conecte-se conosco



Nacional

Levantamento aponta bairros mais atingidos pela Covid-19 em São Paulo

Publicado

em


source
mapa covid
Governo de SP

Mapa aponta áreas mais atingidas pela Covid-19

Um levantamento divulgado pela Secretaria de Habitação do Estado de São Paulo apontou os áreas mais atingidas pela Covid-19 no estado. O Mapa de Comportamento da Covid-19 , que busca apontar as áreas mais vulneráveis para a doença, indica ainda os bairros com maior índice de óbitos e casos na capital.

O estudo cruzou dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística ( IBGE ), da Fundação Seade, da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano de São Paulo, da CDHU e das Secretarias de Saúde do Estado e dos municípios.

As regiões de Brasilândia, São Miguel, Itaim Paulista, Sacomã, Cidade Ademar, Jardim Ângela e Capão Redondo recebem destaque no levantamento para a situação crítica de saúde na capital.

De acordo com o documento, fatores como domicílios em favelas, concentração de mais de 3 habitantes por dormitório e presença de esgotamento sanitário foram aplicados para calcular um Índice de Precariedade Territorial.

Além disso, existe o indicador da concentração de óbitos por Covid-19 por 100 mil habitantes, cujo ponto de destaque é a região metropolitana da capital.

A partir da identificação, o governo realizará testes nas áreas vulneráveis por meio do Programa de Testagem e Combate à Covid-19, um projeto piloto realizado em parceria entre a Secretaria de Estado da Habitação, o Instituto Butantan e a Prefeitura de São Paulo.

Segundo a secretaria, serão aplicados 3,5 mil testes rápidos em moradores que vivem nas áreas destacadas, começando pelo bairro União de Vila Nova, que fica no distrito da Vila Jacuí, na zona Leste de São Paulo. Quem tiver o diagnóstico positivo, será submetido ao PCR , para contraprova, entre os dias 16 e 17 de julho. Os moradores infectados pelo coronavírus serão encaminhados para a UBS da região.

Comentários do Facebook

Nacional

Filho agride mãe de 64 anos com golpes de cano e é preso

Publicado

em

Policiais da Deam efetuaram a prisão, autor responderá por lesão corporal, injúria, calúnia e ameaça

Os policiais civis da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) de Nova Friburgo prenderam em flagrante um homem de 31 anos, que agrediu a mãe, de 64, com golpes de cano, na tarde desta terça-feira (28/07). A vítima foi atingida na cabeça, nas costas e nas mãos e já havia sofrido ameaças do filho.

A violência aconteceu na residência da vítima, no distrito de Conselheiro Paulino. Segundo a Polícia Civil, o agressor já possui passagem por lesão corporal e ameaça. Inclusive, a vítima já havia denunciado a situação, mas não chegou a registrar as ocorrências, tendo desistido de dar andamento ao procedimento.

Muito abalada, a mulher disse aos agentes que a agressão teria iniciado após ela ter negado dar dinheiro ao filho. Beneficiária do auxílio emergencial, a vítima teria recebido nesta terça-feira, sendo então procurada pelo acusado.

O agressor foi encaminhado para a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher e responderá pelos crimes de lesão corporal, injúria, calúnia e ameaça, todos na forma da Lei Maria da Penha. Já a vítima foi levada ao Hospital Municipal Raul Sertã, onde recebeu tratamento e, em seguida, teve alta.

Comentários do Facebook
Continue lendo

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!