conecte-se conosco


Regional

Linhares registra quatro tentativas de homicídio em 6 horas

Publicado

em

Três jovens levaram disparos de arma de fogo e uma mulher sofreu facadas após discussão em bar.

LINHARES (ES) – Quatro tentativas de homicídios foram registradas em Linhares, no Norte do Espírito Santo, entre a noite desta sexta-feira (11) e a madrugada deste sábado (12). Em apenas seis horas, três jovens, incluindo um menor de idade, foram vítimas de disparos de armas de fogo; e uma mulher de 40 anos levou duas facadas. De acordo com os registros da Polícia Militar, as quatro vítimas foram encaminhadas ao Hospital Geral de Linhares.

Os jovens não souberam informar quem poderia ter efetuado os disparos; e a mulher acusada de ter desferido os golpes com a faca não foi localizada. A PM não soube informar o estado de saúde das vítimas e nem se os crimes teriam ligação entre si.

A primeira das quatro tentativas de homicídio aconteceu por volta das 21h dessa sexta-feira (11), no bairro Novo Horizonte. O jovem de 23 anos contou à PM que foi atingido por um disparo de arma de fogo no braço esquerdo, na altura do cotovelo, em frente à própria casa. Os autores teriam passado atirando a bordo de uma moto preta.

Mais tarde, às 23h47, uma mulher de 40 anos estava bebendo com uma amiga em um bar, no bairro Planalto, quando as duas se estranharam com outra mulher. A irmã desta, que estava com uma faca, desferiu dois golpes que atingiram as costas e o braço esquerdo da vítima, que foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros.

Já na madrugada deste sábado (12), às 2h55, outro jovem de 23 anos deu entrada no Hospital Geral de Linhares. No local, a vítima afirmou à PM que estava com um amigo na praça de Sooretama, cidade vizinha a Linhares, quando dois homens em uma moto preta passaram atirando. O disparo atingiu a coxa esquerda da vítima.

Apenas dez minutos depois, aconteceu o último caso, que fez como vítima um jovem de 17 anos. Segundo depoimento do adolescente à polícia, ele sofreu os disparos enquanto estava na casa da tia, no bairro Planalto. Efetuados por dois suspeitos, os tiros atingiram o antebraço esquerdo e a face esquerda do menino.


(*Gazeta on line)

 

Leia mais:  Atividades marcam lançamento de Ponto de Memória Virtual em Vila Pavão

Comentários do Facebook
publicidade

Regional

Mais uma criança morre afogada em rio de Boa Esperança, noroeste do ES

Publicado

em

Ana Flávia, de três anos, estava com a família quando todos saíram da água para lanchar. No entanto, a criança voltou para o rio sem que ninguém percebesse e se afogou

Uma menina de três anos morreu afogada na tarde do último sábado (19), no Rio do Norte, em Boa Esperança, noroeste do Espírito Santo. Identificada apenas como Ana Flávia, ela foi a segunda criança vítima de afogamento só no mês de janeiro neste mesmo local.

Segundo a irmã do padrasto de Ana Flávia, Carla de Souza, a menina estava com a família no rio, quando todos saíram da água para lanchar, inclusive a criança. No entanto, Ana Flávia voltou para a água sem que ninguém percebesse e acabou sumindo.

“Foi algo muito rápido, coisa de segundo, ninguém percebeu. Estavam todos tomando banho de rio quando saíram da água para lanchar. Havia mais umas seis crianças e os pais destas crianças. A Ana Flávia foi retirada da água também, mas sem que ninguém percebesse ela retornou. Quando perceberam que ela não estava perto todo mundo saiu procurando. Mas ela já tinha sumido”, conta Carla.

Segundo Carla, os bombeiros foram acionados, mas quem encontrou o corpo da menina foram dois moradores da região.

“Quando perceberam a falta dela, quem sabia nadar pulou no rio e foi procurar. Mas ela só foi encontrada umas três horas depois, mais de 10 quilômetros longe de onde ela tinha entrado no rio. A mãe dela, que estava na beira do rio limpando peixe para eles comerem lá no local, ficou muito abalada. Estão todos sem chão com essa tragédia. Estavam em um passeio de família quando tudo aconteceu”, lamenta Carla.

Leia mais:  Pedágio é reajustado em sete praças da BR-101

O sepultamento da menina Ana Flávia ainda não tem hora para acontecer porque, segundo a irmã do padastro da criança, o corpo da menina, que havia sido levado inicialmente para Linhares, precisou ser transferido para Vitória, para a conclusão de exames médicos.

“O corpo foi levado para Vitória para exames. Mas a informação que o médico passou para a família é que ela tem que ser enterrada hoje ainda. A gente acredita que o sepultamento deve acontecer por volta das 19 horas, mas ainda não temos essa confirmação”, disse Carla.

Outro caso de criança afogada no início do mês de janeiro em Boa Esperança
Iran Gil de Spuza estava de férias com a família quando se afogou ao entrar me uma cachoeira em Boa Esperança
Iran Gil de Spuza estava de férias com a família quando se afogou ao entrar me uma cachoeira em Boa Esperança
Foto: Reprodução Facebook

Um menino de 12 anos morreu afogado no Rio Norte, interior de Boa Esperança, no início do mês. O caso ocorreu por volta das 13 horas do dia 5, mas o corpo do garoto só foi encontrado pelo Corpo de Bombeiros de Nova Venécia no dia seguinte. De acordo com a corporação, o corpo estava em um local de difícil acesso e foi recolhido por uma equipe de mergulhadores.

A família é de Sobradinho, distrito de Boa Esperança, mas tinha se mudado para Pavão, em Minas Gerais, há um ano. O Iran e a irmã passavam férias no Estado com o restante da família. A mãe dos dois veio de Minas para buscá-los e resolveu ir com eles à cachoeira. Segundo uma parente da família, que preferiu não se identificar, Iran Gil de Souza estava na cachoeira com a mãe e três tios, por volta das 13 horas. Ao entrar na água com um dos tios, o garoto tentou subir nas costas dele. No entanto, ele se desequilibrou, caiu na água e foi arrastado pela correnteza.

Leia mais:  Bandidos invadem casa e deixam família amarrada em Conceição da Barra

(Gazeta on line)

Comentários do Facebook
Continue lendo

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana