conecte-se conosco



Variedades

Mãe joga bebês da janela da maternidade ao saber que filha era especial

Publicado

em

Uma mãe gerou indignação ao jogar duas bebês pela janela após descobrir que a filha era especial

Uma mãe jogou dois bebês recém-nascidos pela janela da maternidade que nasceram em Namangan no Uzbequistão. Os pequenos caíram da altura de cinco metros e não resistiram. A mãe jogou sua própria filha e outro recém-nascido pela janela.

A mulher de 23 anos que foi identificada pela imprensa local apenas como D.Kn jogou a filha pela janela durante a noite na maternidade enquanto os enfermeiros estavam dormindo em serviço.

Ela jogou a filha pela janela após os médicos terem lhe informado que a pequena era especial. Os médicos disseram que a menina tinha uma deficiência. “Os médicos disseram que a recém-nascida não seria saudável. Isto fez ela pensar que ninguém iria amá-la e cometer o terrível crime”, disse uma fonte que não quis se identificar ao jornal britânico Daily Mirror.

A mãe então jogou o outro recém-nascido pela janela, que não era seu filho e que era saudável, para tentar encobrir seu crime. Os enfermeiros, que estavam dormindo na hora do crime, só perceberam o que aconteceu com os pequenos uma hora depois.

Os recém-nascidos chegaram a ficar na UTI, mas não resistiram a queda. A mãe está presa e aguarda julgamento, ela pode ser condenada até 25 anos de prisão. Os enfermeiros que estavam dormindo em serviço e não viram o ataque podem ser condenados por negligência e enfrentar até oito anos de prisão.

Comentários do Facebook

Variedades

Confira as fotos dos partos mais surpreendentes de 2018

Publicado

em

Alguns nascimentos são muito raros

O ano de 2018 foi marcado por partos bem diferentes e emocionantes. Alguns são bem raros e as imagens deixaram muitas pessoas impressionadas (inclusive a gente!).

Como por exemplo, o caso da mãe que deu à luz no Mar Vermelho, no Egito. As fotos registraram o exato momento em que o recém-nascido foi retirado da mãe que, antes de se juntar ao filho, saiu da água como se tivesse acabado de dar um mergulho.

Acompanhada pelo parceiro e pelo médico, ela entrou no mar um pouco antes de iniciar o trabalho de parto. Apesar da falta de detalhes sobre o momento antes do parto, a presença do médico indica que o nascimento no meio do oceano foi planejado. Depois que o bebê nasceu, a placenta foi colocada em uma tigela e o recém-nascido foi levado para a costa, ainda preso ao cordão umbilical.

Identificada apenas como uma “turista russa”, a mãe deu à luz ao filho no meio do Mar Vermelho (Foto: Reprodução / CEN Facebook)

 

A fotógrafa e doula Jerusha Sutton também registrou um nascimento inusitado: o bebê chegou ao mundo, literalmente, com o pé direito. Para esclarecer sobre o assunto, a doula disse que o parto pélvico é um dos partos normais mais rápidos e diretos: “Eles dançaram juntos a linda dança do parto e nascimento, sem medo, sem dúvida e com total confiança um no outro”, explicou Sutton.

A doula Jerusha Sutton fotografou um parto pélvico (Foto: Reprodução/Instagram)

Outro registro de um parto incrível foi o de um bebê expelindo líquido amniótico por uma das narinas enquanto seu corpo ainda está dentro do canal vaginal da mãe. A foto foi feita pela fotógrafa australiana Victoria Berekmeri e é um dos destaques do Prêmio de Fotografia do Colégio Australiano de Parteiras, que tem a intenção de contribuir para a normalização e valorização do parto normal.

Em suas redes sociais, a fotógrafa escreveu: “Há muito sobre o nascimento que continua a me surpreender, e olha que já vi muita coisa! Fotografar partos é sobre enriquecer a nossa compreensão de como todos nós entramos neste mundo, e da sagrada, complexa e envolvente jornada do início da vida”.

A foto foi destaque do Prêmio de Fotografia do Colégio Australiano de Parteiras (Foto: Reprodução / Victoria Berekmeri)

No Brasil, Priscila Sandri postou em seu Instagram – que foi criado após ela descobrir sua gestação de quadrigêmeos – as fotos de seu parto. Os irmãos Diego, Antonella e Ícaro nasceram empelicados. O parto empelicado é uma condição rara em que a membrana da bolsa não se rompe durante o trabalho de parto. O registro foi feito pela fotógrafa Thalita Castanha.


(*Paisefilhos.uol.com.br)

Comentários do Facebook
Continue lendo
Política37 minutos atrás

Irmão de Eduardo Campos diz que sofre ameaças de morte

arrow-options Renato Araújo/Creative Commons Eduardo Campos, ex-governador de Pernambuco O advogado Antônio Campos , irmão do ex-governador de Pernambuco Eduardo...

Política37 minutos atrás

Frente de oposição a Bolsonaro cria conselho e reúne 14 partidos

arrow-options Fernando Guimarães/Direitos Já Primeiro ato do grupo será contra o ministro da Educação, Abraham Weintraub Criado pelo sociólogo Fernando Guimarães...

Estadual4 horas atrás

Ouvidoria do Poder Judiciário do Espírito Santo publica relatório e soma 1432 registros no último ano

O correio eletrônico foi o canal mais utilizado pelos usuários, correspondendo a 96,4% dos registros, entre sugestões, elogios, pedidos de...

Estadual4 horas atrás

Negada indenização a morador de Linhares que comprou ingressos para show que foi cancelado

Como forma de compensação, a empresa organizadora do show teria oferecido ingressos para outro evento, o que teria sido aceito...

Estadual4 horas atrás

Cerimonial é condenado a indenizar noivos pela má prestação do serviço contratado

Convidados da festa confirmaram que a comida não foi suficiente e que nem todos os presentes foram servidos. Um casal...

Esportes4 horas atrás

Inter vence e avança na Libertadores

O Internacional derrotou o Universidad de Chile por 2 a 0 nesta terça (11) e se classificou para a terceira...

Economia5 horas atrás

Brasil e Paraguai assinam acordo de livre comércio automotivo

Brasília – O Brasil e o Paraguai assinaram, nesta terça-feira (11), o acordo de livre comércio automotivo . Pelo acordo,...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana