conecte-se conosco



Nacional

Mãe é presa suspeita de espancar filha de seis meses até a morte

Publicado

em

Reprodução: Internet

Uma mulher de de 20 anos foi presa na noite de ontem (25), suspeita de matar a própria filha, de apenas seis meses de idade. O crime teria acontecido no último dia 21 e as diversas lesões encontradas no corpo do bebê logo levantaram suspeita de homicídio.

Laudo preliminar feito no IML (Instituto Médico Legal) constatou que a vítima apresentava vários hematomas nos braços e pernas, hemorragia na cabeça compatível com espancamento, além de laceração do fígado e um ferimento no ombro compatível com mordidas humanas.

“O médico legista nos contatou e deu uma parcial do laudo de necropsia, falando justamente da gravidade das lesões encontradas no corpo da criança. Já na sexta-feira, foi instaurado inquérito, para podermos dar uma resposta rápida”, disse a delegada Adeliana Xavier, que esteve a frente das investigações.

Depoimento contraditório

Às autoridades, a mãe da criança negou a prática de qualquer agressão e colocou toda a culpa no então namorado dela. “Ocorre que havia uma série de contradições entre a versão que ela apresentou e as lesões constatadas pelo médico-legista”, conta a delegada.

Ainda de acordo com Adeliana, a equipe de investigação ficou surpresa com a insensibilidade da mulher diante da morte da criança. “Enquanto todos os familiares se mostraram desesperados, a investigada em nenhum momento chorou ou esboçou qualquer reação de desespero com a morte da filha”, conta.

Em depoimento, o namorado da jovem disse que a criança, quando chegou à residência dele na última semana, já apresentava algumas lesões na face. “Ele disse que inquiriu a mulher sobre o que teria ocorrido com a criança, ao que ela negou a prática de agressões”, completa a delegada.

Investigações continuam

Segundo a PCMG (Polícia Civil de Minas Gerais), o caso continua em investigação. De acordo com o delegado Márdio Bento Costa, ainda “há diligências a serem deflagradas, inclusive para delimitar eventual participação de outras pessoas. Se houve omissão relevante ou não do namorado”.

Ela acrescenta que também serão apuradas “se essas lesões identificadas no corpo da criança já decorriam de agressões anteriores, porque, ao desenrolar das investigações, é possível que, além do homicídio qualificado, podemos chegar a crime de maus-tratos e, até mesmo, de tortura, ocorridos anteriormente”, conclui.


(*Bhaz)

 

Comente Abaixo
Agricultura24 minutos atrás

TRIGO/CEPEA: Colheita de safra recorde está quase finalizada; preço se sustenta

Cepea, 30/11/2021 – A colheita de uma safra recorde de trigo está praticamente finalizada no Brasil. De acordo com pesquisadores...

Agricultura24 minutos atrás

AÇÚCAR/CEPEA: Indicador atravessa novembro acima de R$ 150/sc

Cepea, 30/11/2021 – A demanda por açúcar cristal no mercado spot do estado de São Paulo está mais enfraquecida neste...

Agricultura24 minutos atrás

ETANOL/CEPEA: Preços caem pela terceira semana seguida

Cepea, 30/11/2021 – Mesmo diante do menor número de usinas ainda em operação no estado de São Paulo, os preços...

Política24 minutos atrás

Empreendedores do Caparaó recebem homenagem

Na noite de segunda-feira (29), a Assembleia Legislativa celebrou os destaques socioeconômicos do Caparaó em sessão solene. A região, conhecida...

Política24 minutos atrás

Bolsonaro vai a evento da FAB e ouve música de antissemita ídolo dos nazistas

Reprodução/redes sociais Bolsonaro vai a evento da FAB e ouve música de antissemita ídolo dos nazistas O  presidente Jair Bolsonaro...

Entretenimento54 minutos atrás

Raissa Barbosa detalha término com ator pornô: “Me expôs”

Instagram Victor Ferraz e Raissa Barbosa Raissa Barbosa, de 31 anos, relembrou na última segunda-feira (29) seu breve noivado com...

Política54 minutos atrás

Bolsonaro libera uso das Forças Armadas em eleições suplementares em Coari (AM)

O Antagonista Presidente Jair Bolsonaro O presidente Jair Bolsonaro editou um decreto nesta segunda-feira autorizando o uso de oficiais das...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!