conecte-se conosco


Internacional

Jornalista é condenado a pagar multa por chamar mafioso de ‘pedaço de m…’

Publicado

em

source
Jornalista arrow-options
Reprodução/Twitter

Jornalista Rino Giacalone

O Tribunal de Apelação de Palermo, na Itália, condenou nesta segunda-feira (13) um jornalista de Trapani por difamação agravada por ter chamado um mafioso de “pedaço de merda”.

Leia também: Por ‘medo de lei’, juiz concede prisão domiciliar a advogado com pena de 99 anos

Rino Giacalone foi sentenciado a pagar uma multa de 600 euros, além de 500 euros a cada membro da família de Mariano Agate, chefe da máfia de mazara del Vallo e considerado um dos homens de Totò Riina.

Em abril de 2013, na data em que o líder mafioso faleceu, o jornalista italiano assinou um artigo para uma revista online, no qual ele adaptou a Agate uma expressão de Peppino Impastato: “A máfia é uma montanha de merda”.

Os membros da família do criminoso processaram Giacalone, que chegou a ser absolvido em primeira instância em 2017. No entanto, após um apelo do promotor Franco Belvisi, o tribunal de Cassação anulou a sentença e ordenou um novo julgamento.

Segundo a justiça, a expressão usada pelo jornalista “acaba em violação insuperável do núcleo fundamental da dignidade que nosso sistema reconhece a qualquer ser humano, mesmo àquelas que pertencem a uma associação criminosa sangrenta e nefasta”.

Leia também: Idosa abre portão para dar água a adolescentes, é roubada e agredida

Para o Tribunal, o fundamento constitucional do sistema criminal propõe a reeducação dos piores criminosos. A defesa de Giacalone, por sua vez, afirmou que recorrerá.

Fonte: IG Mundo

Comentários do Facebook
Leia mais:  Hong Kong congela fundo de apoio a protestos pró-democracia
publicidade

Internacional

Governo do Chile recebe proposta para reforma das aposentadorias

Publicado

em

Representantes da oposição ao governo chileno entregaram uma proposta de reforma das aposentadorias à ministra do Trabalho, María José Zaldívar. Na semana passada, dia 15 de janeiro, o presidente Sebastián Piñera havia anunciado o projeto do governo.

A proposta do governo cria uma contribuição extra de 6% ao empregador, metade como capitalização individual e a outra de um fundo solidário, a serem gerenciados por instituições públicas autônomas.

A oposição quer que toda a contribuição extra (6%) vá para um fundo solidário e não para contas individuais, e que as pessoas possam escolher quem gerencia seus outros 10%.O presidente do Senado, Jaime Quintana, do Partido pela Democracia (PPD), que faz oposição ao governo, afirmou que os 6% de aumento deve ser destinado a um fundo coletivo.

“Propusemos ao executivo que 6% deve ser para um fundo coletivo, deve haver distribuição e deve haver sustentabilidade para esse fundo. É essencial que não haja mais capitalização individual”.

No sistema previdenciário do Chile, agora em reforma, cada trabalhador fazia a própria poupança, que era depositada em uma conta individual, em vez de ir para um fundo coletivo. Enquanto ficava guardado, o dinheiro era administrado por empresas privadas, as AFP’s (Administradoras dos Fundos de Pensões), que podiam investir no mercado financeiro. Todos os trabalhadores chilenos são obrigados a depositar ao menos 10% do salário por no mínimo 20 anos para se aposentar.

A deputada da oposição Gael Yeomans, presidente da Comissão do Trabalho da Câmara, defendeu uma maior ampliação do Pilar Solidário, que é a parte das aposentadorias financiada pelo Estado.

Piñera defende que, em vigor desde dezembro do ano passado, uma mudança no Pilar Solidário já contemplou 1,6 milhões de aposentados, que tiveram um aumento de 50% em seus benefícios.

Leia mais:  Polícia da Bolívia reprime marcha que velava manifestantes mortos; veja vídeo

“Hoje em dia [o Pilar Solidário] é usado para financiar os 60% mais vulneráveis da população e acreditamos que isso também é insuficiente. Precisamos financiar mais pessoas: propusemos um regime transitório para atingir 95% da população do Pilar Solidário, e essa também é uma proposta que fizemos à ministra”, disse Yeomans.

Outro ponto defendido pela oposição é que os aposentados possam escolher se querem que suas contribuições (de 10%) sejam administradas por agentes públicos ou privados.

“Por que as pessoas hoje não podem optar por definir se desejam colocar suas contribuições em uma empresa pública ou em uma privada?”, questionou.

De acordo com a ministra do Trabalho, Maria José Zaldivar, foram criadas instâncias de diálogo e o governo está levando em conta as contribuições da oposição.

O ministro das Finanças, Ignacio Briones, disse que haverá um período de transição de 12 anos, com um aumento de 0,5% de contribuição extra anual. O Tesouro aportará, nos primeiros anos, um total de 650 milhões dólares.

Briones disse ainda que, como o Estado também é um empregador, também terá que arcar com o custo da contribuição adicional. E que haverá outros custos fiscais, além da redução da cobrança de impostos às empresas, para compensar as despesas que assumirão.

Segundo previsão de Piñera, as novas regras devem entrar em vigor em 1º de abril deste ano.

Edição: Valéria Aguiar

Comentários do Facebook
Continue lendo
Entretenimento16 minutos atrás

Inimigos da HP agitarão pré-Carnaval de SP com bloco “Toca Um Samba Aí”

Os foliões que estão ansiosos para o Carnaval 2020 já podem comemorar e começar a se preparar para os dias...

Estadual16 minutos atrás

Marca de produtos esportivos é condenada por enviar mais itens que o encomendado por loja

Em decisão, o juiz entendeu que a cobrança dos produtos não solicitados era indevida. Uma marca de produtos esportivos foi...

Estadual16 minutos atrás

2ª Câmara Cível nega recurso de candidato de concurso que não passou em teste físico

O autor alegou falta de previsão legal sobre a necessidade de realização do teste de aptidão física e psicológica para...

Estadual16 minutos atrás

Município de Vitória é condenado a indenizar vítima de queda em bueiro no Centro

Em decisão, o juiz entendeu que a empresa de água e esgoto não contribuiu para o acidente O município de...

Estadual16 minutos atrás

Mais um participante da campanha Esperando Por Você é adotado

Kauan, de Nova Venécia, já está vivendo com a nova família em Minas Gerais. A campanha foi criada pelo TJES...

Entretenimento29 minutos atrás

Karol Conka, Skank e mais; veja a programação do aniversário de São Paulo 2020

Para comemorar o aniversário de 466 anos da cidade de São Paulo , a Prefeitura oferecerá uma grande programação cultural...

Entretenimento29 minutos atrás

Ozzy Osbourne é diagnosticado com Doença de Parkinson

Ozzy Osbourne foi diagnosticado com uma forma da Doença de Parkinson. O cantor britânico, de 71 anos, revelou que foi...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana