conecte-se conosco


Estadual

Mais de 40 mil famílias capixabas podem ter desconto na energia, saiba como funciona

Publicado

em

VITÓRIA (ES) – A distribuidora de energia elétrica do Espírito Santo, a EDP, divulgou um levantamento que mostra que mais de 40 mil famílias que poderiam solicitar a Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE) não estão inscritas para o recebimento do benefício, que reduz o valor da conta de energia.

Para conseguir o desconto, as famílias devem estar com o Número de Identificação Social (NIS) ativo no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). O documento deve ser cadastrado em uma agência de atendimento da EDP.

O gestor executivo de Atendimento Comercial da EDP, Evandro Scopel, destaca que é importante que a família em questão esteja com o cadastro atualizado. “Para usufruir do benefício, é importante que a família de baixa renda preencha os pré-requisitos, esteja com a documentação em dia, ou seja, com o cadastro do NIS atualizado junto ao Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) da sua cidade, e procure uma de nossas agências o quanto antes”, disse.

Como funciona o desconto?

A Tarifa Social é um desconto na conta de luz concedido para os primeiros 220 kWh consumidos mensalmente, por clientes residenciais classificados como de baixa renda e varia de acordo com a faixa de consumo mensal (kWh/mês). “É importante frisar que a Tarifa Social é muito vantajosa para quem utiliza a energia de forma eficiente, pois quanto menor o consumo, maior o desconto. Para ter uma ideia, em uma conta média de 150 kWh por mês o desconto no valor é de aproximadamente 33%”, explica o gestor da EDP.

O benefício é aplicado somente a uma unidade consumidora por família e é escalonado por faixa de consumo, sendo calculado de modo acumulativo.

Quem pode receber o benefício?

Para ter direito ao benefício, deve preencher um dos seguintes requisitos:

I – família inscrita no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal – Cadastro Único, com renda familiar mensal per capita menor ou igual a meio salário mínimo nacional; ou

II – tenha Idoso ou Deficiente que receba o Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social – BPC; ou

III – família inscrita no Cadastro Único com renda mensal de até 3 (três) salários mínimos, que tenha portador de doença ou deficiência cujo tratamento, procedimento médico ou terapêutico requeira o uso continuado de aparelhos, equipamentos ou instrumentos que, para o seu funcionamento, demandem consumo de energia elétrica.

Documentos necessários para realizar o cadastramento na EDP:

Um dos integrantes da família deve solicitar à EDP a classificação da unidade consumidora na subclasse residencial baixa renda, informando:

I– informar nome, CPF e Carteira de Identidade ou, na inexistência desta, outro documento de identificação oficial com foto, ou ainda, o RANI, no caso de indígenas;

II– conta de energia;

III– informar o Número de Identificação Social – NIS ou, no caso de recebimento do Benefício de Prestação Continuada – BPC, o Número do Benefício – NB; e

IV– apresentar o relatório e atestado subscrito por profissional médico, somente nos casos de famílias com uso continuado de aparelhos.

A distribuidora efetuará consulta ao Cadastro Único ou ao Cadastro do Benefício da Prestação Continuada para verificar as informações prestadas, sendo que a última atualização cadastral deve ter ocorrido até dois anos.

Comentários do Facebook
Leia mais:  Adolescente vai à manicure, some e é achada morta em plantação de eucaliptos
publicidade

Estadual

Vice-governadora participa de reunião do Fórum Capixaba de Mulheres da Área Tecnológica

Publicado

em

A vice-governadora do Estado, Jaqueline Moraes, participou, nesta terça-feira (19), da 3ª reunião do Fórum Capixaba de Mulheres da Área Tecnológica, realizada no auditório do Conselho Regional de Engenharia Agrônoma (Crea-ES), em Vitória. Com foco no empreendedorismo, o Fórum discutiu a valorização das mulheres no mercado de trabalho, além da luta por equidade salarial e inserção nos mais variados setores da sociedade.

