conecte-se conosco


Economia

Mais da metade dos brasileiros não vai gastar o 13º salário em compras de Natal

Publicado

em


50,7% dos brasileiros afirmaram que não vão utilizar o 13º salário nas compras de Natal
Rovena Rosa/Agência Brasil

50,7% dos brasileiros afirmaram que não vão utilizar o 13º salário nas compras de Natal

Mais da metade dos brasileiros afirmou que não vai gastar o 13º salário em compras de Natal neste ano. A pesquisa, realizada pelo Reclame Aqui, foi divulgada nesta quarta-feira (5).

Leia também: Pagamento do 13º salário vai injetar mais de R$ 200 bilhões na economia

De acordo com o levantamento, 50,7% da população revelou que não pretende usar o 13º salário nas compras de fim de ano. Os outros 49,3%, no entanto, vai reservar pelo menos uma parte do pagamento para as comemorações de Natal e Ano Novo.

Entre eles, 27% pretende utilizar uma pequena parte do benefício nas compras. Outros 14% afirmaram que vão gastar uma grande fatia do pagamento, e 6% dos respondentes disseram que vão usar todo o salário nas festividades.

Grande parte dos brasileiros que resolveram poupar o 13° neste fim de ano resolveu adiantar as comprar para tentar economizar. Ainda segundo a pesquisa do Reclame Aqui, 34% dos consumidores anteciparam as compras natalinas durante a Black Friday , que aconteceu em 23 de dezembro neste ano

Dessa parcela que entrou de cabeça no dia de liquidações, 6,9% aproveitou a data e comprou todos os presentes de Natal . Outros 26,8% disseram que compraram na Black Friday, mas ainda devem adquirir mais produtos até o final do ano. 

De acordo com o Reclame Aqui, a maioria dos consumidores deve gastaraté R$ 500 com as compras da época: 34,1% disse que vai desembolsar até R$ 200 e 23,7% afirmou que pretende gastar entre R$ 200 e R$ 500.

Os outros 17% querem gastar entre R$ 500 e R$ 1 mil, enquanto 12,7% devem optar por presentes que custam acima de R$ 2 mil. Os presentes que têm preço entre R$ 1 mil e R$ 2 mil estão na mira de 12,5% das pessoas.

Leia mais:  Guedes anuncia proposta de imposto único federal, que uniria até cinco tributos

Confira a lista dos produtos preferidos na hora de presentear:

  1. Roupas e acessórios – 21%
  2. Brinquedos – 12% 
  3. Calçados – 10,1%
  4. Produtos de beleza – 8,7%
  5. Livros –  7%

27% prefere poupar ou investir o 13º salário, diz pesquisa


11% das pessoas prefere não gastar e guardar o 13º salário para despesas de começo de ano
Divulgação

11% das pessoas prefere não gastar e guardar o 13º salário para despesas de começo de ano

Um levantamento Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) feito em novembro revelou que dois (23%) em cada dez trabalhadores que recebem 13º salário devem utilizar ao menos uma parte para comprar presentes de Natal. A maioria (27%), entretanto, prefete poupar ou investir a quantia recebida.

Outros 17% dos trabalhadores dizem que vão utilizar o dinheiro extra para quitar dívidas em atraso, enquanto 16% vão gastar o recurso durante as festividades de Natal e Ano Novo e 13% vão pagar despesas essenciais da casa, como contas de água e luz.

Leia também: Quando deve ser pago o 13º? Veja calendário

A pesqisa ainda afirma que 11%  vai guardar o 13º salário para cobrir tributos e impostos típicos de início de ano, como IPTU e IPVA, por exemplo.

Comentários do Facebook
publicidade

Economia

Onyx diz que reforma da Previdência será aprovada no início de junho

Publicado

em


Nova Previdência - campanha
Marcos Corrêa/PR

Onyx Lorenzoni acredita que a reforma da Previdência será aprovada no início de junho


O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, disse nesta segunda-feira acreditar que a reforma da Previdência será aprovada no início de junho – ou seja, daqui a cerca de três semanas. Ele não deixou claro, no entanto, se estava se referindo apenas à aprovação na Comissão Especial ou à votação em plenário, onde o governo precisa conseguir 308 votos.

Leia também: Sem reforma, governo não terá dinheiro para salários em 2024, diz Bolsonaro

“A  reforma da Previdência vai ser aprovada agora no início de junho. Sabe por que? Porque os homens e mulheres, as mulheres e os homens, que estão no parlamento brasileiro sabem que ela é fundamental para o presente e futuro do país que todos nós amamos”, disse Onyx, durante lançamento da segunda fase da campanha publicitária sobre a reforma.

Em meio a uma crise na articulação política, o ministro buscou acenar a parlamentares. Desde que a reforma chegou ao Congresso , o governo tem tido dificuldades para dialogar com o Congresso. Na sexta-feira, o presidente da Comissão Especial da Previdência, Marcelo Ramos (PR-AM), disse que o colegiado prepara uma versão alternativa da proposta e afirmou que o governo atrapalha o trabalho do parlamento.

Leia também: Reforma tributária será apresentada após aprovação da Previdência, diz Bolsonaro

“Temos diferenças ideológicas? Sim. Temos diferenças de concepção de países? Também. Temos diferenças de concepção de governabilidade? Também. Mas há uma responsabilidade que está acima de cada um de nós, que é a responsabilidade com a pátria que nós amamos, precisamos da reforma da Previdência “, disse o ministro.

Fonte: IG Economia
Comentários do Facebook
Leia mais:  BB, Bradesco e Santander lideram ranking de queixas no terceiro trimestre
Continue lendo
Nacional1 minuto atrás

PM apreende mais de 500 quilos de maconha em rodovia no Rio de Janeiro

Reprodução/Twitter Foi a maior apreensão de droga realizada pela PRF em 2019 O Batalhão de Polícia Rodoviária da Polícia Militar,...

Direto de Brasília16 minutos atrás

PM apreende mais de 500 quilos de maconha no sul fluminense

Reprodução/Twitter Foi a maior apreensão de droga realizada pela PRF em 2019 O Batalhão de Polícia Rodoviária da Polícia Militar,...

Entretenimento31 minutos atrás

Namorando João, Manu será beijada por Jerônimo em “Verão 90”

Nesta terça-feira (21) vai ao ar mais um capítulo da novela “Verão 90”, escrita por Izabel de Oliveira e Paula...

Entretenimento31 minutos atrás

Jurada de morte, Maria da Paz foge para São Paulo em “A Dona do Pedaço”

Depois de um casamento completamente desastroso no primeiro capítulo de “A Dona do Pedaço”, Maria da Paz (Juliana Paes) vai...

Direto de Brasília32 minutos atrás

Educadores divergem sobre ganhos com novas férias escolares anunciadas por Doria

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB),  anunciou no fim de abril mudanças no calendário escolar para a rede...

Direto de Brasília32 minutos atrás

Trump diz que Irã receberá reação de “grande força” se atentar contra os EUA

Reprodução/Twitter Presidente subiu o tom nas tratativas com o Irã O presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, afirmou, nessa...

Entretenimento47 minutos atrás

Dalila se encontra com Jamil e Laila em “Órfãos da Terra”

No capítulo desta terça-feira (21) de “Órfãos da Terra”, exibida pela Globo, o tão esperado encontro entre Dalila (Alice Wegmann),...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana