. “Não acredito que deva ocorrer greve no dia 30, mas paralisações não estão descartadas. Estamos conversando”, declarou.

A alta nos  preços dos combustíveis ajuda a aumentar a insatisfação dos caminhoneiros, mas não é o único e nem o principal ponto. Entidades grevistas em 2018 se mostraram apoiadoras do então candidato à Presidência Jair Bolsonaro, e hoje questionam o descumprimento de algumas das promessas do governo anterior, que determinaram o fim da greve. Governo e lideranças da categoria buscam entrar em acordo para evitar nova paralisação.


(*O Estado de São Paulo)

Fonte: IG Economia
Comentários do Facebook
Leia mais:  Com recuperação judicial da Avianca, Gol e Azul disparam na bolsa
Continue lendo
Nacional2 minutos atrás

Bolsonaro se reúne com ministros no Palácio do Planalto

Marcos Corrêa/PR Jair Bolsonaro já se reuniu outras sete vezes com ministros desde início do governo O presidente Jair Bolsonaro...

Nacional2 minutos atrás

Moro sugere mudança na lei para reverter decisão do Supremo sobre caixa 2

Marcos Corrêa / PR Sérgio Moro sugere mudar legislação para reverter decisão do STF e minimiza atrito com Maia O...

Nacional2 minutos atrás

Em novo recuo, MEC revoga portaria que suspendia avaliação da alfabetização

Luis Fortes/MEC – 2.1.19 Essa não é a primeira vez que o ministro Ricardo Vélez Rodríguez recua; entenda aqui a...

Nacional2 minutos atrás

Treze dias após ataques, alunos voltam a ser recebidos em escola de Suzano

Ueslei Marcelino/ABr Volta às aulas oficial na escola Raul Brasil, em Suzano, não tem data marcada; hoje, a unidade funciona...

São Mateus13 minutos atrás

Prefeitura realiza troca de tubulação no Centro de São Mateus

SÃO MATEUS (ES) – A Prefeitura de São Mateus, através do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) e da...

Esportes1 hora atrás

Jogadores ingleses repudiam racismo em vitória sobre Montenegro: “Vergonha”

A Inglaterra venceu Montenegro, por 5 a 1, nesta segunda-feira, pelas eliminatórias da Eurocopa, mas a goleada ficou marcada por...

Esportes1 hora atrás

Especialista explica imbróglio entre Nantes e Cardiff City no caso Emiliano Sala

Divulgação Emiliano Sala morreu em acidente aéreo no Canal da Mancha No mês passado, o Nantes, da França, entrou com...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana