conecte-se conosco



Regional

Jovem procura a polícia e pede para ser presa em Linhares

Publicado

em

Para os policiais, a mulher confessou que estava foragida do sistema prisional e que deveria ser presa novamente

Uma história pouco comum foi registrada na cidade de Linhares, na região Norte do Espírito Santo. Uma mulher identificada como Patricia de Souza Batista, de 28 anos, foi até a sede do 12ª Batalhão de Polícia Militar, no bairro José Rodrigues Maciel e pediu para ser presa. O motivo, segundo ela, seria um mandado de prisão em aberto contra ela.

Tudo aconteceu na tarde do último sábado (7), por volta das 17h40. Assim que ouviram o relato da jovem, os militares realizaram a consulta no sistema e constataram que Patricia tinha fugido do sistema penitenciário.

Segundo a Polícia Militar, após a confirmação, a jovem foi detida e levada para a Delegacia Regional de Linhares. No local, Patricia foi ouvida e reencaminhada ao presídio. A Polícia Civil não deu detalhes sobre o que motivou a jovem a se entregar.

FORAGIDA DA JUSTIÇA

De acordo com a Secretaria de Justiça do Espírito Santo (Sejus), Patricia deu entrada no Centro Prisional Feminino de Colatina no dia 3 de maio de 2014. Em outubro de 2018, após saída temporária concedida pela Justiça, ela deixou o sistema prisional e não retornou à unidade no prazo estabelecido, sendo considerada foragida.

Segundo a Sejus, ela responde pelos crimes de tráfico de entorpecentes e associação ao tráfico. Agora, Patricia voltará a cumprir pena no Centro Prisional Feminino de Colatina.


(*G1)

Comentários do Facebook

Regional

Seca e avanço das queimadas preocupam agricultores do Noroeste do ES

Publicado

em

Seca no Rio do Norte, em Boa Esperança (Foto: Agricultor André Valani)

A seca provocada pela estiagem prolongada dos últimos meses, e o avanço das queimadas vem preocupando os agricultores do Noroeste do Estado. A região é a mais castigada pela falta de chuva desde o fim do primeiro semestre deste ano.

Os dados mais recentes do Monitor de Seca da Agência Nacional de Águas (ANA), apontam que houve um avanço da seca fraca até a parte central do Espírito Santo, onde as chuvas foram ligeiramente abaixo da normalidade nos últimos meses e os indicadores de seca de curto prazo apresentaram piora.

Para o agricultor e pecuarista de Boa Esperança, Pablo Antunes Colle, os baixos volumes dos reservatórios de água preocupam. “A preocupação nossa é se a estiagem se prolongar. Os nossos reservatórios de água são pequenos e a gente busca fazer o mínimo com que o temos, buscando fazer um uso consciente dos recursos hídricos. Nós irrigamos nossa agricultura uma vez por semana, quando o ideal seria mais vezes, mas temos consciência da gravidade da situação. Se não chover nos próximos trinta a sessenta dias, teremos dias difíceis e a safra de café do próximo ano ficará comprometida”.

Segundo o técnico agrícola do Incaper, Ivanildo Schmith, que é mestre em agricultura tropical e especialista em gestão ambiental, no período de abril a setembro é comum que ocorra a diminuição da precipitação no Espírito Santo, mas faz um alerta. “É normal, mas é claro que a ação humana e o baixo orçamento [para a área], agravam o problema”.

“O aquecimento global está influenciando demais [no clima e no meio ambiente]. Os fatores climáticos estão acontecendo de forma mais rápida e imprevisível. Temos conscientizado os agricultores sobre a importância da preservação das nascentes, da implantação de um sistema de irrigação eficiente, mas a situação está no limite”, relatou.

Queimadas

O clima seco também tem favorecido para a ocorrência de queimadas em vários municípios da região Noroeste do Estado. Nesta quinta-feira (17), pelo menos três incêndios no interior de Nova Venécia, assustaram os moradores e trouxeram prejuízos aos agricultores. O fogo destruiu pastos, lavouras de café, plantação de eucaliptos e parte de uma área da mata atlântica. Segundo a Defesa Civil, cerca de 50 alqueires de propriedades já foram consumidos pelo fogo no município nos últimos dias.

No patrimônio do XV, o incêndio atingiu a fazenda de Taciana Valani. Segundo a tia dela, Adma Valani, a suspeita é que o fogo tenha começado a partir de um curto-circuito na fiação da propriedade. “Foi um susto muito grande. O fogo se alastrou rapidamente, chegou próximo das casas, destruiu a pastagem e plantações. Tive que retirar meus pais correndo com medo das chamas atingirem a casa. Tivemos a ajuda da Defesa Civil, e os moradores da comunidade se mobilizaram para evitar uma tragédia. Prejuízo enorme, e uma perca irreparável da fauna e da flora”.

Ela falou sobre a preocupação caso as chuvas não venham. “Tá um tempo muito diferente. Essa seca chegou rapidamente e de forma estranha. Os rios da região estão com seu nível muito baixo e estamos preocupados com isso”.

O tenente Davi Pedroza, do Corpo de Bombeiros de Nova Venécia, disse que esse período do ano reúne todas as condições para a ocorrência de queimadas e citou os principais desafios da corporação para combater esses incêndios. “É um período de muita seca, muito vento, onde a vegetação está muito seca e robusta. Isso facilita com que o fogo se propague rapidamente. O grande problema que a gente tem é o efetivo baixo e a questão de material. A gente não consegue atender todas as ocorrências”.

O militar do Corpo de Bombeiros também falou sobre a dificuldade de se controlar os incêndios típicos desse período. “É difícil controlar um incêndio desses, é difícil apagar, e muitas vezes não tem nem o que ser feito quando a vegetação está muito grande. Numa média, por ocorrência, a gente está apenas com três militares para dar conta de todos os incêndios da região. Outros dois ficam na ambulância, e se eu colocar esses dois no combate a incêndio em vegetação, a cidade fica sem ambulância para socorrer acidentes, e outras ocorrências. É complicado”.

» Vegetação queima em incêndio no interior de Nova Venécia


(*Site Barra)

 

 

Comentários do Facebook
Continue lendo
Esportes42 segundos atrás

Flamengo supera Barcelona e desfalques pela covid-19 na Libertadores

. O Flamengo se recuperou da goleada por 5 a 0 sofrida na última quinta-feira (17) para o Independiente Del...

Esportes31 minutos atrás

CBF marca reunião para tratar de retorno de público a estádios

. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou na noite desta terça (22) que se reunirá com os clubes da...

Política31 minutos atrás

“Se a mídia está criticando, é porque discurso na ONU foi bom”, diz Bolsonaro

Marcos Corrêa/Agência Brasil Bolsonaro na ONU O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse a apoiadores, nesta terça-feira (22), no Palácio...

Saúde1 hora atrás

Covid-19: Brasil tem 33,5 mil novos casos e 836 mortes em 24 horas

. O Brasil teve 836 mortes e 33.536 novos casos do novo coronavírus registrados nas últimas 24 horas. Os dados...

Saúde1 hora atrás

Saúde do Rio libera acesso do sistema de regulação a MP e Defensoria

. A fila do sistema de regulação da Secretaria de Estado de Saúde (SES) passou a ter acesso liberado à...

Esportes2 horas atrás

Pia destaca vontade de novatas e vê seleção mais veloz após treinos

. A seleção feminina de futebol se despediu da Granja Comary, em Teresópolis (RJ), nesta terça-feira (22). Sem poder realizar...

Entretenimento2 horas atrás

Em dia em que completa 73 anos, Vanusa tem piora e é intubada na UTI

Reprodução/Instagram Vanusa com o filho Vanusa teve uma piora no estado de saúde e precisou ser intubada e levada para...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!