Jaqueline Moraes foi uma das palestrantes do evento. Ela falou sobre sua trajetória de vida e sobre a necessidade de superar os obstáculos. “Nossa vontade de vencer deve ser maior que nossos desafios. As mulheres devem se posicionar, com coragem e disposição, para que tenhamos voz”, afirmou.

Ela também destacou a importância da participação feminina nos espaços de poder. “O baixo interesse das mulheres em participar da política desencadeava a baixa representativa, que reflete as baixas políticas públicas voltadas para as mulheres. E minha visão é que a partir do interesse, nós vamos quebrar esse ciclo. Nós temos que mostrar que queremos participar das decisões, independentemente dos setores”, explicou Jaqueline Moraes.

O objetivo do evento foi fomentar políticas voltadas para o público feminino, bem como estimular a ação integrada com outras instituições representativas, além de enfatizar o Empreendedorismo Feminino no mercado de trabalho, acadêmico e nas esferas de poder.

Inscrição solidária

Os participantes da terceira reunião foram incentivados a participar da ação de doação de livros e brinquedos novos ou usados. Todas as doações serão destinadas às delegacias de Atendimento à Mulher da região Metropolitana de Vitória.

Realização

A reunião foi uma realização do Crea-ES, da Caixa de Assistência dos Profissionais do Crea-ES (Mutua-ES) e do Fórum Capixaba de Mulheres da Área Tecnológica. O evento também teve como correalizadores o Grupo Mulheres do Brasil, Conselho Regional de Contabilidade do Espírito Santo (CRC-ES), Conselho Regional de Administração do Espírito Santo (CRA-ES), Comissão da Mulher Advogada da Ordem dos Advogados do Brasil – seccional Espírito Santo (OAB-ES) e Conselho Regional de Corretores de Imóveis da 13ª Região/ES.

Leia mais:  Conta de luz deve continuar sem custo extra em fevereiro, prevê ONS

Informações à imprensa:
Assessoria de Comunicação da Vice-Governadoria
Íris Carolina Miguez
(27) 3636-1432 / (27) 98868 184
[email protected]

Fonte: Governo ES

Comentários do Facebook
Continue lendo
Saúde1 hora atrás

Brasil reforça vacinação em 16 municípios de fronteira

O Ministério da Saúde deu início à segunda fase da campanha Movimento Vacina Brasil nas Fronteiras. Até o dia 30...

Saúde1 hora atrás

Uso inadequado de antibióticos aumenta resistência de bactérias

O uso consciente de antibióticos requer a atuação de diversos atores, que vão desde a população em geral até profissionais...

Estadual2 horas atrás

Vice-governadora participa de reunião do Fórum Capixaba de Mulheres da Área Tecnológica

A vice-governadora do Estado, Jaqueline Moraes, participou, nesta terça-feira (19), da 3ª reunião do Fórum Capixaba de Mulheres da Área...

Entretenimento2 horas atrás

Caio Castro não assume Grazi Massafera por estar pegando outra ao mesmo tempo

Parece que Grazi Massafera não é a única na fila de Caio Castro. De acordo com a colunista Fábia Oliveira,...

Entretenimento2 horas atrás

Em meio a demissões, Celso Portiolli tenta entrar na Globo: “Errei de emissora”

Celso Portiolli publicou em seu Twitter, nesta segunda-feira (18), uma brincadeira que fez com a gafe cometida pelo Carlos Tramontina,...

Entretenimento2 horas atrás

Emma Watson e Tom Felton se paqueravam nos bastidores de Harry Potter, diz ator

Rupert Grint fortaleceu os rumores de que Emma Watson e Tom felton vivem um suposto relacionamento. De acordo com o...

Entretenimento2 horas atrás

Na geladeira! SBT corta Leo Dias do “Fofocalizando” e ele alfineta

O apresentador Leo Dias está suspenso do programa ‘Fofocalizando’, do SBT. O próprio jornalista fez o anúncio através de suas...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana