conecte-se conosco



Estadual

Jovem de 25 anos morre em acidente com lancha em Vitória

Publicado

em

A estudante de Fisioterapia Bruna França Zocca era namorada do dono da lancha, que se chocou contra um píer na altura da Ilha do Príncipe, na tarde deste sábado (25).

Uma estudante de fisioterapia de 25 anos, identificada como Bruna França Zocca, morreu em um acidente de lancha ocorrido no final da tarde deste sábado (25) na altura da Ilha do Príncipe, na baía de Vitória.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, outras três pessoas ficaram gravemente feridas e foram levadas para o Hospital Estadual de Urgência e Emergência, também na Capital.

Informações da ocorrência registrada pela Polícia Militar apontam que, por volta das 18 horas deste sábado, a lancha na qual Bruna e os demais tripulantes estavam, se chocou contra o píer de uma empresa, que é utilizado para atracação no Porto de Vitória. Bruna, que era namorada do dono da lancha, morreu no local.

Após a colisão, a lancha foi rebocada para as proximidades do Sambão do Povo, a fim de facilitar o socorro dos feridos.

Na manhã deste domingo (26), Marta Cristina França, de 50 anos, que é tia da estudante morta no acidente, esteve no Departamento Médico Legal (DML) para liberar o corpo da jovem.

Em entrevista a tia contou que a sobrinha namorava o dono da lancha. “Eles se apaixonaram, se encontraram e foi muito bom para ela e para ele”, disse.

Segundo Marta, Bruna havia saído do município de Baixo Guandu, no Noroeste do Espírito Santo, para estudar na Grande Vitória.

“Minha sobrinha era uma menina linda, a minha princesinha. Guerreira, universitária, veio de Baixo Guandu para lutar. Deixou a mãe e o pai para estudar, trabalhar. Estava na flor da idade e aconteceu isso. Deus sabe de todas as coisas”, lamentou.

As causas do acidente serão investigadas pela Capitania dos Portos do Espírito Santo. Até o momento, não há mais informações sobre o estado de saúde dos demais tripulantes.


(*G1)

Comentários do Facebook

Estadual

Juíza Patrícia Neves ministra curso online sobre comunicação não violenta e cura do trauma

Publicado

em


A capacitação online é destinada a membros do MPES e vai até o próximo dia 02 de outubro.

Até o próximo dia 02 de outubro, a coordenadora da Infância e Juventude do Tribunal de Justiça do Espírito Santo, juíza Patrícia Neves, ministra o curso online: Fundamentos da Comunicação Não Violenta e Reconhecimento e Cura do Trauma. A capacitação, que acontece das 09h às 12h pela plataforma Zoom, é voltada para servidores e membros do Ministério Público Estadual.

De acordo com a magistrada, que é titular da 1ª Vara da Infância e da Juventude de Vila Velha e coordenadora do Programa Reconstruir o Viver, o objetivo do curso é contribuir para a humanização do atendimento e solução pacífica de conflitos, seja na esfera judicial ou extrajudicial.

“Ao utilizar ferramentas de construção de paz e criar espaços de diálogo, é possível melhorar a qualidade dos relacionamentos, do atendimento ao público, além de fortalecer vínculos e promover a pacificação social”, ressaltou a juíza.

A capacitação é promovida pelo Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional e pelo Núcleo de Incentivo à Autocomposição de Conflitos do MPES.

Vitória, 30 de setembro de 2020

 

Informações à imprensa

Assessoria de Imprensa e Comunicação Social do TJES
Texto: Tais Valle | [email protected]

Maira Ferreira
Assessora de Comunicação do TJES

[email protected]
www.tjes.jus.br

Fonte: TJES

Comentários do Facebook
Continue lendo

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!