conecte-se conosco


Nacional

Jovem mata namorada de 17 anos e pai dela após estuprá-la

Publicado

em

Criminoso ainda feriu a sogra; caso aconteceu em Chapada dos Guimarães

Uma família moradora de Chapada dos Guimarães (70 km de Cuiabá) foi vítima de uma tragédia na noite dessa quinta-feira (5), quando um jovem de 24 anos estuprou a namorada de 17 anos e ameaçou matar ela e os pais dela.

Na noite dessa quinta-feira (5), por volta das 19 horas, Luiz Felipe resolveu cumprir as ameças. Ele foi até a Chácara Santo Antônio, na comunidade Lagoinha de Baixo, na zona rural de Chapada dos Guimarães, a aproximadamente 40 km da cidade, e atirou contra Amanda, a mãe dela, Cristiane, e o pai dela, Jefetter de Jesus Belém, 37 anos.

Amanda e o pai morreram ainda no local. Somente a mãe dela foi encontrada pela polícia ainda com vida. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e a encaminhou ao Pronto-Socorro.

A Polícia Judiciária Civil investiga o caso. A Polícia Militar realiza rondas em busca de Luiz Felipe, que até o momento segue foragido.

Oito meses até o estupro

A história teve início com o conturbado relacionamento entre Amanda Gabrielly da Silva Belem, 17 anos, e Luiz Felipe da Silva Alves, 24 anos. No primeiro boletim de ocorrência registrado pela adolescente, no dia 25 de agosto deste ano, ela contou que já estava com o rapaz há oito meses, mas, um mês antes do dia em que ela procurou a polícia, ele teria começado a pedir para manterem relação sexual. Ela não queria.

Nesse primeiro momento, o rapaz teria, segundo relato da jovem, apontado uma arma para ela e a feito ficar na casa dele sob ameaça, dizendo que iria matá-la, assim como a toda família dela. E que onde ela fosse, ele iria atrás.

A mãe da adolescente chegou e levou os dois para a casa dela. Luiz Felipe, então, disse não se lembrar de nada que havia falado e justificou para a namorada que “era o diabo no corpo dele”, consta no boletim de ocorrência.

Depois do ocorrido, a adolescente tentou terminar com o namorado por WhatsApp, mas ele não aceitou o término e continuou a falar com ela até ela voltar atrás.

Comentários do Facebook
Leia mais:  Pastor é processado por simular ressurreição de fiel em vídeo, na África do Sul
publicidade

Nacional

Homem que usou braçadeira nazista é denunciado pela promotoria de Minas

Publicado

em

source
José Eugênio Adjuto sentado à mesa do bar com braçadeira arrow-options
Arquivo pessoal

Homem foi denunciado com base em lei que prevê pena para quem faz divulgação do nazismo

O Ministério Público de Minas Gerais denunciou nesta quarta-feira (22) o homem que usou uma braçadeira vermelha com uma suástica nazista em um bar de Unaí, em Minas Gerais, a 400 km de Belo Horizonte .

O caso aconteceu em dezembro do ano passado e a imagem viralizou na internet depois que um dos clientes do bar filmou José Eugênio Adjuto sentado à mesa. Nas imagens, é possível ver o momento em que policiais militares conversam com um funcionário do bar e aparentemente decidem não prender o homem.

Leia também: “Talvez não esteja bem da cabeça”, diz Olavo após citação nazista de secretário

Adjuto foi denunciado com base no artigo 20 da lei 7.716/89, que prevê pena de reclusão a quem fabricar, comercializar, distribuir ou veicular símbolos, emblemas, ornamentos, distintivos ou propaganda que utilizem a cruz suástica ou gamada, para fins de divulgação do nazismo. A pena é de dois a cinco anos de prisão, além de pagamento de multa.

Segundo a promotoria, as investigações apontam que Adjuto tinha posicionamentos extremistas e conhecimento histórico sobre a Segunda Guerra Mundial. A denúncia diz que ele também sabia o que o símbolo representava, além de ter fabricado a faixa artesanalmente.

Leia também: Após demissão de Roberto Alvim, Bolsonaro diz repudiar totalitarismo e genocídio

Em depoimento à Polícia Civil em dezembro, Adjuto disse que usou o brasão como um símbolo religioso antigo de “felicidade”.

Comentários do Facebook
Leia mais:  Ministro da Educação chega à Câmara para dar explicações sobre cortes; acompanhe
Continue lendo
Tecnologia17 minutos atrás

Vazamento expõe dados de 250 milhões de clientes da Microsoft

arrow-options Agência Brasil Dados de clientes Microsoft vazaram Bancos de dados da Microsoft configurados incorretamente expuseram 250 milhões de dados...

Esportes43 minutos atrás

Após golear Paraguai, Brasil encara Bolívia em torneio de handebol

O Brasil aplicou uma goleada de 46 a 19 sobre a seleção do Paraguai no jogo de estreia do Campeonato...

Esportes43 minutos atrás

Judocas brasileiros abrem ano olímpico no Grand Prix de Tel Aviv

A seleção brasileira de judô estreia na madrugada desta quinta-feira (23) no Grand Prix de Tel Aviv, em Israel, a...

Esportes43 minutos atrás

Grêmio vence Oeste e está na final da Copinha

O Grêmio derrotou o Oeste por 1 a 0, nesta quarta (22) na Arena Barueri, e garantiu vaga na final...

Mulher43 minutos atrás

O que seu signo reserva: confira o horóscopo desta quinta-feira, 23 de janeiro

arrow-options Marcelo Dalla O horóscopo do dia te ajuda a saber como agir em frente as situações da vida Leia...

Saúde43 minutos atrás

Secretaria de Saúde suspeita de coronavírus em Belo Horizonte

A Secretaria de Saúde de Minas Gerais investiga suspeita do primeiro caso de coronavírus no Brasil. Trata-se de uma mulher...

Saúde43 minutos atrás

Anvisa decide simplificar acesso a medicamentos de canabidiol

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) simplificou a importação de medicamentos à base canabidiol. Em decisão tomada hoje (22)...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana